Busca:

Chico Pinheiro

Francisco Pinheiro Christino Netto
8/ 12/ 1974 São Paulo, SP

Dados Artísticos

Em 1991, iniciou sua carreira profissional, atuando como instrumentista em produtoras de trilhas, em São Paulo. Nesse mesmo ano, passou a integrar a banda de José Miguel Wisnik, atuando depois com vários artistas, como Chico César, Rosa Passos, Jair Rodrigues, Luciana Souza e Daniela Mercury, além de Vitor Mendoza, Greg Hopkins Big Band e Giovanni Hidalgo, Vincent Borgeaux, Franck Oberson, Batiste Trotignon, Belmondo Bros. and the Jazz Quintet (membros do Departamento de Jazz do Conservatoire de Paris), Vicente Barreto e César Camargo Mariano, entre outros.

Em 1994, classificou-se em 1º lugar no “Projeto Nascente”, concurso promovido pela USP em parceria com a Editora Abril, na categoria Compositor.

Em 2000, classificou-se em 2º lugar no III Prêmio Eldorado-Visa/Edição Compositores e foi selecionado entre os 48 finalistas do “Festival da Música Brasileira” (Rede Globo), com sua música “Desde o primeiro dia” (c/ Guilherme Wisnik). Ainda nesse ano, proferiu, na USP, a série de palestras “Jazz and Blues, suas raízes e seus matizes”.

Em 2002, estreou show no Supremo Musical, em cartaz durante nove meses, com a participação das cantoras Luciana Alves e Maria Rita Mariano.

Lançou, no ano seguinte, o CD, “Meia-noite, meio-dia”, contendo suas composições "Jardim de arroz", "Desde o primeiro dia" e "De frente", todas com Guile Wisnik, "Na beira do rio" e "Onde estiver", ambas com Paulo Neves, "Ao vento" e "Essa canção", ambas com Guile Wisnik e Paulo Neves, "Passagem" e "Aquela", ambas com Chico César, e "Popó" (c/ Aldir Blanc), além da faixa-título, única com letra do próprio artista, entre outras. O disco contou com a participação de Lenine, Ed Motta, Chico César, Gilson Peranzzetta, Marçal e Nailor Proveta, além das canoras Luciana Alves e Maria Rita Mariano. No repertório, composições próprias, em parceria com Aldir Blanc e Chico César, entre outros.

Em 2004, apresentou-se, como único artista brasileiro solo do palco Jazz, no TIM Festival (SP), ao lado de nomes como Branford Marsalis, Brad Mehldau, Dave Holland e Bireli Lagrène. Também nesse ano, sua canção "Onde estiver" foi relançada pelo álbum "Sintonia Fina", de Nelson Motta (Som Livre).

Em 2005, lançou o CD "Chico Pinheiro", contendo suas composições "Tocador de violão", "Mandarim", "Se depender de mim" e "Desfile de Afoxé", todas com Paulo César Pinheiro, "Flashes", "Pelo avesso" e "Nada não", todas com Guile Wisnik, "Tempestade" (c/ Chico César), "Nosso amor e o mar" (c/ Zé Miguel Wisnik), "Valsa nº 5", "Encontro", "Pontevedra", "Cais dos olhos" e "Tema em 3". O disco contou com a participação de João Bosco, Luciana Alves, Gilson Peranzzetta, Marçal, Paulo Sérgio Santos, Edu Ribeiro, Fabio Torres, Marcelo Mariano, Paulo Paulelli, Serginho Carvalho, Rafael Vernet, Tati Parra.

Lançou, em 2010, o CD “Flor de fogo”, contendo suas composições “Boda de siri”, “Recriando a criação” e “Flor de fogo”, todas com Paulo César Pinheiro, “Ao sul do teu olhar” (c/ Tiago Torres da Silva), “Sertão wi fi” (c/ Pedro Luís), “Mamulengo”, “Um filme”, “Valsa nº 8” e “Buritizais”. O disco contou com a participação das cantoras Dianne Reeves e Luciana Alves, e também com a participação do saxofonista Bob Mintzer.

Mais visitados
da semana

1 Durval e Davi
2 Tiee
3 Gilberto Monteiro
4 Vinicius de Moraes
5 Creone e Barrerito
6 Martha Rocha
7 Festivais de Música Popular
8 Teresa Cristina
9 Luiz Gonzaga
10 Alceu Valença