Busca:

Bloco Carnavalesco Simpatia é Quase Amor



Dados Artísticos

Bloco carnavalesco que desfila desde 1985 pelas ruas do bairro de Ipanema, no Rio de Janeiro. O nome nasceu a partir de um personagem popular e bem-humorado, chamado Laurindo Simpatia é Quase Amor, das crônicas que Aldir Blanc escrevia para o jornal O Pasquim. As cores do bloco são amarela e lilás, em homenagem ao Engov, comprimido anti-ressaca bastante conhecido pela boemia carioca. O Simpatia tem como madrinha a Dona Zica da Mangueira e teve por muitos anos como padrinho Albino Pinheiro. Comandado por Ari do Cavaco e pela puxadora Tânia Machado, o bloco concentra-se todos os anos na Praça General Osório, em Ipanema. O desfile acontece tradicionalmente no sábado anterior ao carnaval e no domingo de carnaval. Em 1999, foi lançado um CD com gravações dos 15 anos de sucesso do bloco. Alguns dos compositores são Noca da Portela, Mário Lago Filho e Lenine. Participaram da gravação o próprio Aldir Blanc, Martinho da Vila, Walter Alfaiate, Zeca Pagodinho, Monarco, João Bosco, entre outros grandes nomes da música popular. Com bateria de 100 componentes, o bloco é um dos mais conhecidos do Rio de Janeiro.



BIBLIOGRAFIA CRÍTICA:



ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira - Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Edição: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006, RJ.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008.

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 João Gilberto
3 Geraldo Pereira
4 Tom Jobim
5 Pixinguinha
6 Caetano Veloso
7 Música Sertaneja
8 Chitãozinho e Xororó
9 Noel Rosa
10 Jackson do Pandeiro