Busca:

Eloir de Moraes



28/10/2004 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira em 1945, participando da cena jazzística carioca, sendo responsável pelas primeiras jam sessions realizadas na Boate Plaza, em Copacabana (RJ).

Destacou-se no cenário da bossa nova como um dos mais atuantes instrumentistas do Beco das Garrafas (RJ), no início da década de 1960.

Em 1997, aos 71 anos de idade, gravou seu disco de estréia, "Café com pão", em parceria com João Donato, registrando sua composição "Fibra" (c/ Paulo Moura), além de "Hi-Lili, hi-lo" (Bronislaw Kaper e Halen Deutsch) e "Speak low" (Harry Warren, Ogden Nash e Kurt Weill), e das seguintes canções de João Donato: "Até quem sabe", "Amazonas" e a faixa-título, todas com Lysias Ênio, "Nua idéia" e "A rã", ambas com Caetano Veloso, "Sambou, sambou" (c/ João Melo), "Nasci para bailar" (c/ Paulo André), "A paz" (c/ Gilberto Gil), "Simples carinho" (c/ Abel Silva) e "Minha saudade" (c/ João Gilberto). O CD recebeu indicação para o Prêmio Sharp, na categoria Melhor Disco. Nesse mesmo ano, fez, ao lado de João Donato, show de lançamento do disco na casa noturna Mistura Fina (RJ).

Apresentou-se novamente no Mistura Fina, ao lado de João Donato, com o show "Café com pão".

Conhecido como o "jazz man brasileiro", foi homenageado em junho de 2004 num projeto produzido pelos bateristas Fernando Torres e Alfredo Gomes, em Laranjeiras, apresentando-se ao lado do também baterista Plínio Araújo, outro dos mais respeitados do país.

Faleceu no dia 28 de outubro de 2004.

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 Dorival Caymmi
3 Hermeto Pascoal
4 Música Sertaneja
5 Caetano Veloso
6 Luiz Gonzaga
7 Tom Jobim
8 Daniela Mercury
9 Nelson Gonçalves
10 Noel Rosa