Busca:

Comadre Florzinha



Dados Artísticos

A banda surgiu em 1997 como homenagem a lenda da Comadre Florzinha. Teve duas formações e seus integrantes foram, na primeira formação, Karina Buhr (voz, percussões e rabeca), Isaar França (voz, percussões e gaita), Renata Mattar, Telma César,  Alessandra Leão e  Maria Helena. Na segunda formação, Karina Buhr (voz, percussões e rabeca) e Isaar França (voz, percussões e  gaita). A forte vivência de suas integrantes com as brincadeiras e os cortejos de rua de grupos tradicionais de Pernambuco, como o Maracatu Piaba de Ouro, Afoxé Ylê Egbá, Maracatu Estrela Brilhante, entre outros, trouxe para a banda a riqueza rítmica de sua música. Passeando por ritmos brasileiros com influências variadas, o grupo criou um estilo próprio, marcado pela força dos tambores e das vozes. A gaita e a rabeca se fazem presentes em alguns momentos, assim como o saxofone e o clarinete. Entre 1998 e 1999 a banda acompanhou Antônio Nóbrega em várias cidades do Brasil e no "Festival de Teatro de Avignon", na França. São muitas as apresentações e participações em trabalhos, como os CDs "Pernambuco falando para o mundo", de Antônio Nóbrega; a trilha sonora da peça "A Máquina", de João Falcão e o CD "Por pouco", da banda Mundo Livre S/A. No ano de 1999 participou das coletâneas "Baião de viramundo" ao lado do grupo Chão e Chinelo, DJ Dolores & Orchestra Santa Massa, Stela Campos, entre outros e ainda do CD "Reginaldo Rossi - um tributo", junto aos grupos Querosene Jacaré, DJ Dolores & Orchestra Santa Massa, entre outros. Outra coletânea importante na qual o grupo participou foi "Pernambuco em Concerto IV". Também em 1999, lançou o primeiro disco, "Comadre Florzinha", ainda com a primeira formação: Karina Buhr, Isaar França, Renata Mattar, Telma César, Alessandra Leão e Maria Helena. No CD foram incluídas as músicas "Maré" (D. P. / Rec. Mestre Pitiguari), "Araúna" (D. P. / Rec. Mestra Virgínia Moraes), "Roseira Di" (D. P. / Rec. Mestra Virgínia Moraes), "Pirulito" (D. P. / Rec. Mestra Virgínia Moraes), "Ô Papai" (D. P. / Rec. Mestra Hilda), "Grande Poder" (Mestre Verdilinho), "Angicos" (Chico Science / Lúcio Maia), "Mais De Oito" (Renata Mattar / Telma César / Comadre Florzinha), "Satuba" (Isaar França), "Poica" (Renata Mattar), "Sapopemba" (Renata Mattar), "O Trem" (Karina Burh), "Cobra Verde" (D. P.), "Xiquexique" (Tom Zé / Zé Miguel Wisnik), "Fulozinha" (Telma César) e "Tamarineira" (Elino Julião). No ano seguinte, em 2000, a banda realizou a primeira turnê mundial, participando de importantes festivais na França, Bélgica, Suíça, Canadá e Estados Unidos e no "Festival La Voix des Pays" abriu o show de Cesária Évora. No ano posterior, em 2001, integrou o elenco da peça "Bacantes", dirigida por José Celso Martinez Correa. No ano de 2002, ao lado de Erasto Vasconcelos, Mr. Jam, Fernado Catatau, Ganja Man (Instituto), Bactéria (Mundo Livre S/A), Pi. R, Marcelo Campello, Mônica Feijó, Sapotone, Boy, Tiago (Songo), KSB e Buguinha, participou do segundo disco "Olinda Original Style", da banda Eddie. Em 2003 a banda lançou o CD "Tocar na Banda", no qual foram incluídas as faixas "Obá" (Erasto Vasconcelos), "Sibito Baleado" (Karina Burh), "Tocar na Banda" (Adoniran Barbosa), "Se O Mal" (Karina Burh), "Lá" (Karina Burh), "Zumba" (Karina Burh), "Gaitinha" (Isaar França), "É Ou Não É" (Corumba / Venâncio), "Merengue Pra Jesus" (Alessandra Leão / Mavi), "Clarineto" (Lourdinha), "Eu Também Sei Atirar" (D. P.), "Amaralina" (Karina Burh), "Chumbo De Vidro" (Karina Burh) e "A Cidade Tá Subindo", de Isaar França. No ano de 2005, com a seguinte formação: Karina Buhr (voz, rabeca, djembê, congas e alfaia), Letícia Coura (vocal, violão, cavaquinho e efeitos), Dani Zulu (vocal, zabumba e efeitos) e Marcelo Monteiro (saxofone), o grupo apresentou-se na 21ª edição do "Projeto Camarote das Artes", no Complexo Caixa Cultura - Camarote Café, no Rio de Janeiro. Em 2009 lançou o último disco intitulado "Vou Voltar Andando", no qual foram incluídas as composições "Presta Atenção", "Passarinho", "Rosa Alvarinha", "Falta de Sorte", "2 de Janeiro", "Mambú e Abacaxia", "Saí Passada", "Caminho de Fulô" e "Palo Santo", além da faixa-título "Vou Voltar Andando". Não há registro de quando a banda encerrou as atividades.

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 João Gilberto
3 Pixinguinha
4 Geraldo Pereira
5 Tom Jobim
6 Caetano Veloso
7 Música Sertaneja
8 Noel Rosa
9 Jackson do Pandeiro
10 João Bosco