Busca:

Carlos Ramiro "Gogó de Ouro do Brasil"

Carlos Ramiro Andrade de Araújo
1/9/1938 Engenho Bonfim, PE

Biografia

Radialista. Nasceu no sertão pernambucano onde teve que conviver desde pequeno com os problemas decorrentes da seca. Na época da Segunda Guerra Mundial seu pai migrou para São Paulo a fim de trabalhar. Ele teve que ir morar com os avós no Engenho Peruri, de propriedade de seu avô. Em 1947, seu pai mudou-se para o Rio de Janeiro, onde trabalhou como pedreiro nas obras de construção do estádio do Maracanã. Em 1949, foi morar com o pai na cidade fluminense de Petrópolis, indo residir na favela Os Duques. De infância pobre começou a trabalhar ainda criança como vendedor de flores no Cristo da Serra. Estudou no Colégio D. Pedro. Trabalhou como comerciário na Casa Clara. Sempre gostou de cantar e por intermédio do dono da Casa Clara, que era o principal patrocinador do programa "Clube da criança" levado ao ar pela Petrópolis Rádio Difusora, começou a se apresentar em programas infantis de calouros. Por volta de 1953, passou a morar no Rio de Janeiro na casa de um general do Exército brasileiro, que simpatizou com seu jeito decidido de recusar uma gorjeta que ele queria lhe dar por ter colocado água no radiador enfumaçado do carro com o qual subira a serra de Petrópolis. Recusou a gorjeta dizendo que seu trabalho era vender flores. Morou com o general por cerca de três anos antes de voltar à Petrópolis e fugir de casa com 16 anos, quando ingressou na Força Aérea Brasileira, na qual serviu até ir para reserva como Oficial-Superior em 1985. Na caserna tornou-se boxeador, sendo levado depois para o Grêmio Cássio Muniz pelo qual conquistouos títulos de novos e novíssimos dirigido pelo Professor Frederico Buzoni. Em 1956, transferiu-se para o Clube de Regatas do Flamengo pelo qual conquistou os títulos de veterano, vice das luvas de prata e o de campeão brasileiro, em Campos do Jordão, dirigido pelo Professor Geraldo Gomes. Em 1957, sagrou-se vice-campeão sul americano das Forças Armadas representando a FAB, lutando no Ginásio do Luna Park em Buenos Aires sob a direção do Professor José Santa Rosa. Chegou a derrubar duas vezes o lutador da marinha argentina, mas mesmo assim não foi declarado vencedor. Ficou conhecido como "O homem da bengala" por se apresentar vestido como o personagem Bat Masterson de um famoso seriado de televisão na década de 1960. Em 1986, recebeu o título de cidadão do Estado do Rio de Janeiro por seu trabalho com as crianças.

Mais visitados
da semana

1 José Camillo
2 Caetano Veloso
3 Moreno Veloso
4 Rodrigo Vellozo
5 Mayck e Lyan
6 Sivuca
7 Clara Nunes
8 Tiee
9 Jorge Portugal
10 Noel Rosa