Busca:

DJ Tudo

Alfredo Bello
05/01/1972 Juiz de Fora, MG

Dados Artísticos

Criou-se através da mistura e da sobreposição da música tradicional e da música eletrônica. Em 2014, contabilizava uma coleção de mais de 2.000 horas de gravações originais em áudio e vídeo. Juntamente com uma coleção de 15.000 LPs da música tradicional no Brasil. Criou o selo “Mundo Melhor”, documentando as tradições de várias comunidades em todo o Brasil. Lançou 19 álbuns com esses registros, de maracatus, congados, baianas, moçambiques e bandas de pífanos, entre outras tradições. Em 2008 lançou o álbum “Garrafada” com suas produções de remixes. Em 2009, realizou, através do British Council, uma residência artística em Londres, Glasgow e várias outras cidades da Europa com vários músicos da cena musical européia. No mesmo período foi para Dacar-Senegal. Foi com esse material que lançou seu segundo álbum. Em 2009 começou a fazer trilhas sonoras para longas metragens do cinema brasileiro. Ao lado de Simone Soul e Marcelo Monteiro, criou o Projeto Cru, cujo álbum fez parte da trilha do filme de Beto Brant “O Amor segundo B. Schanberg”. Em 2011 fez a trilha do filme de Beto Brant “Eu receberia as piores notícas de seus lindos lábios”. Ainda em 2011, fez a trilha para a tetralogia do diretor amazonense Francisco Carlos, de nome “Jaguar Cibernético”. Em 2014 lançou o disco “Pancada Motor – Manifesto da Festa” e em 2015 o disco “Gaia Musica volume 1 – Brasil, Norte da Índia, Indonésia e Mali”. Em 2016 lançou o EP “Pra Iemanjá”. Em 2017, ele lançou seu último trabalho, o “Gaia Musica vol.2 – Brasil, Marrocos”.  DJ Tudo ganhou o Prêmio Mestre Duda de Culturas Populares do Ministério da Cultura pelos registros e lançamentos dos CDs do selo Mundo Melhor, Prêmio do PAC de Culturas Tradicionais da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo para realização do CD do “Moçambique de São Benedito do Marechal de Cunha-SP”, Prêmio do PAC de Culturas Tradicionais da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo para realização do CD “Congado em Mogi das Cruzes-SP” e Prêmio da Música Brasileira de 2016, como melhor álbum eletrônico com o disco “Gaia Musica volume 1”.

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 João Gilberto
3 Geraldo Pereira
4 Tom Jobim
5 Pixinguinha
6 Caetano Veloso
7 Música Sertaneja
8 Chitãozinho e Xororó
9 Noel Rosa
10 Jackson do Pandeiro