Busca:

Carmen Miranda

Maria do Carmo Miranda da Cunha
9/2/1909 Marco de Canavezes, Portugal
5/8/1955 Beverly Hills, Los Angeles, EUA

Clips

  • Degraus da vida: - Brasil / Rio de Janeiro - Agra Filme. Direção, Lourival Agra. Produção, Agra Filme. Obs no catálogo da retrospectiva promovida pela Cinemateca do Museu de Arte Moderna / Clube de Cinema do Rio de Janeiro / Secretaria de Turismo do Governo da Guanabara (1969, 2ª edição 1971) consta a informação de que esse filme (embora Carmen Miranda tenha assinado contrato) não chegou a ser rodado. (1930)
  • Carnaval cantado de 1932 no Rio: - Brasil / Rio de Janeiro - V. R. Castro Produtora - Documentário de média-metragem - ... minutos - Preto e branco. (1932)
  • A voz do carnaval: - Brasil / Rio de Janeiro - Cinédia - - Preto e branco. Direção, - Adhemar Gonzaga e Humberto Mauro. Produtor, - Adhemar Gonzaga. Argumento, - Joracy Camargo. Fotografia, Edgar Brasil, Afrodísio P. Castro, Vítor Ciacchi e Ramon Garcia. Músicas, trechos dos sambas e ou canções "Linda morena, Aí, hein?!" e "Moleque indigesto", de Lamartine Babo; "Boa bola", de Lamartine Babo e P. Valença; "Fita amarela", de Noel Rosa; "Mas como...," de Noel Rosa e Francisco Alves; "Formosa", de J. Rui e Nássara; "É batucada", de J. Luís de Moraes; "Macaco, olha o teu rabo", de Benedito Lacerda e G. Viana; "Trem blindado" e "Moreninha da praia", de Carlos Braga; "Vai haver barulho no chatô", de W. Silva e Noel Rosa; "Good-bye", de Assis Valente; "Allo", Jones, de Jurandir Santos; e "Opa, opa!", de Maércio e Mazinho. Intérpretes, Carmen Miranda, Gina Cavaliere, Lu Marival, Regina Maura, Elsa Moreno, Naná Figueiredo, Pablo Palitos, Paulo de Oliveira Gonçalves, Lamartine Babo, Paulo Gonçalves, Apolo Corrêa, Henrique Chaves, Alice Garcia, Mário Toledo Filho, Sara Nobre, Sônia Veiga, Edmundo Maia, Lilian Paes Leme, Paulina Mobarak, Jararaca e Ratinho, e outros; Carmen Miranda canta ao microfone "Moleque indigesto" e "Good-Bye". Estreou no Cine Odeon em 6 de março de 1933. Sinopse, trata-se de um semidocumentário, pois, contando a história do Rei Momo que foge do trono para assistir ao carnaval do Rio, utiliza cenas reais, gravadas ao vivo, e cenas de estúdio. É o primeiro filme sonoro da Cinédia. Foi exibido, em 1936, em Paris; há informações de que obteve grande êxito. (1933)
  • Alô, alô, Brasil!: - Brasil / Rio de Janeiro - Waldow-Cinédia / Metro Goldwyn Mayer - ... minutos - Preto e branco. Direção, Wallace Downey, João de Barro e Alberto Ribeiro. Produtores, Wallace Downey e Adhemar Gonzaga. Argumento, João de Barro e Alberto Ribeiro. Fotografia, Antônio Medeiros, Luís de Barros, Afrodísio P. Castro, Edgar Brasil, Ramon Garcia e Fausto Muniz. Som, Charles Whalley. Intérpretes, Carmen Miranda, Aurora Miranda, Dircinha Batista, Cordélia Ferreira, Elisa Coelho, César Ladeira, Francisco Alves, Barbosa Junior, Mário Reis, Jorge Murad, Custódio Mesquita, Almirante, Mesquitinha, Ary Barroso, Manoelino Teixeira, Arnaldo Pescuma, Manoel Monteiro, Afonso Stuart, Bando da Lua, Os Quatro Diabos, Orquestra Simon Bountman. Quadros musicais e "sketches", - "Cidade maravilhosa", de André Filho, "Ladrãozinho", de Custódio Mesquita, com Aurora Miranda; "Foi ela", de Ary Barroso, com Francisco Alves; "Rasguei minha fantasia", de Lamartine Babo, com Mário Reis; "Menina internacional", de João de Barro e Alberto Ribeiro, com Dircinha Batista, Arnaldo Pescuma e o conjunto Os Quatro Diabos; "Primavera no Rio", de João de Barro, com Carmem Miranda, acompanhada ao piano por Muraro; "Deixa a lua sossegada", de João de Barro e Alberto Ribeiro, com Almirante e o Bando da Lua; "Garota colossal (trecho)", de Nássara e Ary Barroso, com o próprio Ary Barroso; "Fiquei sabendo", de Custódio Mesquita, com Elisa Coelho de Almeida; e "Salada portuguesa", de Paulo Barbosa e Vicente Paiva, com Manoel Monteiro. Nos programas constava ainda a música "Muita gente tem falado de você", de Mário Paulo e Arnaldo Pescuma; e Carmem Miranda cantou "Primavera no Rio", último número do filme, privilégio concedido comumente ao maior nome do elenco. Estreou no Cine Alhambra em 4 de fevereiro de 1935. Sinopse, uma espécie de revista musical, cujas histórias, músicas e anedotas estão interligadas pelas aventuras de um radiomaníaco que está em busca de seu grande amor. Segundo alguns críticos da época, o filme é tão bem-feito, que até parece filme argentino! Por isso mesmo pode ser considerado, nessa opinião, o primeiro produto industrial do cinema brasileiro. E com enorme sucesso de bilheteria. (1935)
  • Estudantes: - Brasil / Rio de Janeiro - Waldow-Cinédia / DFB - ... minutos - Preto e branco. Direção, - Wallace Downey. Produtores, - Wallace Downey e Adhemar Gonzaga. Argumento, - João de Barro e Alberto Ribeiro. Fotografia, Antonio Medeiros e Edgar Brasil. Som, Moacyr Fenelon. Músicas. - João de Barro, Alberto Ribeiro, Assis Valente, Custódio Mesquita e Almirante. Orquestra de Simão Boutman e Conjunto Regional de Benedito Lacerda. Foram cantados os seguintes números, "Sonho de papel" (marcha), de Alberto Ribeiro; "E bateu-se a chapa", de Assis Valente, por Carrnem Miranda; "Linda Mimi" (marcha), de João de Barro, por Mário Reis; "Linda Ninon" (samba), de João de Barro e Cantídio Melo; "Onde está o seu carneirinho", de Custódio Mesquita, por Aurora Miranda; "Ele ou eu" (fox-canção), de Alberto Ribeiro, por Silvinha Melo acompanhada dos Irmãos Tapajós; "Lalá" (marcha), de Alberto Ribeiro e João de Barro, pelo Bando da Lua; "Assim como o Rio" (toada), de Almirante, com o próprio. Intérpretes, Carmen Miranda, Aurora Miranda, Silvinha Melo, Carmen Silva, Dulce Wheyting, Mesquitinha, César Ladeira, Barbosa Júnior, Almirante, Jorge Murad, Mário Reis, Afonso Osório, Elio Pereira, Bando da Lua, Irmãos Tapajós, Benedito Lacerda e seu Conjunto Regional e Orquestra de Simon Bountman. Sinopse, Carmen, em seu papel, o único, aliás, de seus filmes brasileiros, "é a pequena do rádio, toda "sex-appeal", que se deixa enamorar pelos estudantes apaixonados por seus encantos e pelas canções que a "pequena formidável" interpreta com toda a sua brejeirice. Mesquitinha e Barbosa Júnior são os seus apaixonados. E Carmen, que gosta do estudante Mário Reis, não quer desiludir os dois, proporcionando-lhes momentos de alegria e... comédia. As declarações de ambos são gozadíssimas! Já vimos o filme e podemos dizer que o cinema brasileiro nunca apresentou outro tão engraçado... A nova produção de Wallace Downey está destinada a bater outro "record". ("Cinearte", 15-6-1935) Estreou no Cine Alhambra em 8 de julho de 1935. (1935)
  • Alô, alô, carnaval!: - Brasil / Rio de Janeiro - Waldow-Cinédia / DFB - ... minutos - Preto e branco. Direção, - Adhemar Gonzaga. Produtores, - Wallace Downey e Adhemar Gonzaga. Argumento, - João de Barro e Alberto Ribeiro. Fotografia, Antônio Medeiros e Edgar Brasil. Som, Moacir Fenelon. Intérpretes, - Carmen Miranda, Aurora Miranda, Heloísa Helena, Alzirinha Camargo, Dulce Wheyting, Dircinha Batista, Lelita Rosa, Francisco Alves, Mário Reis, Jayme, Luiz Barbosa, Pinto Filho, Oscarito, Almirante, Muraro, Hervé Cordovil, Pery Ribas, Joel e Gaúcho, Irmãs Pagãs, Bando da Lua, Os Quatro Diabos", Orquestra de Simon Bountman, Benedito Lacerda e seu Conjunto Regional. Carmen Miranda canta "Querido Adão" e "Cantores de rádio" (com Aurora). Estreou no Cine Alhambra em 20 de janeiro de 1936. Sinopse, dois autores procuram um empresário para oferecer-lhe uma revista musical, "Banana da terra". O empresário recusa a oferta porque está esperando uma "atração francesa". Essa atração falha, e o empresário é obrigado a reconsiderar sua decisão anterior, promovendo "Banana da terra", um musical salpicado de piadas sobre fatos e personagens do ano. (1936)
  • Banana da terra: - Brasil / Rio de Janeiro - Sonofilmes / Metro Goldwyn Mayer - ... minutos - Preto e branco. Direção, - João de Barro. Supervisão e produção, - Wallace Downey. Argumento, - João de Barro e Mário Lago. Fotografia, Edgar Brasil. Som, Wallace Downey. Intérpretes, - Carmen Miranda, Aurora Miranda, Dircinha Batista, Linda Batista, Emilinha Borba, Neyde Martins, Almirante, Oscarito, Orlando Silva, Aloysio de Oliveira, Jorge Murad, Carlos Galhardo, Lauro Borges, Castro Barbosa, Mário Silva, Paulo Netto, Alvarenga e Bentinho, Bando da Lua, Orquestra Napoleão Tavares, Orquestra Romeu Silva e artistas do Cassino da Urca. Carmen canta "Pirolito" (com Almirante) e "O que é que a baiana tem". Estreou no Cine Metro-Passeio em 10 de fevereiro de 1939. (1939)
  • Laranja da China: - Brasil / Rio de Janeiro - Sonofilmes - ... minutos - Preto e branco. Direção, argumento e roteiro, - Ruy Costa, Produção, - Wallace Downey e Alberto Byinton Jr. Música, Ary Barroso, Benedito Lacerda, Dorival Caymmi, João de Barro, e outros. Intérpretes, César Ladeira, Benedito Lacerda, Dircinha Batista, Pedro Vargas, Arnaldo Amaral, Francisco Alves, Barbosa Júnior, e outros. Estreou no Cine São Luís, em janeiro de 1940. Observação, a participação de Carmen Miranda nesse filme é a inclusão da cena do filme "Banana da terra" em que ela canta "O que é que a baiana tem?", de Dorival Caymmi. Essa presença foi uma homengem da Direção, e produção do filme a Carmen Miranda. (1940)
  • Banana is my business: - International Cinema Corporation e Juca Filmes / RioFilme - Rio de Janeiro - 91 minutos - Em cores. Direção e narração, Helena Solberg. Produção, David Meyer e Helena Solberg. Produtores associados, Juca Filmes Ltda., Paulo José Cardoso dos Santos e Carlos Salgado. Fotografia, Tomasz Magieski. Montagem, David Meyer e Amada Zinoman. Intérpretes, Letícia Monte (como Carmen Miranda dolescente), Erik Barreto (como Carmen em Hollywood), Cynthia Adler (como Luella Hopper). Sinopse, documentário ficcional sobre Carmen Miranda. Mostra sua carreira profissional, desde os tempos do Brasil ao sucesso nos Estados Unidos, e termina mostrando uma estrela infeliz, vítima talvez de seu próprio sucesso. (1994)
  • Serenata tropical Down argentine way": - EUA - 20th Century Fox - ... minutos – Colorido. Diretor, Irving Cummings. Produtor, Darryl F. Zanuck. Roteiro, Darrell Ware e Karl Tunberg. Argumento, Rian Jones e Ralph Spence. Fotrografia, Leon Shmaboy e Ray Rennhan. Intérpretes, Betty Grable, Charlotte Greenwood, Katherine Aldridge, Catharine Dowling, Don Ameche, J. Carrol Naish, Henry Stephenson, Leonid Kinskey, Fortunio Bonanova, Robert Conway, Chris-Pin Martin, Gregory Gaye, Bobby Stone, Edward Fielding, Edward Conrad, Armand Kaliz, Frank Puglia, Thomas Dowling, Nicholas Brothers, Bando da Lua, Six Hits and a Miss, e outros. Canções de Carmen Miranda, "South american way", "Mamãe eu quero", "Bambu bambu", "Touradas em Madrid". (1940)
  • Uma noite no Rio That nigth in Rio: - EUA - 20th Century Fox - ... minutos – Colorido. Diretor - Irving Cummings. Produtor, Fred Kohlmar. Roteiro, George Seaton, Bess Meredith, Hal Long e Jessie Ernst, baseado na peça homônima de Rudolph Lothar e Hans Adler. Fotografia, Leon Shamroy e Ray Rennahan. Intérpretes, Don Ameche, Alice Faye, Maria Montes, Lillian Porter, J. Carrol Naish, S. Z. Sakall, Leonid Kinskey, Fortunio Bonanova, Curt Bois, Frank Puglia, Edward Conrad, George Renavent, Bando da Lua, Flores Brothers e outros. Canções de Carmen Miranda, "Chica Chica Boom Chic", "Cai Cai", "I, Yi, Yi, Yi, Yi, I Like You Very Much". (1941)
  • Aconteceu em Havana Week-end in Havana: - Fox - Colorido. Diretor, Walter Lang. Produtor, William Le Baron. Intérpretes, Alice Faye, John Payne, Cesar Romero, Bando da Lua e outros. Canções de Carmen Miranda, "A week end in Havana", "When I love I love", "Rebola, bola", "The Nango". (1941)
  • Minha secretária brasileira Springtimes in the rockies: - Fox - Colorido. Diretor, Irving Cummings. Produtor, William Le Baron. Intérpretes, Betty Grable, John Payne, Cesar Romero, Charlotte Greenwood, Edward Everett Norton, Trudy Marshall, Jackie Gleason, Harry James e Orquestra, Bando da Lua e outros. Canções de Carmen Miranda, Chattanooga choo choo", "O tique-taque do meu coração". (1942)
  • Entre a loura e a morena The gang's all here: - Fox - Colorido. Diretor, Busby Berkeley. Produtor, William Le Baron. Intérpretes, Alice Faye, Phil Baker, Charlotte Greenwood, Sheila Ryan, Edward Everett Norton, Benny Goodman e Orquestra, Bando da Lua e outros. Canções de Carmen Miranda, "Aquarela do Brasil", "The lady paducah in the tutti frutti hat", You know you're in New York", "A journey to a star" (com todo o elenco). (1943)
  • Quatro moças num jeep Four jills in a jeep": - Fox - Preto e branco. Diretor, William A. Seiter. Produtor, Irving Starr. Intérpretes, Kay Francis, Marta Raye, Dick Haymes, Betty Grable, Carole Landis, Jimmy Dorsey e Orquestra e outros. Canção de Carmen, " I, Yi, Yi, Yi, Yi - I like you very much". (1944)
  • Serenata boêmia Greenwich Village: - Fox - Colorido. Diretor, Walter Lang. Produtor, William Le Baron. Intérpretes, Don Ameche, Vivian Blaine, William Bendix, Emil Rameau e outros. Canções de Carmen, "O que é que a baiana tem", "Give me a band and a Bandana", "Quando eu penso na Bahia", "I'm just wild about Harry", "I like to be love by you". (1944)
  • Alegria, rapazes! Something for the boys: - Fox - Colorido. Diretor, Lewis Seiler. Produtor, Irving Starr. Intérpretes, Vivian Blaine, Michael O'Shea, Cora Williams, Judy Hollyday, Perry Como, Bando da Lua e outros. Canções de Carmen, "Batuca nêgo", "Samba boogie", "Wouldn't it be nice?" (trecho). (1944)
  • Sonhos de estrela Doll face: - Fox - Preto e branco. Diretor, Lewis Seiler. Produtor, Bryan Foy. Intérpretes, Vivian Blaine, Martha Stewart, Perry Como, Dennis O'Keefe, Michael Dunne e outros. Canção de Carmen, "Chico-chico (from Porto Rico)". (1945)
  • Se eu fosse feliz - If i'm lucky: - Fox - Colorido. Diretor, Lewis Seiler. Produtor, Bryan Foy; Intérpretes, Vivian Blaine, Perry Como, Harry James e Orquestra e outros. Canções de Carmen, "Batucada", "Follow the band", "Bet your botton dollar". (1946)
  • Copacabana: - Copacabana United Artists. Preto e branco. Diretor, Alfred E. Green. Produtor, Sam Coslow. Intérpretes, Groucho Marx, Andy Russel, Gloria Jean, Steve Cochran, Merle McHugh e outros. Canções de Carmen, "Tico-tico no fubá", "How to make a hit with Fifi (Mme. Fifi)", "Let's go to Copacabana", "Je vous aime", "I haven't a thing to sell". (1947)
  • O príncipe encantado: - A date with judy - Metro - Colorido. Diretor, Richard Thorpe. Produtor, Joe Pasternack. Intérpretes, Jane Powell, Elizabeth Taylor, Selena Royle, Wallace Beery, Robert Stack, Xavier Cugat e Orquestra e outros. Canções de Carmen, "Cuanto le gusta", "Cooking with glass", "It's a most unusual day" (trecho). (1948)
  • Romance carioca: - Nancy goes to Rio - Metro - Colorido. Diretor, Robert Z. Leonard. Produtor, Joe Pasternack; Intérpretes, Jane Powell, Ann Sothern, Barry Sullivan, Louis Calhern, Nella Walker, Bando da Lua e outros. Canções de Carmen, "Ipse-Ai-O", "Baião". (1950)
  • Morrendo de medo Scared stiff: - Paramount - Preto e branco). Diretor, George Marshall. Produtor, Hal Wallis. Intérpretes, Lizabeth Scott, Dean Martin, Jerry Lewis, Dorothy Malone e outros. Canções de Carmen, "The bongo bingo", "The enchilada Man". (1953)
  • "Carmen Miranda": de Adhemar Gonzaga, documentário produzido pelo INC. (1969)
  • "Carmen Miranda - banana is my business": filme documentário sobre a vida de Carmen, da cineasta Helena Silberg. (1994)

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Nagô
3 Aldir Blanc
4 Tiee
5 Evaldo Gouveia
6 Mayck e Lyan
7 Hermeto Pascoal
8 Trio Parada Dura
9 Noel Rosa
10 Teresa Cristina