Busca:

Exaltasamba



Dados Artísticos

Grupo de pagode formado em 1982 por Brilhantina (Paulo Elias Ferreira, São Caetano do Sul - SP, 9/8/1966 - cavaquinho), Chrigor (Chrigor Lisboa, Santo André - SP, 11/7/1974 -   vocal e pandeiro), Isaias (Isaias Marcelo Leandro, Terra Rica - PR, 11/7/1965 - violão), Marquinhos (Marcos André Ferreira, São Caetano do Sul - SP, 2/1/1969 - tantã), Péricles (Péricles Aparecido Fonseca de Faria, Santo André - SP, 22/6/1969 - vocal e banjo), Pinha (João Sérgio Ferreira da Silva, São Bernardo do Campo - SP, 14/6/1969 - repique de mão), Thél (Valdir Etelvino de Oliveira, São Caetano do Sul - SP, 12/10/1961 - bateria) e Thiaguinho (voz), todos da região do ABC paulista, entre eles um ex-bancário, um pedreiro e um metalúrgico. Começou a atuar profissionalmente em 1984 em apresentações nas casas noturnas do interior de São Paulo, como Auge Bar e Axé Brasil. No final dos anos 80, passou a se apresentar como a banda da carioca Jovelina Pérola Negra, integrada por Brilhantina, Carlão, Risadinha, Pinha, Théo, Marcelo e Tortinho. Com essa formação, o grupo ganhou o Festival de Música Popular de São Bernardo do Campo (SP).  Em 1992, com outra formação, o grupo assinou contrato com a gravadora Kaskata's e lançou seu primeiro disco: "Eterno amanhecer". Deste CD, destacaram-se as faixas "24 horas de amor", "Quero sentir de novo", "Cartilha do amor" e "Deixa como está". Lançou o segundo disco, "Encanto", também pela Kaskata's no ano de 1994. No ano seguinte, transferiu-se para a EMI-Odeon, pela qual lançou o CD "Luz do desejo", que tornou o grupo conhecido em todo o Brasil, em 1996. Passou a se apresentar em programas de televisão, obtendo sucessos com várias músicas, entre elas "Luz do desejo", primeiro sucesso nacional do grupo, "Telegrama" e "Louca paixão".  Em 1997 o disco "Desliga e vem" vendeu um milhão de cópias e contou com a música "Caixinha de felicidade", em homenagem à apresentadora Xuxa Meneghel. Ainda pela EMI Odeon, gravou o CD "Cartão postal", em 1998. Também fizeram parte do grupo Cléber Bittencourt, Clóvis, Claudinei, Cicinho, Bi, Duda, Breno, Gê do Pandeiro, Luciano, Dema, Joãozinho e Laércio da Costa.  No ano 2000, pela gravadora EMI Music, lançaram o CD "Mais uma vez". Neste disco, incluíram "Assim que tá gostoso" (Lourenço e Márcio Paiva), "Megastar" (Leandro Lehart), "Picada de abelha" (Altay Veloso), "Eu quero te amar" (Péricles e Isaías) e a faixa-título "Mais uma vez", de autoria de Chiquinho dos Santos e Helder Celso.  Em 2001 o grupo lançou, pelo selo EMI, o CD “Bons Momentos”, que contou com a participação de Dominguinhos, na faixa “Aonde você for”, e de Zeca Pagodinho, na faixa “Choro de alegria.  No ano 2002, o grupo lançou o primeiro CD ao vivo. Produzido por Prateado, o disco foi gravado no Olimpo, no Rio de Janeiro. Neste CD foram compilados alguns sucessos da carreira da banda, entre eles "Espere por mim morena" (Gonzaguinha), "24 horas de amor", "Telegrama" e "Pra não pensar em você" (antigo sucesso de Zezé de Camargo e Luciano) e ainda as inéditas "40 graus de amor", "Como nunca amei ninguém", entre outras.  Em 2003 apresentou-se no Canecão. Na ocasião, recebeu a Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro. Neste mesmo ano lançou o CD "Alegrando a massa", disco no qual recebeu vários convidados, entre eles, dois rappers do grupo Racionais MC's Edy Rock e Kl Jay, além de Alcione. Neste CD regravou a música "A massa", de Raimundo Sodré e Jorge Portugal. Ainda neste discoThiaguinho (ex- Programa Fama, da Rede Gobo) ingressou como intérprete principal do grupo. Em 2009 recebeu "Troféu Raça Negra" como "Melhor Grupo de Pagode" e em 2011, o "Troféu Imprensa" como "Melhor Conjunto Musical".  Em 2010 participou do show especial de Natal do cantor e compositor Roberto Carlos, realizado na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Neste show, o grupo cantou o samba "O Rei na Beija-Flor" (Erasmo Carlos, Paulo Sérgio e Eduardo Lages) feito em homenagem a Roberto Carlos. Nesse mesmo ano participou da gravação do CD “Disney Adventures in Samba”, no qual o grupo interpretou a faixa “O que eu quero mais é ser rei” (I just can’t wait to be king). Produzido por Alceu Maia e lançado pelo selo Walt Disney Records, o disco contou com a participação de vários artistas brasileiros interpretando temas de filmes e desenhos da Disney no ritmo do samba. Realizou o primeiro show do ano de 2011 na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro. Nesse ano lançou, pelo selo Radar Records, o CD "Tá vendo aquela lua", uma coletânea com os maiores sucessos do grupo que contou com a participação da dupla Maria Cecília & Rodolfo. Nesse mesmo ano gravou no Estádio do Palmeiras, em São Paulo, o DVD "Exalta 25 anos". Acompanhados da Orquestra Versão Brasileira sob regência de Serguei Eliazar, o grupo contou com as participações especiais de MC Catra na faixa "A gente faz a festa" (Thiaguinho e Pezinho), Chitãozinho e Xororó em "Minha razão", Rodriguinho em "Pare de falar tanta besteira", do padre Reginaldo Manzotti em "Uma carta para Deus" e da cantora e atriz Mariana Rios em "Viver sem ti". Nesse ano o disco “Exaltasamba 25 Anos ao vivo”, foi lançado em LP pela gravadora Radar Records. Nesse mesmo ano, recebeu o “Prêmio Multishow de Música Brasileira” por voto popular, na categoria “Melhor Grupo”. Em 2012 realizou a “Roda de Samba do Exalta”, apresentada semanalmente nos meses de janeiro e fevereiro, no Vivo Rio, no Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano realizou uma turnê de despedida por várias cidades do país, apresentando seu último show no Balneário Camboriú, em Santa Catarina e ainda um show bônus no Riocentro, no Rio de Janeiro. ainda em 2012 os vocalistas Péricles e Thiaguinho deixam o grupo para seguir carreira solo. Em 2016 retornou aos palcos com três novos vocalistas, o carioca Jeffinho, o paulista Nego Branco e o Romero Ribeiro, lançando nas plataformas digitais o EP “O mundo tá girando”.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Eumir Deodato
3 Chico Buarque
4 Assis Valente
5 Noel Rosa
6 Dorival Caymmi
7 Tom Jobim
8 Lupicínio Rodrigues
9 Caetano Veloso
10 Romildo