Busca:

Carim Mussi

Carim Mussi de Souza
25/5/1928 Carangola, MG

Dados Artísticos

Iniciou a carreira artística em 1955, quando teve a marcha "O gato da madame", com Armando Nunes, gravada com sucesso pela cantora Zilá Fonseca. Gravou seu primeiro LP, de forma independente, em 1966, "Esquina da saudade - VOL. 1 - Carim Mussi e Ayr Moreira", que contou os arranjos de Armando Nunes, e a participação dos músicos Armando Nunes e A. Freitas Alves, nos violões, Miro, no cavaquinho, Milton Salles e Jadyr de Castro, no ritmo, Niquinho, no bandolim, Altamiro Carrilho, na flauta e Paulo Moreira da Silva, no acordeom, no qual foram gravadas as músicas "Carnaval da Minha Vida", de Benedito Lacerda e Aldo Cabral, "Silêncio", de Alcebíades Barcelos e Armando Marçal, "    Madrigais", com Armando Nunes, "    Despedida de Boêmio" e "Coração de Boêmio", de Sebastião Nunes e Armando Nunes, "    Indiferença", de Fernando Delphin e Hilton Oliveira, "Cortina de Veludo", de Paulo Barbosa e Osvaldo Santiago, "Ninho Vazio", de Arlindo Marques Júnior e Torres Homem, "Palmeira Nova", de Álvaro Xavier e Herchel Ramalho, "Capricho Pequenino", com Ayr Moreira, "Sonhos Azuis", de Alberto Ribeiro e João de Barro, e "Prelúdio de Sonatas", de César Cruz. Em 1968, lançou pelo selo Caravelle o LP "No tempo da seresta" com as faixas "No Tempo da Seresta", com Armando Nunes, "Noite Cheia de Estrelas", de Cândido das Neves, "Lágrimas de Amor", de Raul Silva, "Serenata", de Sílvio Caldas e Orestes Barbosa, "    Sertaneja", de René Bittencourt, "Lágrimas de Rosa", de Kid Pepe e Dante Santoro, "Malandrinha", de Freire Júnior, "Ave-Maria", de Erothides de Campos, "Arrependimento", de Olegário Mariano e Gastão Lamounier, "Elza", de A. F. da Conceição e H. X. Pinheiro, "Mimi", de Uriel Lourival, e "Marca da Saudade", com A. P. Menezes. Este disco contou com acompanhamento de Regional e Órgão. No mesmo ano, lançou "No tempo da seresta Nº 2", com arranjos e participação de Armando Nunes ao violão, interpretando as músicas "Dileta" e "Lágrimas", de Cândido das Neves, "A Presença do Passado", de Armando Nunes e Paulino Fernandes, "Talento e Formosura", de Catulo da Paixão Cearense e Edmundo Octávio Ferreira, "Bons Tempos de Seresta", com Armando Nunes, "A Mulher Que Ficou Na Taça", de Orestes Barbosa e Francisco Alves, "Misterioso Amor", de Saint-Clair Sena, "Neusa", de Antônio Caldas e Celso de Figueiredo, "    A Eterna Serenata", com Niquinho, "Santa", de Freire Júnior, e "Nova Aurora", com Irmãos Orlando. Em 1969, foi co-idealizador do I Festival Brasileiro de Serestas, realizado no Clube Municipal, no Rio de Janeiro. Em seguida, lançou uma série de Lps intitulada "Nostalgia". Em 1976, pelo selo Olympic/Crazy, gravou o LP "Nostalgia - VOL. IV", no qual, com os arranjos de  Armando Nunes, e participação dos músicos Álvaro Carrilho, na Flauta, Niquinho, no Bandolim, Miro, no Cavaquinho, Armando Nunes e Maurício Carrilho, nos Violoes, e Jadyr de Castro e Luis, no ritmo, interpretou as músicas "Roda de Amigos", com J. Alves, "Íntima Lágrima" e "Abismo de Amor", de Cândido das Neves, "Bodas de Prata", de Roberto Martins e Mário Rossi, "Eu Não Devia Ter Voltado", com Gerson R. Cavalcanti, "Céu Moreno", de Uriel Lourival, "Ex-filial", com Armando Nunes, "A Última Rodada", de Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito, "Bons Tempos", de Roberto Rey, "    Dolorosa Saudade", de Jararaca e Severino Rangel, o Ratinho, "Volta", de Mário Lopes de Castro, e "Modinha", de Sérgio Bittencourt. Em 1982, lançou o LP "Lembranças - VOL. 6", com as composições "Nosso Cantinho" e "Palhaço", com José Lucas, "Folhas Caídas", de Brotinho e Itamar Mattos, "Foi Você", de Brotinho e William Gomes, "Eu e a Seresta", de José Lucas e Pinduca, "Amigos Se Contam nos Dedos", com William Gomes, "O Brasil É Feito Por Nós", com Itamar Mattos, "A Lembrança da Seresta", de Brotinho e Tito A. Fialho, "Dama da Noite", de Brotinho e William Gomes, "Nem o Próprio Fel", com Pinduca, "Esperança Vem", de José Lucas e Pinduca, e "No Giro do Mundo", de William Gomes e Pinduca. Em  1983, gravou o LP "Carim Mussi - VOL. 7”, com as faixas "O Céu É Nosso Lar", com Ayr Moreira, "Minha Canção", com Tito A. Gomes, "Teu Rosário" e "Monólogo", com Itamar Mattos, "Loucos", com Pinduca, "Destino Iguais", com William Gomes, "    Eu e a Natureza", com Armando Nunes, e "Sina de Um Trovador", de sua autoria, além de "Passarela do Amor", de William Gomes e Pinduca, "Nosso Sonho" e "Dor da Saudade", de Brotinho e William Gomes, e "Meditação", de Itamar Mattos e Pinduca.

Mais visitados
da semana

1 Flávia Muniz
2 Hermeto Pascoal
3 Noel Rosa
4 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
5 Caetano Veloso
6 Festivais de Música Popular
7 Jota Raposo
8 Gonzaguinha
9 Tom Jobim
10 Chitãozinho e Xororó