Busca:

César Menotti e Fabiano



Dados Artísticos

Irmãos. Cantores. Compositores. Dupla sertaneja.  César Menotti da Silva - 24/03/1982 Fabiano José da Silva - 31/12/1977 Formada na cidade mineira de Belo Horizonte, foi uma das pioneiras do estilo chamado de "sertanejo universitário". Empresariados por um terceiro irmão, Fábio Lacerda, em 2004, a dupla lançou seu primeiro CD, com produção do maestro Pinóchio e interpretando músicas de consagrados compositores sertanejos: "Não tem adeus quando se ama", de Tivas, Carlos Randal e Danimar; "Me apaixonei (a primeira vez que eu te vi)", "A felicidade voa" e "Aqui não", de Pinócchio; "Fica comigo", de Piska, Eduardo e Adriano; "Frente a frente", de Carlos Colla e Chico Roque; "Sempre seu homem", de Cecilio Nena; "O amor maior", de Carlos Colla, Michael Sulivan e Mighel Plopschi; "Paixão mineira", de Pinócchio e Geraldo Campos; "Como reconquistar o seu amor", de José Victor, Paulo Volk e Teodoro; "Se esta moda pega", de Jovelino Lopes; "Onde tem som de viola", de César Menotti e Fabiano; "Rio Paranaíba", de Pinócchio e Gilmar Campos, e "Do que o boiadeiro gosta", de J. dos Santos e José Fortuna. O disco alavancou a carreira da dupla e os levou a apresentações em estações de Rádio e TV, além de shows em diferentes cidades, especialmente de Minas Gerais e São Paulo. No ano seguinte, a dupla lançou o CD e o DVD "Palavras de amor ao vivo". O CD vendeu mais de 300 mil cópias e o DVD mais de 180 mil. Com isso, a dupla ficou em terceiro lugar como a de maior venda de CD naquele ano. Nesse disco foram interpretadas as músicas "Como um anjo", de Lucas Robles e Roberto Merli; "Tentei te esquecer", de Cruz Gado; "Coração está em pedaços" e  "Sem medo de ser feliz", de Zezé di Camargo; "Fica comigo", de Piska, Eduardo e Adriano; "Mensagem pra ela", de César Menotti e Geraldo Campos; "Esperando na janela", de Blanch, "Leilão", de Chrystian Lima e Ivo Lima; "Aqui não", de Pinócchio; "Lugar melhor que BH", de César Menotti e Jader Jones; "Magia e mistério", de Bob Joe, "Bão tamém", de Pinocchio, César Menotti e Fabiano; "Sempre seu homem", de Cecílio Nena; "Paixão mineira", de Pinócchio e Geraldo Campos; "Armagurado", de Tião Carreiro e Dino Franco; "Na hora do adeus", de Carlos Colla e Chico Roque; "Caso marcado", de Cristian Weber e Markito; "Nova York", de Cristian e Ralf; "O que tiver que vir, virá", de Augusto César e César Augusto; "Me apaixonei (a primeira vez que eu te vi)", de Pinócchio; "Cana verde", de Tonico e Tinoco, e "Erguei as mãos", um tema religioso tradicional que recebeu adaptação do Padre Marcelo Rossi. Já o DVD apresentou as mesmas músicas, além de mais quatro, que foram: "A carta", de Raul Sampaio e Benil Santos; "Tá chovendo amor", de Pinocchio; "Onde tem som de viola", de César Menotti e Fabiano, e "Telefone mudo", de Franco e Peão Carreiro. Esse disco, segundo alguns pesquisadores, representou um trabalho precursor do que viria a se chamar pouco tempo depois "sertanejo universitário". Em seguida, a dupla realizou a tournê "Palavras de amor ao vivo", que percorreu o Brasil de norte a sul em mais de 140 mil quilômetros e 175 shows realizados, sendo que na 19º Festa de Rodeio de Jaguariúna, a dupla reuniu mais de 50 mil pessoas para assisti-los. Em 2007, a dupla lançou o CD "César Menotti e Fabiano, com você", com produção e arranjos do maestro Pinóchio. Nesse disco a dupla interpretou as músicas "www volta pra mim", de Ernani Ferreira; "Caso por acaso", de César Menotti e Fábio Lacerda; "Talvez", de Pedro Paulo, Edson e Vinicius; "Gabriela", de Da Vieira, Ernani Ferreira e Joel; "Tempo para amar", de Pinóchio e César Menotti; "Foi tudo engano", de Bruno e Felipe; "Do lado esquerdo", de Pinóchio, "E eu", de Eduardo Toledo e André Queiroz; "Segura na mão de Deus", de Nelson Moreira da Mota; "Galera do bem", de Pinóchio, César Menotti e Fabiano; "Vem tomar café comigo", de Maracaí e João Gustavo; "De frente pro sol", de Deive Silva, Orlando Mota e Jader Joanes; "Saudade de Minas", de César Menotti, Pinóchio e Fábio Lacerda; "Nóis bebe é guaraná", de Pinóchio, Fabiano e César Menotti; "Vem me amar", de Marcelo e Fabrício, e "Sincero amor", de Delmir e Zico Padre, além de dois clássicos da música popular: "Coração de papel", sucesso de Sérgio Reis nos anos 1960, e "Sertaneja", sucesso de Orlando Silva na década de 1940. O disco contou com nomes como Laércio Costa na perceussão, João Carlos Balestrin no acordeom, Delano Macedo no violão, Léo Cruz no trompete, Ivan Miyazato no baixo, e Jean Carlo na bateria, entre outros. Nesse ano, realizou, com outros artistas de renome, grande show beneficiente no Credicard Hall, em São Paulo, em favor do Hospital do câncer de Barretos. Em 2008, fez dois shows na casa de espetáculos Canecão, no Rio de Janeiro. Nesse ano, a dupla lançou o CD e DVD ao vivo, "Voz do coração", com  19 faixas inéditas. O CD e DVD foi lançado na casa Estância Alto da Serra, em São Paulo. Nesse disco, destacou-se a faixa "Ciumenta". No mesmo ano, apresentou-se em shows nos Estados Unidos, tocando nas cidades de Danbury, Newark e Revere. A dupla foi eleita pelos brasileiros residentes nos EUA como o melhor show sertanejo do ano e recebeu uma réplica da estatueta do Oscar como símbolo. No mesmo ano, a sua gravação "Como um anjo" foi incluída na coletânea "O melhor do sertanejo universitário", lançado pela Universal Music. Em 2009, a dupla fez apresentações em diferentes cidades brasileiras, entre as quais, Tauá e Fortaleza, no Ceará, Recife, em Pernambuco, São Paulo, Cerquílio e Paulínia, além de São Paulo, e Rio de Janeiro. No mesmo ano, foram indicados ao prêmio Grammy Latino, na categoria melhor álbum sertanejo, com o CD "Voz do Coração" (Ao Vivo), do selo Mercury Records/Universal Music. Ainda nesse ano, participaram da gravação do  DVD "Um Barzinho, Um Violão-Sertanejo", lançado pela Sony Music, cantando a música "Evidências". O show, gravado na Arena Country (SP), contou com artistas como Hugo & Tiago, Grupo Tradição, Fafá de Belém, Gian e Giovani, Roberta Miranda, João Bosco & Vinicius, entre outros. Em março de 2010, participaram do programa "Emoções Sertanejas", da Rede Globo de Televisão, que teve como objetivo homenagear o cantor e compositor Roberto Carlos, pelos 50 anos de carreira. O programa recebeu como convidados, em um mega-show, no ginásio do Ibirapuera em São Paulo, grandes nomes da música brasileira como Bruno & Marrone, Daniel, Dominguinhos, Elba Ramalho, Gian & Giovani, Leonardo, Martinha, Milionário & José Rico, Nalva Aguiar, Paula Fernandes, Rio Negro & Solimões, Roberta Miranda, Sérgio Reis, Victor & Léo e Zezé di Camargo & Luciano. No mesmo ano, lançaram o CD "Retrato - Ao vivo em estúdio", pela Universal Music, no qual gravaram as músicas "O Vento" (Baiano); "Retrato" (Louro Santos); "Labirinto" (Marco Aurélio); "Imploro" / "Júnior" (Dupla Leo & Júnior, Guto); "Fofoca" (César Menotti / Fábio Vianna); "É ruim que dói" (Chrystian Lima e Elivandro Cuca); "Procurando um grande amor" (Zé Maia); "Volta pra Curtição" (Euler Coelho); "Esperando aviões" (Vander Lee); "Isso é amor" (Victor Chaves); "Deixa o sol entrar" (Baiano); "Imigrante" (Cesar Menotti); "2220210" (Durval e Davi); "Kid Lampião"; "Admita" (Everton Matos / Rivanil / Diego Ferreira); e "Jesus Cristo" (Roberto Carlos e Erasmo Carlos). No mesmo ano, participaram da gravação do DVD "Direito de viver", no Credcard Hall, na capital paulista, em homenagem aos 10 anos do projeto do Hospital do câncer, que leva o mesmo nome do disco. Da gravação, participaram artistas consagrados como Amado Batista, Ataíde & Alexandre, Bruno & Marrone, Cezar & Paulinho, Chitãozinho & Xororó, Daniel, Edson, Eduardo Costa, Fábio Jr, Fernando & Sorocaba, Gian & Giovani, Gino & Geno, Guilherme & Santiago, Hudson & Rolemax, Hugo & Tiago, Jorge & Mateus, Juliano César, KLB, Leonardo, Milionário & José Rico, Rionegro & Solimões, Roberta Miranda, Sérgio Reis, Teodoro & Sampaio, Victor & Leo e Zé Henrique & Gabriel. Em 2010 e 2011, realizaram uma série de apresentações internacionais, em países latinos e europeus, como Itália e Inglaterra. Neste último, foram selecionados por voto popular para fazer o show no evento “Brazilian Day”, em Londres. Em 2011, tiveram o CD "Retrato - Ao vivo em estúdio", lançado pela Universal Music, indicado para o Grammy Latino, na categoria Música Sertaneja. Em 2012, gravaram mais um DVD, dessa vez no Rio de Janeiro (RJ), “Ao vivo no Morro da Urca”, pela Som Livre, comemorando 10 anos de carreira. Antes do dia da apresentação, os ingressos já haviam se esgotado. Além de trazer releituras de clássicos sertanejos como “O menino da porteira” e “Estrada da vida”, o disco contou com participações especiais de Santorine, na faixa “Revanche”, Jorge & Mateus, em “Dois corações”, Preta Gil em “Amor em dobro”, e do grupo Sorriso Maroto, na música “Tomou de assalto”. Em 2013, realizaram participação especial no DVD “Ao vivo em São Paulo”, da dupla Gilberto e Gilmar, gravado na casa de shows Estância Alto da Serra, em São Bernardo do Campo (SP). Na celebração do ano novo de 2013 para 2014, em São Luís do Maranhão, apresentaram-se como uma das principais atrações da festa da cidade. Em 2014, lançaram o álbum duplo “Memórias anos 80 e 90”, pela Som Livre. Editado em formatos de LP e CD, o repertório, todo selecionado pela própria dupla, trouxe releituras de grandes sucessos da música sertaneja dos anos 1980 e 1990, como “No Rancho Fundo”, “Meus Pedaços”, “Nuvem de Lágrimas”, “Outra Vez Por Amor”. Na virada de 2014 para 2015, apresentaram-se no programa “Show da virada”, da Rede Globo de Televisão, ao lado de outros vários artistas consagrados nacionalmente. No réveillon, apresentaram-se ao vivo como principal atração da festa da cidade de Cabo-Frio (RJ). Em 2015, com o álbum “Memórias anos 80 e 90”, foram indicados ao Prêmio de Música Brasileira, na categoria Melhor Dupla de Canção Popular. Na virada de 2015 para 2016, apresentaram-se em Nova Jersey, nos Estados Unidos, representando a música brasileira em uma das festas de réveillon mais tradicionais da cidade. 
Em 2016, realizaram participação especial no CD “Sem fronteiras”, de Bruna Viola, na música “Se você voltar”, de César Menotti e Fátima Leão. A canção foi a principal música de trabalho do disco da cantora e violeira. Em 2017, lançaram o disco “Memórias – Volume II”, dando prosseguimento ao projeto com o qual fizeram sucesso nacional anteriormente. O álbum, lançado pela Som Livre, apresentou no repertório 25 releituras de clássicos da música sertaneja, e teve participações especiais de nomes importantes do segmento, como Roberta Miranda, Fernando e Sorocaba, Bruno e Marrone, Milionário e Marciano, Rionegro e Solimões, Zezé Di Camargo e Luciano, Maiara e Maraisa, Luan Santana, e Zé Neto e Cristiano.

   

Mais visitados
da semana

1 Pixinguinha
2 Luiz Gonzaga
3 Eumir Deodato
4 Raul Seixas
5 Garoto
6 Nelson Gonçalves
7 Elza Soares
8 Dorival Caymmi
9 Caetano Veloso
10 Assis Valente