Busca:

Carol Saboya

Carolina Job Sabóia
10/3/1975 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Aos oito anos de idade, gravou com Miéle o compacto simples "Miéle & Carolina", interpretando a faixa "A menina e a TV" (versão de Antonio Adolfo e Jésus Rocha da canção "Du da im radio", de Rolf Zuckowski).

Ainda menina, atuou como vocalista em discos de Erasmo Carlos e Angela Ro Ro, entre outros artistas, e integrou o elenco do espetáculo "Verde que te quero ver", de Paulinho Tapajós e Edmundo Souto.

Participou dos LPs que registraram as trilhas sonoras dos musicais infantis "Passa, passa, passará" e Astrofolias", de Antonio Adolfo, Xico Chaves e Paulinho Tapajós (encenados a partir de texto original de Ana Luiza Job, mãe da cantora), e "Eternos meninos", de Paulinho Tapajós.

De 1989 a 1991 morou nos Estados Unidos, onde estudou canto com Mary Rago, participou de shows de Antonio Adolfo, integrou o Coral da John Burroughs High School e gravou no disco "Brasileiro", de Sergio Mendes, contemplado com o Prêmio Grammy, na categoria World Music.

Voltou aos Estados Unidos em 1994, para participar do Encontro da International Association of Schools of Jazz (IASJ), realizado em Nova York. Nessa ocasião, apresentou-se com músicos de diversos países em clubes de jazz do Village e no JVC Fetival.

Em 1996, chamou a atenção da mídia pela interpretação da canção "Carta de pedra" (Guinga e Aldir Blanc), no disco e no show "Aldir Blanc 50 Anos".

Lançou, em 1998, o CD "Dança da voz", seu primeiro disco solo, pelo qual foi contemplada com o Prêmio Sharp, na categoria Revelação MPB.

Em 1999, gravou, com o guitarrista Nelson Faria, o CD "Carol Saboya e Nelson Faria interpretam Antonio Carlos Jobim", com destaque para "Caminhos cruzados" (c/ Newton Mendonça), "Fotografia", "Chansong" e "Menino, eu vi" (c/ Chico Buarque), entre outras.

No ano seguinte, lançou o CD "Sessão Passatempo", que incluiu as canções "Cada tempo em seu lugar" (Gilberto Gil), "Passarim" (Tom Jobim), "Canoeiro" (Dorival Caymmi) e "Corrida de Jangada" (Edu Lobo e Capinam), entre outras, além de "Sessão passatempo 1" (Antonio Adolfo e Hermínio Bello de Carvalho). Ainda em 2000, participou do Festival da Música Brasileira (TV Globo), interpretando a canção "Imaginária" (Mario Séve e Suely Mesquita).

Ao longo de sua carreira, apresentou-se em diversas capitais do País, bem como em Nova York, Miami e New Orleans (EUA). Participou, também, de diversos projetos de música brasileira como "Homenagem a Braguinha", com Zé Renato, "Novos Cariocas", com Daniel Gonzaga e Bernardo Lobo, "40 Anos de Bossa Nova", com Roberto Menescal e os Cariocas, e "Homenagem a Cartola", com Paulinho Moska, Nelson Sargento, Dona Zica, Dona Neuma, Delegado, Arranco de Varsóvia, Beth Carvalho e Emílio Santiago.

Em 2001, participou do ciclo de shows "Peixinhos", realizado no Espaço Sérgio Porto, mostra que reuniu filhos de nomes consagrados da música popular brasileira. Concluiu a Faculdade de Música e leciona canto no Centro Musical Antonio Adolfo (RJ).

Em parceria com seu pai, o pianista Antonio Adolfo, lançou, em 2006, o CD "Ao vivo live", registro da apresentação realizada no ano anterior, em Miami.

Mais uma vez em parceria com Antonio Adolfo, lançou, em 2010, o CD “Lá e cá - Here and there”. O disco, registrado como se fosse uma gravação ao vivo, contou com a participação dos músicos Jorge Helder (contrabaixo), Rafael Barata (bateria), Leo Amuedo (guitarra) e Serginho do Trombone (trombone). No repertório, sua composição “Cascavel”, “Toada Jazz (O Retirante)”, de sua parceria com Tibério Gaspar, em medley com “Night and Day” (Cole Porter), "All the Things You Are" (Kern-Hammerstein), “A Night in Tunisia” (Dizzy Gillespie), “Time After Time” (Chet Baker), “Easy to Love” (Cole Porter), “Sabiá” (Tom Jobim e Chico Buarque), “Lullaby of Birdland” (George Shearing), “So in Love” (Cole Porte), “Round Midnight” (Thelonious Monk), “Every Time We Say Goodbye “(Cole Porter)/”Nuvens douradas” (Tom Jobim).

Em 2012, lançou o CD “Belezas”, contendo obras de Ivan Lins e Milton Nascimento, com piano, arranjos e produção musical de Antonio Adolfo. O disco contou com a participação de Rafael Barata (bateria e percussão), Jorge Helder (baixo) e Claudio Spiewak (violão e guitarra), e com a participação especial, em três faixas, de Dave Liebman (sax) e Hendrik Meurkens (gaita). Nesse mesmo ano, seu CD “Belezas – A música de Ivan Lins e Milton Nascimento” foi indicado para o 55º Prêmio Grammy, nas seguintes categorias: Melhor Álbum de World Music, Melhor Arranjo (Antonio Adolfo) e Melhor Improviso de Jazz (Dave Liebman).

Em 2013, foi premiada, juntamente com Antonio Adolfo, na 16ª edição do Brazilian International Press Awards/Estados Unidos, na categoria Melhor Show de Artista Local, pelo espetáculo realizado no South Florida Jazz, em 10 de Março de 2012. Ainda em 2013, apresentou-se no Studio RJ, no Rio, tendo a seu lado os músicos David Feldman (piano), André Vasconcellos (baixo) e Joo Viana (bateria), interpretando músicas do repertório de seus CDs “Ao vivo” (2006), “Lá e cá” (2010) e “Belezas” (2012). O show contou com a participação especial de Serginho Trombone.

Mais visitados
da semana

1 Hermeto Pascoal
2 Caetano Veloso
3 Dorival Caymmi
4 Noel Rosa
5 Luiz Gonzaga
6 Tom Jobim
7 Festivais de Música Popular
8 Candeia
9 João Gilberto
10 Música Brega