Busca:

Dado Villa-Lobos

Eduardo Dutra Villa-Lobos
29/6/1965 Bruxelas, Bélgica

Dados Artísticos

Apareceu inicialmente como guitarrista do grupo de rock Legião Urbana, criado em Brasília (DF), integrado, na época, por Renato Russo (violão, baixo e voz) e Marcelo Bonfá (bateria). Fazendo parte da banda Legião Urbana lançou entre os anos de 1984 e 1996 os discos "Legião Urbana", "Legião Urbana dois", "Que país é este", "As quatro estações", "Legião Urbana V", "Músicas para acampamento", "O descobrimento do Brasil" e "A tempestade", todos pela gravadora EMI Odeon, nos quais foram incluídas várias composições de sua autoria, que se tornaram clássicos da banda. Neste mesmo ano de 1996, com o falecimento de Renato Russo, os integrantes anunciaram o fim da banda. Mesmo com o final do grupo a gravadora EMI-Odeon continuou a lançar produtos que estavam em seus arquivos: Em 1997 foi lançado o primeiro CD após a morte de Renato Russo, "Uma outra estação", com sobras de material de estúdio; no ano seguinte foi lançada a coletânea "Mais do mesmo", com os grandes sucessos da banda; em 1999 foi lançado "Legião Urbana acústico"; em 2001 a EMI lançou o duplo ao vivo "Como é que se diz eu te amo", seguido do lançamento em DVD, com o registro dos últimos três shows da banda, realizados no então Metropolitan no Rio de Janeiro, com lotação esgotada nos três dias de apresentações. No ano de 2004 foi lançado o CD "As quatro estações ao vivo" com as gravações dos shows realizados no estádio Palestra Itália, em São Paulo em 1990. No ano de 2005 lançou o primeiro CD e DVD solo ao vivo intitulado "MTV apresenta", com a participação especial de vários amigos e parceiros.  No ano de 2005 compôs a trilha para o seriado "Mandrake" (HBO TV). Lançou o CD "MTV Apresenta Dado Villa-Lobos: Jardim de Cactus". E ainda o versão de estúdio do mesmo trabalho, saindo em turnê de divulgação por várias capitais do pais. No ano seguinte, em 2006, compôs a trilha sonora par ao filme "Pro Dia Nascer Feliz", de João Jardim), recebendo o prêmio "Kikito de Melhor Trilha Sonora" no "Festival de Gramado". No mesmo ano fez  a trilha sonora do longa-metragem infantil "Os Porralokinhas". Em 2007 produziu a trilha do longa-metragem "Pode Crer!", de Arthur Fontes. No ano posterior, em 2008, produziu a trilha sonora do longa-metragem "Vingança", de Paulo Pons. No ano seguinte, em 2008, com Marcelo Bonfá, apresentou-se em show no evento "Eu Sei", no Espaço La Transtienda Club Montevideo, no qual as principais bandas do Uruguai fizeram uma homenagem a Legião Urbana. No ano de 2009, com Marcelo Bonfá, apresentou-se no "Festival Porão do Rock" em Brasília, no Distrito Federal. O show teve como convidados especiais Os Paralamas do Sucesso, Toni Platão, André Gonzales, Philippe Seabra, Juan Casanova, Sebastián Teysera, Mateo Moreno, PJ e Loro. No ano  de 2010 compôs a trilha sonora para o longa-metragem "Malu de Bicicleta", adaptação de Flávio Tambellini para o romance de Marcelo Rubens Paiva. No ano de 2012 lançou, somente em versão digital, o trabalho intitulado "O passo do colapso", no qual contou com as participações especiais de Fausto Fawcett, Paula Toller, Carlos Laufer, Mallu Magalhães, o guitarrista Fernando Catatau, o produtor Arto Lindsay e o escritor uruguaio Eduardo Galeano, que recitou um texto autoral para a faixa instrumental "O parto", de Dado Villa-Lobos. No trabalho, foram registradas composições inéditas e regravações de sua autoria, entre as quais "Quando a casa cai", "O homem que calculava", "Lucidez", "Sobriedade" e a faixa-título "O passo do colapso", as últimas três em parceria com Nenung, além de "Beleza americana" e "Overdose coração", ambas da dupla Fausto Fawcett e Carlos Laufer. Em 2013 foi o convidado especial do programa "Agora no AR!", de Ricardo Cravo Albin na Rádio Roquette Pinto 94.1 FM do Rio de Janeiro, no qual falou sobre sua vida e carreira, executando várias de suas composições, destacando-se "Colapso", "Quando a casa cai", "Giz", "O homem que calculava", "Eu sei", "Geração Coca-cola", "Tudo que vai" e "Lucidez". Neste mesmo ano lançou em versão física de CD "O passo do colapso" no Theatro Net Rio, no Rio de Janeiro, com direção Clara Caso e banda composta por Laufeer (baixo), Lourenço Monteiro (bateria), Caio Fonseca (guitarras, violões e teclados) e Gunter Fetter (guitarra, teclados e programações eletrônicas). O cantor contou com a participação especial no disco show da cantora Malu Magalhães, que no disco gravou em dueto a faixa "Quando a casa cai". Também, no show, contou com a participação do escritor, poeta e performer Fausto Fawcett, parceiro nas faixas "Overdose do coração" e "Beleza americana". Em 2014, estreou, no canal por assinatura Bis, a série de programas "Estúdio do Dado", gravado no estúdio do cantor e compositor, que recebeu convidados como Arnaldo Antunes, Caetano Veloso, Pepeu Gomes e Paralamas do Sucesso, entre outros. No programa de estréia, recebeu o cantor e compositor Gilberto Gil. Em 2015, escreveu juntamente com os amigos e historiadores Felipe Demier e Romulo Mattos o livro "Memórias de um legionário", pela Editora Mauad no qual é contada sua trajetória de vida e artística, desde os tempos de criança quando, filho de pai diplomata, nasceu em Bruxelas e morou em Belgrado, na antiga Iugoslávia, Montevidéu e Paris, retornando ao Brasil aos 14 anos, além, é claro, do surgimento da banda Legião Urbana, que proporcionou o desenvolvimento da carreira. Em 2016, juntamente com o baterista Marcelo Bonfá e os músicos convidados André Frareschi, cantor; Lucas Vasconcellos, guitarrista do grupo Letuce; Mauro Berman, baixista do grupo Cabeza de Panda, e Roberto Pollo, tecladista do Cirque du Soleil, participou da excursão "Legião Urbana XXX anos", comemorativa ao lançamento do primeiro LP da banda Legião Urbana em 1985. Foram realizados mais de 18 show em cidades como rio de Janeiro, São Paulo, Santos, Franca, Campinas, Porto Alegre e Florianópolis. Em 2018, um ano e meio depois de realizar a turnê "Legião Urbana XXX anos", na qual juntamente com Marcelo Bonfá, também integrante original da banda Legião Urbana, e mais André Frateschi nos vocais, e os músicos Lucas Vasconcelos, Mauro Berman e Roberto Pollo, realizou mais de cem shows com uma platéia total de cerca de 500 mil pessoas. Em seguida juntou-se aos mesmos músicos para a realização de nova turnê, desta vez dedicada aos discos "Doi", de 1986, e "Que país é este", de 1987, e que foi iniciada com show em Miami, nos Estados Unidos. E na sequência contou com shows em Santos, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Vila Velha e Rio de Janeiro.

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 João Gilberto
3 Geraldo Pereira
4 Tom Jobim
5 Caetano Veloso
6 Pixinguinha
7 Música Sertaneja
8 Noel Rosa
9 Jackson do Pandeiro
10 Nelson Cavaquinho