Busca:

Eduardo Lages

Eduardo José Soares Lages
11/3/1947 Niterói, RJ

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira artística como arranjador, regente e compositor ligado ao Movimento Artístico Universitário (MAU).

Fez parte do Quarteto Forma, atuando, como arranjador, regente, músico e vocalista, no LP gravado pelo grupo.

Participou de diversos festivais de música, destacando-se como autor das seguintes canções: "Canto da Praia Grande" (c/ Paulinho Machado), interpretada pelo MomentoQuatro, 1º lugar no Festival Fluminense da Canção Popular (1969); "Razão de paz pra não cantar" (c/ Alézio Barros), interpretada por Claudia, 4° lugar no IV Festival Internacional da Canção Popular, 1º lugar no Festival Fluminense da Canção Popular (1971) e premiada nas categorias Melhor Música, Melhor Letra, Melhor Arranjo e Melhor Intérprete no Festival da Canção do Peru; "Retirada" (c/ Alézio Barros), interpretada por Sonia Lemos, 2º lugar no Festival Fluminense da Canção Popular (1970); "A nave" (c/ Márcio Proença), interpretada por Claudia, 1º lugar no Festival Fluminense da Canção Popular (1972); "Água clara" (c/ Paulinho Machado), interpretada por Eduardo Conde, 1º lugar no Festival de Belo Horizonte; "Canção de amor e paz" (c/ Alézio Barros), 1º lugar no Festival da Canção do México, interpretada por Claudia e agraciada com os prêmios de Melhor Música, Melhor Letra, Melhor Arranjo e Melhor Intérprete.

Atuou como diretor musical, maestro e arranjador da casa de espetáculos Vivará (RJ), no show realizado por Benito de Paula, tendo como convidado especial o Maestro Radamés Gnattali.

Participou, como diretor musical, compositor e arranjador, dos musicais infantis "Sonho de Alice" e "A Bela Adormecida", estrelados por Myriam Rios.

Atuou como pianista da casa noturna Chiko's Bar (RJ), ao lado de Luis Carlos Vinhas, Edson Frederico, Luizinho Eça e Nana Caymmi.

Trabalhou durante 17 anos como arranjador e diretor musical contratado da TV Globo, tendo sido responsável por programas como "Globo de Ouro", "Fantástico" e "Moacyr Franco Show", entre outros. Compôs diversas vinhetas musicais para essa emissora, como as do "Jornal Nacional", "Sessão de Gala" e "Jornal das Dez", entre outras.

Atuou, como arranjador e produtor musical, com Marcos Valle e, como tecladista e arranjador, com artistas como Zezé di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó, Agnaldo Timóteo, Roberta Miranda e Nélson Gonçalves, entre outros.

A partir de 1979, passou a trabalhar como arranjador, regente e diretor musical de Roberto Carlos, tendo sido responsável por 20 especiais de fim de ano realizados pelo cantor para a TV Globo.

Em 1998, participou, como arranjador e regente, do concerto "Pavarotti e Roberto Carlos", realizado em Porto Alegre (RS). Ainda nesse ano, atuou como arranjador e diretor musical do evento "Encontro com a Família", realizado durante a visita do Papa João Paulo II ao Rio de Janeiro, com a participação da Orquestra Sinfônica Brasileira.

Em 2000, exerceu a função de coordenador musical no concerto realizado por Pavarotti, Gal Costa e Maria Bethânia, em Salvador (BA). Ainda nesse ano, participou, como arranjador e regente, do especial "A música do século", realizado pela Rede Globo.

Constam da relação dos intérpretes de suas canções artistas como Adriana, Agostinho dos Santos, Agnaldo Timóteo, João Paulo e Daniel, Rosemary, Claudia, Nélson Gonçalves, Emílio Santiago, Claudette Soares e Roberto Carlos, entre outros.

Ao longo de sua carreira, recebeu diversos prêmios, como Melhor Compositor do Ano 1970 (Associação Fluminense de Jornalistas), Honra ao Mérito 1979 por Serviços Prestados (Conselho Regional da Ordem dos Músicos do Brasil), Honra ao Mérito 1987 (Academia Internacional de Música) e Troféu Rádio Globo 1980, como Melhor Maestro, entre outros.

Lançou, em 2005, o CD "Emoções", que vendeu mais de 100.000 cópias.

No ano seguinte, lançou o CD "Cenário", contemplado com Disco de Ouro.

Em 2007, lançou, em CD e DVD, "Com amor", gravado no Teatro Municipal de Niterói (RJ), passando por bossa nova, com "Chega de saudade" (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), músicas da Jovem Guarda, como "Gatinha manhosa" (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), e canções do repertório dos Beatles, como "Michelle" (John Lennon e Paul McCartney).

No ano seguinte, lançou o CD “Inesquecível”, com as faixas “Detalhes”, “Debaixo dos caracóis dos seus cabelos”, “Vista a roupa meu bem”, “Você em minha vida”, “Eu preciso de você”, “Costumes”, “Perdoa”, “Jovens tardes de domingo” e “Jesus Cristo”, todas de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, “Por isso eu corro demais” e “E por isso estou aqui”, ambas de Roberto Carlos, e “O calhambeque (Road Hog)” (John D. Loudermilk e Gwen Loudermilk, vrs. Erasmo Carlos).

Em 2009, lançou o CD “Nossas canções”, com sua composição “Confissão” (c/ Paulo Sérgio Valle), além de “Além do horizonte”, “O portão”, “Não se esqueça de mim” e “Não quero ver você triste”, todas de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, “Outra vez” (Isolda), “Nossa canção” (Luiz Ayrão), “Negro gato” (Getúlio Cortes), “Canzone Per Te” (Sergio Endrigo e Sergio Bardotti), “O tempo vai apagar” (Paulo César Barros e Getúlio Cortes), “Falando sério” (Maurício Duboc e Carlos Colla) e “Custe o que custar” (Édson Ribeiro e Hélio Justo).

No ano seguinte, lançou a coletânea "O melhor de Eduardo Lages".

Em 2012, lançou o CD “Romances”, com sua canção “Eu nunca amei alguém como eu te amei” (c/ Paulo Sérgio Valle), além de “Como vai você” (Antônio Marcos e Mário Marcos), “Você é linda”  (Caetano Veloso), “Fascination” (Fermo Dante Marchetti), “Here, There And Everywhere” (John Lennon e Paul McCartney), “Champagne” (Depsa, Sergio Iodice e Domenico Di Francia), “Summer Of '42” (Michel Legrand, Alan Bergman e Marilyn Bergman), “Carinhoso” (Pixinguinha e João de Barro), “Smoke Gets In Your Eyes” (Jerome Kern e Otto Harbach), “She” (Charles Aznavour e Herbert Kretzmer), “As Time Goes By” (Herman Hupfeld) e “Ben” (Don Black / Walter Scharf). O disco contou com a participação de Roberto Carlos na faixa “Eu nunca amei alguém como eu te amei”.

Mais visitados
da semana

1 Festivais de Música Popular
2 Luiz Gonzaga
3 Assis Valente
4 Chico Buarque
5 Caetano Veloso
6 Tom Jobim
7 Hermeto Pascoal
8 Nelson Cavaquinho
9 Dorival Caymmi
10 Música Sertaneja