Busca:

Elisa Addor

Elisa Bondim Addor
5/1/1982 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Foi vencedora, com o conjunto Cana de Litro, do primeiro concurso "Jovens Bambas do Velho Samba" realizado pela casa de samba Carioca da Gema, em 2006.
Comandou a roda de samba do Comuna do Semente, tradicional casa de samba da Lapa, no Rio de Janeiro.
Participou do CD "As Cantoras da Lapa - Encantos do Samba", lançado em 2007 pela Tratore, com sambas do compositor Ricardo Brito.
Foi corista, gravando nos CDs e DVDs do programa de rádio Samba Social Clube, no CD de Délcio Carvalho, de Moyseis Marques e nos dois CDs do grupo Casuarina.
Em 2011 participou, ao lado de Makley Matos e do grupo Cana de Litro, do projeto "Lapa de Todos os Sambas", realizado no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. Idealizado pelo produtor Leonardo Conde, o projeto celebrou a revitalização do bairro da Lapa (RJ), em uma iniciativa que reuniu três de gerações cantores, músicos e compositores de samba. Nesse mesmo ano lançou seu primeiro CD “Novos Tempos”, produzido por Edu Krieger, que assina as faixas “Alguém que chora” e “Novos Tempos” (c/ Marcelo Caldi), que dá nome ao disco. Dentre 13 faixas do CD, duas são de sua autoria “Janaína” e “Deixa falar” (c/ Valmyr de Oliveira). O disco também contou com as inéditas “Por isso Mangueira” (Rafael dos Santos), “Bala de rima” (Beth Albano e Suely Mesquita) e com as regravações de “Bons ventos” (João Nogueira e Ivor Lancellotti), “Nasci para sonhar e cantar” (Dona Ivone Lara e Delcio Carvalho), “Roendo unha” (Luiz Gonzaga e Luiz Ramalho), “Sorrir e cantar como Bahia” (Moraes Moreira e Galvão), “Tia Ciata” (Moraes Moreira), “Mar de Copacabana” (Gilberto Gil), “De amor é bom” (João Nogueira e Edil Pacheco). O show de lançamento do disco foi realizado no Teatro Rival, no Rio de Janeiro.
Em 2012 apresentou, ao lado de Roberta Nistra e Clarisse Magalhães, o show “Samba das Meninas”, realizado no Leviano bar, no Rio de Janeiro. Neste show interpretaram clássicos do samba e músicas de seus respectivos discos recém-lançados. Apresentou-se, acompanhada do grupo Cana de Litro, no projeto “Musicafinidades (Ecos de 22) - E tudo acaba em samba”, realizado pela Funarte na Sala Funarte Sidney Miller, no Rio de Janeiro, com o intuito de levar ao palco alguns dos artistas responsáveis pela revitalização do samba no bairro da Lapa carioca, mostrando a verdadeira identidade brasileira almejada pelos modernistas em 1922.

Mais visitados
da semana

1 Música Sertaneja
2 Tom Jobim
3 Daniela Mercury
4 Dorival Caymmi
5 Caetano Veloso
6 Noel Rosa
7 Hermeto Pascoal
8 Gilberto Gil
9 Assis Valente
10 Luiz Gonzaga