Busca:

Evaldo Braga

Evaldo Braga
28/9/1947 Campos, RJ
31/1/1973 Três Rios, RJ

Dados Artísticos

Um dos grandes ídolos da "música brega", travou os primeiros contatos artísticos quando trabalhou como engraxate na porta da rádio Mairink Veiga. É autor do clássico "Sorria, sorria", que conheceu diversas gravações, entre as quais, a de Agnaldo Timóteo. Em 1969, conheceu o produtor e compositor Osmar Navarro, que o levou para gravar o primeiro disco, um compacto simples, pela RCA Victor, com as músicas "Dois Bobos", de Osmar Navarro, e "Não Importa", parceria com Carmen Lúcia.  Em 1971, ingressou na  Polydor, estreando com um compacto simples com as músicas "Só Quero", com Carmen Lúcia, e "Por Uma Vez Mais", de Nenéo.  Em 1972, lançou seu primeiro LP, "O ídolo negro", título que lhe valeu o apelido pelo qual ficou popularmente conhecido. Nele, gravou as músicas "Meu Deus", com César Saraiva da Silva; "Vem Cá", de Isaias Souza; "Quantas Vezes", com Carmen Lúcia; "Eu Amo Sua Filha, Meu Senhor", de Osmar Navarro; "A Cruz Que Carrego", de Isaias Souza, que se tornaria o maior sucesso de sua carreira; "Não Entenda", de Totó; "Eu Desta Vez Vou Te Esquecer (Lucky People)", de A. Chinick, em versão de Sebastião Ferreira; "Eu Nunca Pensava", de Eustáquio Sena; "Por Que Razão", de Hailton Ferreira; "Meu Delicado Drama", de Isaias Souza; "Hoje Nada Tens Pra Dar", de Carlos Odilon, Jair Rodrigues e Orlando Marques Filho, e "Só Quero", com Carmen Lúcia. Em seguida, lançou novo compacto simples com as músicas "Todas as Noites", de Carlos Odilon e Jair Rodrigues, e "Nunca Mais, Nunca Mais", parceria com Cezão. Ainda em 1972, lançou "O ídolo negro-Vol.2, que trazia seu grande sucesso "Sorria, sorria", parceria com Carmen Lúcia que o consagrou, tornado-se hit popular. O mesmo disco trazia um outro grande sucesso,  "Eu não sou lixo", de sua autoria com Pantera, de caráter autobiográfico e, ainda, "Mentira", de Osmar Navarro, "Tudo fizeram para me derrotar", dele, com Isaías de Souza, "Já entendi", de Edson Mello e Carlos Odilon, e "A vida passando por mim", de Jovenil Santos e Paulo de Souza. Em 2017, foi publicada sua primeira biografia, "Eu não sou lixo -  a trágica vida do cantor Evaldo Braga", do escritor e jornalista Gonçalo Junior, pela Editora Noir.

Mais visitados
da semana

1 Marcos Leite
2 Noel Rosa
3 Luiz Gonzaga
4 Caetano Veloso
5 Tom Jobim
6 Chico Buarque
7 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
8 Emílio Santiago
9 Nelson Cavaquinho
10 João do Vale