Busca:

Carlos Savalla

Carlos Henrique de Abreu Savalla
6/2/1958 São Paulo, SP

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira profissional nos anos 1970, atuando, em 1976 e 1977, como operador e programador, na Rádio Cacique de Santos e, como operador, na Rádio Difusora de São Paulo. Entre 1975 e 1979, trabalhou como técnico de estúdio em São Paulo. Em 1980, mudou-se para o Rio de Janeiro, para montar o estúdio Tok. Entre 1979 e 1988, atuou como técnico de som em gravação de discos de vários artistas, como Djavan, Erasmo Carlos, Legião Urbana e Paralamas, entre outros. Entre 1982 e 1985, trabalhou como assistente de produção em discos de Erasmo Carlos. De 1985 a 1997, assinou a produção musical de discos de vários artistas como Os Paralamas do Sucesso (“Bora Bora”, contemplado com Disco de Ouro e Disco de Platina, “Big Bang”, contemplado com Disco de Ouro e Disco de Platina, “Os grãos”, “Vamo bate lata”, contemplado com Disco de Ouro, Disco de Platina, Disco de Platina Duplo e Disco de Platina Triplo, e “Nove luas”, contemplado com Disco de Ouro e Disco de Platina Duplo), Herbert Vianna (“Ê Batumaré” e “Santorini Blues”), Pato Fu (“Gol de quem?”), Jamil e Uma Noites (“Tanta coisa mudou”), Desordem Publico (“Canto Popular”, contemplado com Disco de Ouro) e Professor Antena (“Professor Antena”). Em 1997, realizou a seleção de repertório para as séries “O melhor de” (BMG), totalizando 25 títulos, “Meus momentos vol. 2” (EMI), totalizando 50 títulos, e “Meus momentos internacional” (EMI), totalizando 40 títulos. Em 1998, realizou a seleção de repertório para as séries “Preferência Nacional” (EMI/Copacabana), totalizando 50 títulos, “20 sucessos de” (EMI/Copacabana), totalizando 30 títulos, “Décadas - Nacional e Internacional de 40 a 90”, “Sucessos inesquecíveis” (EMI/Copacabana), totalizando 15 títulos, “Sucessos inesquecíveis” (EMI/Copacabana), totalizando 15 títulos, “Raízes sertanejas” (EMI/Copacabana), totalizando 30 títulos, e “Décadas - Nacional de 50 a 80” (BMG). Em 2001, realizou a seleção de repertório para a série “Bis” (EMI/Copacabana), totalizando 150 títulos, e a seleção de repertório para o projeto “100 anos de RCA” (EMI/Copacabana). É proprietário, desde 1998, do selo Savalla Records, através do qual produziu os discos infantis “Estrelinhas” (1998), “Arco-íris” (1999) e “Beija-flor” (2002), além dos instrumentais “Em movimento” (2001) e “Caminho das bandeiras” (2002), ambos de Luiz Avellar.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Eumir Deodato
3 Chico Buarque
4 Noel Rosa
5 Assis Valente
6 Dorival Caymmi
7 Tom Jobim
8 Lupicínio Rodrigues
9 Romildo
10 Caetano Veloso