Busca:

Bonsucesso Samba Clube



Dados Artísticos

Banda da geração Mangue Beat formada em 1999 na região do Bonsucesso, em Olinda. Seus componentes, Roger Man (voz), André Édipo (guitarras e voz), Berna Vieira (programações, percussão e voz), Chico Tchê (baixo) e Hugo Carranca (bateria e percussão), costumavam definir o Grêmio Recreativo Bonsucesso Samba Clube como "uma instituição com fins lúdicos e de entretenimento em geral". Alguns integrantes também pertenceram ao grupo Eddie. As primeiras apresentações da banda ocorreram em bares da região metropolitana de Recife, em eventos com apenas a presença de amigos. Logo depois, a banda apresentou-se nos festivais "Soul do Mangue" e "Domingo no Campus".

Em dezembro de 2000 participou de coletânea e discos independentes em conjunto com Marcelo D2 (Planet Hemp). No ano seguinte, participou das prévias carnavalescas do conhecido bloco de Olinda "Enquanto Isso na Sala da Justiça...". Apresentou-se no "Festival de Inverno de Garanhuns" e no Festival Abril Pró Rock, em Recife. A banda fez participação especial na faixa "Gírias do Norte", do disco "Bate o Mancá", de Silvério Pessoa (ex-Cascabulho) e na faixa "Sangue na Maré", da coletânea "Orgânico/Sintético" do selo Muquifo Records, de Eduardo Marote. Em 2002 participou das novas edições do "Festival de Inverno de Garanhuns" e no "Festival Abril pro Rock. Neste mesmo ano, lançou o primeiro CD, "Bonsucesso Samba Clube". O disco foi gravado no estúdio "Batuka", do integrante Berna Vieira, e posteriormente produzido e finalizado em São Paulo. O CD contou com as participações de Otto (Ex- Mundo Livre S/A), Rica Amabis e Ganja Man (Instituto), Nino Brocolli, Daniel Bozio, Tejo, Alexandre Basa, Moreirinha do Trombone, Sapotone, Jorge Du Peixe e Pupilo (Nação Zumbi), João Carlos, Fernando Catatau, Tiago de Melo (Songo), Karina Buhr (Comadre Florzinha), Gilberto Campello, Guilherme Vilar, Zégonz e Dj Primo. No disco foram incluídas as seguintes faixas: "Relato" (Roger Man, Bernardo Vieira, André Édipo, Chico Tchê e Hugo Carranca); "Sala da justiça" (Roger Man, Bernardo Vieira, André Édipo, Chico Tchê, Hugo Carranca, Rica Amabis e Pupilo); "Foi sou eu" (Roger Man, Bernardo Vieira, André Édipo, Chico Tchê e Hugo Carranca); "O samba chegou" (Roger Man, Bernardo Vieira, André Édipo e Zé Guilherme); "Veja lá" (Roger Man, Bernardo Vieira, Rica Amabis e Tejo Damasceno); "O sol" (Roger Man, Bernardo Vieira, Zé Guilherme e Rob); "Carimbó ladrão" (Roger Man e Zé Guilherme) e "Distrair" (Roger Man, Bernardo Vieira, André Édipo e Zé Guilherme), entre outras.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Nagô
3 Trio Parada Dura
4 Evaldo Gouveia
5 Mayck e Lyan
6 Tiee
7 Aldir Blanc
8 Hermeto Pascoal
9 Teresa Cristina
10 Noel Rosa