Busca:

Consiglia Latorre

Maria Consiglia Raphaela Carrozzo Latorre
20/1/1960 São Paulo, SP

Dados Artísticos

Iniciou a carreira profissional nos anos 1980, atuando no movimento "Virada Paulista", no Teatro Lira Paulistana, em São Paulo.

Destacou-se, em 1984, por sua participação no show realizado por Chico Buarque na Argentina.

De 1984 a 1990, foi vocalista de Toquinho, com quem excursionou pelo Brasil e pelo exterior por países da América Latina, Itália, Espanha, França e Japão. Neste país, gravou um disco ao vivo com o saxofonista Sadao Watanabe. Apresentou-se também com o compositor Juan Manuel Serrat, na Espanha, com o cantor George Moustaki, na França, e com o cantor Lucio Dalla , na Itália.

Paralelamente à sua atuação como vocalista, iniciou carreira solo com o show "Em torno do Tom", fruto de sua pesquisa sobre a obra de Tom Jobim, com arranjos para voz e teclados, tendo sido acompanhada pelo arranjador e pianista Luís Lopes.

Na década de 1990, deu continuidade à sua carreira solo, com destaque para os seguintes eventos: "Máquinas e Motores", espetáculo multimídia do artista plástico Guto Lacaz; "Seresta Paulista", concerto com a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo; autoria e performance vocal da trilha musical do espetáculo de dança contemporânea "Eis-me aqui", da coreógrafa Marisa Godoy; projeto "Allegro São Paulo", com o guitarrista Mozart Mello e o contrabaixista Ruy Deutsch; e espetáculo de entrega das premiações do VI Prêmio Shell de Teatro.

De 1999 a 2002, a convite do Maestro Nelson Ayres, integrou o júri do II, III e IV Prêmio Visa da MPB, veiculado pela Rádio Eldorado e pelo jornal "O Estado de São Paulo".

Apresentou, em 2001 e 2002, o show "Canções de Chico Buarque", ao lado do pianista e maestro Rafael dos Santos no projetos "Theatro Municipal Visita" e "Circuito Cultural da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo".

Em 2002, mudou-se para Fortaleza, onde coordenou o Núcleo de Música do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, de abril 2003 a maio 2005.

Retomando o projeto "Em torno do Tom", fez, em 2005, o show de abertura do Festival de Jazz & Blues de Guaramiranga (CE), dedicado, nessa edição, à memória de Tom Jobim. Nesse mesmo ano, a convite do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, nas comemorações de seus seis anos de existência, reapresentou o show "Em torno do Tom", contando com a participação do instrumentistas cearenses.

Também em 2005, lançou o CD "Tempo da delicadeza", gravado no estúdio do Sesc Vila Mariana-SP, em 2002, pelo Selo Sesc/SP, como parte de um projeto artístico-pedagógico integrado à oficina "A Fantástica Canção Popular Brasileira e seus Maravilhosos Inventores e Intérpretes", em parceria com o sociólogo e pesquisador musical Dilmar Miranda, apresentada em várias unidades do Sesc/SP. Constam do repertório do disco as canções "Todo sentimento" (Cristóvão Bastos e Chico Buarque), "Imagina" (Tom Jobim e Chico Buarque),"Januária" (Chico Buarque), "A lua girou" (tradicional adaptada por Milton Nascimento), "Silêncio" (Fábio Tagliaferro e Luiz Tatit), "Nada de novo" (Paulinho da Viola), "Nem mais um pio" (Guinga e Sérgio Natureza), "Era uma vez por toda a vida" (Flávio Henrique e Murilo Antunes), "Flor de mim" (Renato Motha),"Canção do amor distante" (Maurício Carrilho e Paulo César Pinheiro) e "Requebre que eu dou um doce" (Dorival Caymmi). Fez show de lançamento do CD no circuito cultural do Sesc-SP, nas unidades São Carlos, Campinas, Araraquara, Vila Mariana e Santo André, com direção artística de Cristina Mutarelli, tendo como assistente Gabriel Miziara. Ainda em 2005, fez participação especial, a convite da cantora Miucha, no show de abertura do II Festival Música na Ibiapaba, sendo também responsável pela concepção e direção artístico-pedagógica do evento.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Assis Valente
3 Festivais de Música Popular
4 Chico Buarque
5 Caetano Veloso
6 Tom Jobim
7 Hermeto Pascoal
8 Nelson Cavaquinho
9 Dorival Caymmi
10 Romildo