Busca:

Big Gilson

Gilson Szrajbman
18/2/1959 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Ao longo de sua trajetória, fez shows pelo Brasil, Estados Unidos, Argentina e Europa, tendo subido ao palco na mesma noite em que se apresentaram Steve Winwood, Johnny Rivers, Magic Slim, Saffire, Walter “Wolfman” Washington e B.B. King, entre outros.

É fundador da banda de blues Big Allanbik, com a qual lançou os discos “Black Coffee”, “Blues Special Reserve”, “Batuque y blues” e “Destilado ao vivo”.

Gravou em discos de Elétrika Tribo, Hanói Hanói (“Credus”), Celso Blues Boy (“Indiana Blues” e “Nuvens negras choram”), Macabu (“Izirráider de Bicicleta”), Suburblues, Victor Biglione (“In Blues Rock”), Alan Ghreen, Ismael de Carvalho, Charles Máster, Daniel Azulay e Jefferson Gonçalves (“Dreia).

Lançou, na década de 1990, os CDs “Yellow Mojo Blues” (1997), o primeiro disco de blues nacional totalmente acústico, e "Cab Driver Blues” (1998), gravado em Dallas, com músicos locais.

Em 2001, lançou o CD "Live At The Blue Note", gravado durante sua quarta turnê pelos Estado Unidos. O disco concorreu ao prêmio anual da Just Playing Folks, comunidade de artistas independentes dos Estados Unidos, na categoria Melhor CD do Ano.

Em 2004, gravou o CD “Puro Feeling”, com show de lançamento no Bar do Sesc (SP), acompanhado pela banda Blues Dynamite, integrada por Pedro Augusto (teclados), Pedro Leão (baixo) e Beto Werther (bateria).

Em 2013, lançou o CD “Aqui pra você”, com suas composições “Mariana” e a faixa-título, além de “É preciso dar um jeito” (Roberto Carlos e Erasmo Carlos) e Fumando na escuridão (Celso Blues Boy).

Sobre o músico, comentou B.B. King: ‘‘Quando vejo um jovem tocando blues tão bem assim e tão longe da América, sinto que minha missão nesta vida está cumprida’’.

Mais visitados
da semana

1 Durval e Davi
2 Tiee
3 Vinicius de Moraes
4 Gilberto Monteiro
5 Martha Rocha
6 Creone e Barrerito
7 Festivais de Música Popular
8 Mayck e Lyan
9 Alceu Valença
10 Luiz Gonzaga