Busca:

Cacai Nunes

Carlos Eduardo Nunes Pinheiro
Circa de 1970 Pernambuco

Dados Artísticos

Costuma apresentar-se em shows solo, ou, também,
companhado de trio ou de quarteto. Em 2006, lançou no Teatro dos Bancários, em Brasília, o CD "Avesso", seu primeiro disco, no qual interpretou obras de sua autoria, como: "Baião poético inicial"; "Depois da sanfona"; "Um Brasil de viola"; "O avesso"; "Invergada" e "Suíte altos e baixo", além de composições clássicas, como "Magoado", de Dilermando Reis; "Corta jaca", de Chiquinha Gonzaga; "Vou vivendo", de Pixinguinha, e "Saravá seu Oxóssi", de domínio público. No show de lançamento, que contou com a participação especial de Roberto Corrêa, o violeiro foi acompanhado por Moisés Santos no trombone, Wavá El Afiouni no baixo, Leander Motta na bateria, e George Lacerda na percussão. Em 2007, participou, juntamente com os violeiros Paulo Freire, Roberto Corrêa , e os mestres Seu Manoel de Oliveira e Toninho da Viola, do show "Viola Instrumental: Ponteados Ancestrais e Contemporâneos", realizado no espaço Caixa Cultural,  em Brasília. Nesse espetáculo, tocou sozinho as composições de sua autoria "Depois da sanfona" e "Forrozal"; com a violeira Andréia Carneiro, interpretou o clássico baião "Qui nem jiló", de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira e, com todos os integrantes do grupo, a toada "Luar do sertão", de Catulo da Paixão Cearense, e "Arara comeu pequi", de domínio público. Em 2008, representou a música instrumental de Brasília na Semana da Música Brasileira, promovida pela Embaixada do Brasil em Washington-DC/EUA. Em outubro do mesmo ano, esteve no XIX Festival Internacional de Música de Pulso y Púa, em La Coruña/Espanha e, no II Festival Ibero Americano de Violões, também em Washington-DC/EUA. Em 2009, realizou uma série de shows. Com os músicos Pablo Fagundes, Vavá Afiouni e George Lacerda, fez temporada no Restaurante Fulô do Sertão, na Asa Norte, em Brasília/DF;  com o Cacai Nunes Quarteto, apresentou-se no XIX Festival de Inverno de Garanhuns, PE. Fez show solo de abertura do espetáculo do pianista Arthur Moreira Lima nas cidades de Taguatinga-DF, e Valparaíso/GO. Ainda com seu quarteto, apresentou-se no Projeto Dorival para sempre Caymmi, no Clube do Choro de Brasília. Ao longo da carreira, compôs diversas trilhas sonoras para o Ministério de Desenvolvimento Agrário e Ministério do Desenvolvimento Social. 

Mais visitados
da semana

1 Carlinhos Brown
2 Noel Rosa
3 Marcos Leite
4 Luiz Gonzaga
5 Tom Jobim
6 Caetano Veloso
7 Chico Buarque
8 Barbeirinho do Jacarezinho
9 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
10 Tim Bernardes