Busca:

Felinho

Félix Lins de Albuquerque
14/11/1895 Bonito, PE
14/12/1980 Recife, PE

Dados Artísticos

Tendo aprendido a ler partituras ainda criança, começou a carreira artística com apenas 15 anos de idade quando tornou-se regente de bandas de música em várias cidades, entre as quais, Catende, Ribeirão, Barreiros e Bonito. Na década de 1910, aprendeu a tocar clarinete  com Antônio de Holanda que vivera na Capital Federal e com ele viajou ao Rio de Janeiro, onde tocou em cassinos e cinemas. Na década de 1920, voltou a Pernambuco e passou a viajar pelo interior daquele Estado. Voltou então a atuar como regente de bandas de música e como professor de música lecionando aos filhos de usineiros. Em 1932, retornou ao Recife e foi trabalhar na PRA 8, a Rádio Clube de Pernambuco. Naquela Rádio comandou o famoso programa Regional do Felinho. Também na Rádio Clube de Pernambuco organizou o Quarteto de Saxofones Ladário Teixeira, uma homenagem ao saxofonista cego mineiro. Paralelamente à essas atividades integrou a orquestra de concertos. Participou da inauguração da Orquestra Sinfônica do Recife como flautista. Foi compositor de choros e valsas. Em 1956, teve a valsa "Coração" gravada em solo de acordeom por Sivuca no LP "Eis Sivuca!" da gravadora Copacabana. A mesma composição seria regravada em 1984 por Sivuca no LP "Forró e frevo - Volume 4", também da gravadora Copacabana. Ainda em 1956, gravou pela gravadora Mocambo seu choro "Formigão". No mesmo ano, gravou pela Mocambo, em solo de clarinete, a valsa "Saudades de Calheiros", de Jair Pimentel, uma homenagem ao cantor Augusto Calheiros, falecido naquele ano. Deixou mais de quinze composições.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Assis Valente
3 Chico Buarque
4 Eumir Deodato
5 Noel Rosa
6 Dorival Caymmi
7 Caetano Veloso
8 Festivais de Música Popular
9 Tom Jobim
10 Romildo