Busca:

Bloco Carnavalesco Bloco da Segunda



Dados Artísticos

Fundado na década de 1990 pelo arquiteto Carlos Fernando e pelo letrista Xico Chaves, entre outros profissionais liberais, é um dos blocos carnavalescos mais irreverentes do Rio de Janeiro. Fundado para desfilar no dia 7 de setembro, só dois anos depois passou a desfilar no carnaval. O primeiro enredo foi uma crítica ao governo Sarney, divertidíssima, segundo Lídia Penna, uma das dirigentes do bloco. Sua concentração é feita nos bares da Cobal do Humaitá. Dali, os foliões seguem pela Rua Voluntários da Pátria, fazem a volta na Rua Sorocaba e voltam pela Rua São Clemente, encerrando o desfile no ponto onde começou. Como o nome sugere, desfila na segunda-feira à noite. Em 2001, o bloco desfilou com samba composto por Noca da Portela, Noquinha, Darci Maravilha e Roberto Medronho, baseado no enredo "O x é a solução", em referência à fracassada estratégia de marketing da Petrobras de se tornar Petrobrax. Suas cores são a vermelha, a azul e a amarela e a camiseta é sempre desenhada pelo artista gráfico Betuca.



BIBLIOGRAFIA CRÍTICA:



ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira - Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Edição: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006, RJ.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008.

Mais visitados
da semana

1 Durval e Davi
2 Tiee
3 Gilberto Monteiro
4 Vinicius de Moraes
5 Martha Rocha
6 Creone e Barrerito
7 Festivais de Música Popular
8 Teresa Cristina
9 Luiz Gonzaga
10 Alceu Valença