Busca:

Fábio Block

Fábio Block
Circa 1940 São Paulo, SP

Dados Artísticos

Nascido em São Paulo, foi convidado pelo carioca Luiz Toth, em janeiro de 1966, para integrar o conjunto de rock The Brazilian Bitles, no qual atuou por vários anos, cantando e compondo algumas canções. No mesmo ano, teve a balada "Society em brasa" gravada, em compacto simples, pela cantora Maritza Fabiane. Em 1967, sua balada-rock "É onda" deu título ao primeiro LP do conjunto The Brazilan Bitles, que incluiu ainda suas composições "Rainha dos meus sonhos", "Louco de amor", "O papagaio" e "Vem meu amor". No mesmo ano, a gravadora Polydor lançou o LP "The Brazilian Bitles - volume 2", que incluiu as composições "Canção de quem está só", "Por acaso", "Não precisa chorar", "Deixe em paz meu coração", e "Longe de você", de sua autoria, além de "Você é chata demais", com Seixas, e "Eu e você", com Vitor Trucco. No mesmo ano, teve a balada "Gosto de você e você de mim também"" gravada por Márcio Greyck, em LP da Polydor. Teve ainda "Pense bem", versão sua para a balada "Penny Lane", de John Lennon e Paul McCartney, incluída no LP "O fino das paradas" da gravadora Chantecler, na voz da cantora Enza Flori. Em 1968, o LP "The Brazilian Bitles - volume 3", também da Polydor, incluiu suas composições "Tema baseado na "Coisa", com Vitor Trucco; "Preciso seguir", com Jorge Eduardo; "Hoje eu chorei"; "Pra ficar feliz"; "Tudo passa"; "O barqueiro", e "Decisão", além de mais duas versões "Mary", para "I've just seen a face", de John Lennon e Paul McCartney, e "Esperando você", para a música "Hold me tight", de J. Nasah. No mesmo ano, fez "Devolva você pra mim", versão para a balada "Sir Geoffrey saved the world", de B. Gibb, R. Gibb e M. Gibb, gravada por Márcio Greyck. Com a decadência da Jovem Guarda, terminou por abandonar a carreira artística.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Dorival Caymmi
3 Assis Valente
4 Nelson Gonçalves
5 Caetano Veloso
6 Elza Soares
7 Nelson Cavaquinho
8 Tom Jobim
9 Noel Rosa
10 Paulinho da Viola