Busca:

Dino Rangel

Osvaldino Rangel
6/4/1964 Niterói, RJ
27/2/2019 Niterói, RJ

Dados Artísticos

Em 1998 gravou o disco “Café” pelo Selo Niterói Discos, acompanhado pelos músicos Arthur Maia, Zé Canuto, Márcio Bahia, Marcos Nimrichter e Cláudio Infante. O disco foi gravado no estúdio Castelo Studio. Em 2001 concorreu ao 4º prêmio Visa MPB instrumental, em São Paulo, formando quinteto com Márcio Bahia (bateria), Mazinho Ventura (baixo) e Marcos Nimrichter (piano). Na ocasião, foi um dos 24 selecionados dentre 365 artistas.  Em 2002 participou do IX Festival de Inverno de Domingos Martins-ES, como professor de guitarra.  Em 2003 foi selecionado para o festival de jazz e blues de Guaramiranga-CE. No mesmo ano participou do CD “Jazz from Brazil”, compilação do jornalista e produtor Arnaldo De Souteiro, com a faixa “Antígua”, junto a Eumir Deodato, Cláudio Roditi e Ithamara Koorax. O disco foi lançado no Japão, na Europa e nos Estados Unidos, e foi também indicado para o Grammy Latino no ano seguinte, como melhor álbum Latin Jazz. Ainda neste ano fez parte da gravação do 6º “Compasso, Samba & Choro”, através da gravadora Biscoito Fino. Em 2006 foi selecionado em 2º lugar no edital da Niterói Discos, ao lado de Ronaldo do Bandolim, Rogério Souza e Luiz Alves, com a finalidade de gravar um disco. Seu segundo disco, “Partiu...Voltar”, pelo Selo Niterói Discos, foi lançado em 2008. O disco teve a participação dos músicos Márcio Bahia (bateria), Zé Canuto (sax, flauta e arranjos), Mazinho Ventura (baixo), Marcos Nimrichter (piano e acordeon), David Feldman (piano), Ney Conceição (baixo) e Beth Bruno (vocal). Em 2010 foi eleito pela revista Heavy Metal Brasil como um dos 30 melhores guitarristas do Brasil. Em 2011, como professor de guitarra, participou da 29ª Oficina de Música de Curitiba, Oficina de Música Sesi Uberaba e Oficina de Música e Prática de Conjunto no Festival de Jazz de Guramiranga. Em 2012 participou do grupo do trompetista alemão Uli Beckerhoff e da temporada brasileira do grupo Australiano “The View From Madeleines Couch”.  Nos anos seguintes, realizou diversas apresentações com seu Trio/Quarteto e também em Duo com o violonista Marcel Powell em diversos eventos e festivais pelo Brasil e Europa como, o festival “Leblon Jazz Festival” no Rio de Janeiro, o festival “Brasil/Viena” em Viena, o festival “Nisville Jazz Festival”, na Sérvia, o festival “A-Trane Jazz Club” em Berlin, “Last Minute Open Jazz Festival” na Croácia, “Varna Summer Jazz Festival” na Bulgária, etc.  Em 2019 faleceu em Niterói em decorrência de um infarto fulminante. 

Mais visitados
da semana

1 Pixinguinha
2 Tunai
3 Tom Jobim
4 Chico Buarque
5 Geraldo Pereira
6 Ricardo Cravo Albin
7 Clementina de Jesus
8 Nelson Cavaquinho
9 Hermeto Pascoal
10 Caetano Veloso