Busca:

Carlinhos Sete Cordas

Carlos Eduardo Moraes dos Santos
Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Começou sua carreira artística tocando com o compositor Nei Lopes.
Integrou a Banda de Marquinhos Satã.
Em 1992 ingressou na banda da cantora Beth Carvalho e a acompanhou em shows no Brasil e no exterior, apresentando-se em países como Estados Unidos, Suíça, França, Uruguai e Angola.
Atuou em shows e gravações de vários nomes da MPB, como Beth Carvalho, Alcione, Ivan Lins, Eliana, Chico Buarque, Liza Ono, Lobão, Maria Bethânia, entre outros.
Integrou o grupo Toque de Prima, com o qual lançou seis discos.
Em 2006 gravou pela Zambo Discos o CD "O violão e o samba", ao lado de Dorina e Cláudio Jorge, no qual incluíram-se as faixas: "Samba do Irajá" (Nei Lopes), "Violão Vadio" (Baden Powell e Paulo César Pinheiro), "Zuela de Oxum" (Martinho da Vila e Moacyr Luz), "Notável amiga" (Luiz Carlos da Vila), "Seja sambista também" (Arlindo Cruz e Sombrinha), "Meu violão, meu violeiro" (Claudio Jorge e Ivan Wrigg), "Tudo se transformou" (Paulinho da Viola), "De qualquer maneira" (Candeia), "Cordas de aço" (Cartola), "Violão amigo" (Bide e Marçal), "Meu violão" (Sidney Miller), "Amanhã ninguém sabe" (Chico Buarque).
A partir de 2010 comandou a roda de samba e choro no restaurante Sobrenatural, em Santa Teresa (RJ), ao lado de Alessandro (Bebê) Kramer (acordeon), Gabriel Grossi (gaita), Dirceu Leite (sopros), Marcio Hulk (cavaco) e Cassius Theperson (bateria).

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 João Gilberto
3 Geraldo Pereira
4 Tom Jobim
5 Caetano Veloso
6 Pixinguinha
7 Música Sertaneja
8 Noel Rosa
9 Jackson do Pandeiro
10 Chitãozinho e Xororó