Busca:

Carlos Ramiro "Gogó de Ouro do Brasil"

Carlos Ramiro Andrade de Araújo
1/9/1938 Engenho Bonfim, PE

Dados Artísticos

Iniciou a carreira de radialista em1955, quando montou um programa e o ofereceu à Rádio Metropolitana que o aceitou. O programa se chamava "O Disco, o Prato e o Cantor" e procurava dar vez a novos valores. Passou depois a apresentar esse programa nas rádios Mauá e depois Mayrink Veiga. Ainda na Rádio Mayrink Veiga, atuou como repórter trabalhando com Saulo Gomes. Pouco depois, na mesma Rádio passou a apresentar com Altivo Diniz o programa "Crepúsculo Sertanejo". Em 1964, resolveu afastar-se do Rádio temendo sanções por ser militar da ativa e de carreira. Em 1965, montou a caravana artística "Ritmos do Brasil", que realizava shows beneficentes e da qual faziam parte Carlos Gonzaga, José Ricardo, Celminha, Trio esperança, Golden Boys, Sérgio Murilo, Adilson Ramos e Roberto Carlos. No mesmo ano, ingressou na Rádio Nacional apresentando o programa "O Disco, O Prato e o Cantor". Em 1968, afastou-se da Rádio Nacional devido a problemas com a censura. Nesse mesmo ano, morando na cidade fluminense de Nilópolis, reencontrou seu antigo companheiro de Rádio Mauá, Euclides Duarte, e resolveu voltar ao Rádio. A partir de 1969, passou a dedicar-se ao rádio esportivo atuando em princípio na Rádio Rio de Janeiro por sugestão do ex-diretor da Rádio Mauá Maurício Sales. Passou a apresentar o programa "Brasil a 2000 Por Hora", que durou seis anos e no qual eram realizadas reportagens sobre esportes amadores nas quadras e campos de futebol. Em 1976, foi convidado pelo locutor César Rizo e passou a integrara equipe de esportes da Rádio América. Nesse ano foi o primeiro a transmitir ao vivo a Copa Latina de Remo.
Ao longo de seu trabalho de radialista fez campanhas publicitárias para o Detran, criando lemas como "Motorista: quando vir uma bola pare, pois atrás de uma bola vem sempre uma criança". Criou também slogans unindo esporte e educação tais como: "Criança na escola, criança fora do tóxico", "Com a bola no pé, o livro na mão e o Brasil no coração iremos fazer uma sadia e nova nação". Foi responsável pelo lançamento de inúmeros radialistas no rádio esportivo do Rio de Janeiro. Em 2005, passou a apresentar na Rádio Carioca o programa semanal "Desperta Rio...Bom Dia Brasil". Em 2008, além de continuar com seu programa na Rádio Carioca passou a apresentar-se como âncora no programa "Revista semanal Civilis" na Rádio Livre 1440. Em 2009, trabalhou na Rádio Fluminense - AM. A partir de 2010, passou a apresentar na Rádio Popular AM o programa "Alô Rio!... Boa Tarde Brasil". Em 2011, comemorou os seus 60 anos de Rádio.

Mais visitados
da semana

1 José Camillo
2 Caetano Veloso
3 Moreno Veloso
4 Rodrigo Vellozo
5 Mayck e Lyan
6 Sivuca
7 Clara Nunes
8 Tiee
9 Jorge Portugal
10 Noel Rosa