Busca:

Dadinho (2)


Circa 1940 Cachoeira, BA
2000 Angola

Dados Artísticos

No final da década de 1950 iniciou sua carreira artística como integrante da primeira formação do trio Os Tincoãs que então dedicava-se a um repertório de boleros. Permaneceu atuando no trio ao longo da década de 1960, tendo participado da virada musical do grupo que passou a dedicar-se a uma nusicalidade mais tradicional ligado ao candomblé e ao samba-de-roda. Em 1973, no primeiro LP lançado pelos Tincoãs teve incluídas suas composições "Yansã Mãe Virgem", "Na Beira do Mar", "Saudação Aos Orixás" e "Canto Pra Iemanjá", todas com Mateus Aleluia, e "Capela D'ajuda", "A Força da Jurema" e "Deixa a Gira Girar", com Matheus Aleluia e Eraldo. Em 1975, no LP "O africanto dos Tincoãs", da RCA Camden, foram incluídas nove composições suas em parceria com Mateus Aleluia: "Promessa ao Gantois", "Salmo", "Homem Nagô", "Canto e Danço Pra Curar", "Sereia", "Jó", "Oxóssi Te Chama", "Anita" e "Ogum Pai". Em  1977, teve as composições "Atabaque, Chora", "Canto de Dor", "Chão da Verdade", "Romaria", "Chapeuzinho Vermelho", "Arrasta a Cadeira", "Cordeiro de Nanã" e "Acará", todas com Mateus Aleluia, incluídas no LP "Os Tincoãs", pela RCA Victor. Pouco depois o componente Eraldo deixou o grupo. Passou então a atuar em dupla com Mateus Aleluia embora mantendo o nome de Os Tincoãs. Em 1986, lançou em dupla com Mateus Aleluia e ainda com o nome de Os Tincoãs o LP "O Tincoãs - Dadinho e Mateus", pela gravadora CID e que incluiu as composições "Luanda Ê (Lembrança Feliz)", "Angola Vamos Cantar", "África Blue", "Quem Vem Lá", "Vovó Clementina", "Rio Qg do Samba", "Cachoeira - Bahia Lisboa", "Namíbia" e "Sou Eu Bahia", todas com Mateus Aleluia. Desde 1983, passou a viver em Angola onde continuou a carreira artística falecendo lá em 2000.

Mais visitados
da semana

1 Noel Rosa
2 Hermeto Pascoal
3 Criolo
4 Irmãs Galvão
5 Caetano Veloso
6 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
7 Gilberto Gil
8 Tom Jobim
9 Marcio Proença
10 Nelson Cavaquinho