Busca:

Dona Duda

Vitalina Alberta de Souza
16/4/1923 Recife, PE

Dados Artísticos

Também conhecida como Dona Duda da Ciranda, começou a cantar na praia do Janga, no município de Paulista, fazendo rodas de ciranda para entreter os filhos de pescadores. No final da década de 1960 começou a fazer cirandas também para adultos e em pouco tempo começou a atrair simpatizantes da região metropolitana do Recife que iam ver suas rodas de ciranda. Em 1970, a Ciranda de Dona Duda passou a fazer parte do calendário oficial do turismo de Pernambuco.

Em 1971, organizou o primeiro festival de ciranda com a participação de cirandeiros de todo o estado de Pernambuco. Em 1974, teve que extrair um nódulo nas cordas vocais e foi obrigada a parar de cantar. Em 1975, composições suas foram lançadas na voz de diversos cirandeiros no LP "Ciranda de Dona Duda", lançado pela antiga, e hoje extinta, gravadora Rozemblit, de Pernambuco sendo este o único registro de seus trabalhos. Em 2002, foi homenageada ao ser colocada como tema do carnaval da cidade pernambucana de Paulista.

Em 2004, foi homenageada pela cantora e compositora Cylene Araújo, moradora da praia do Janga com um livro e um CD. No livro, está relatada a trajetória da artista, além de entrevistas com outros artistas e parentes. No CD estão presentes obras da cirandeira além de sua participação vocal, único registro dela cantando, num pout-pourri em dueto com a cantora Cylene Araújo.

Mais visitados
da semana

1 Durval e Davi
2 Tiee
3 Gilberto Monteiro
4 Vinicius de Moraes
5 Creone e Barrerito
6 Martha Rocha
7 Festivais de Música Popular
8 Teresa Cristina
9 Luiz Gonzaga
10 Alceu Valença