Busca:

Betho Silva

Carlos Roberto Silva
22/9/1954 Osasco, SP

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira artística em Jundiaí (SP), participando, como compositor, de festivais de música. Foi contemplado com o prêmio de Melhor Arranjo Musical, conferido pelo maestro Rogério Duprat, em 1971, e com o convite para participar do “Programa Mambembe”, dirigido por Walter Silva, em São Paulo. Integrou a Orquestra Folcloriana, regida por Eduardo Escalante, e o Grupo de Percussão da Escola Municipal de Música, dirigida por Djalma Colaneri. Integrou o elenco do musical “Hair”, participou da I Mostra de Música Independente e da Escola de Balé Stagium. Atuou com vários artistas, como Alaíde Costa, Dorothy Marques, Maricene Costa, Rosamaria, João Bá e João Pacífico, entre outros.

Em 1984, morando em Belo Horizonte, participou do I Seminário Brasileiro da Música Instrumental de Ouro Preto, idealizado por Toninho Horta, e do Ateliê Banda Paulo Moura, além de ter atuado, em shows e gravações, com Gilvan de Oliveira, Titane, Saulo Laranjeira e Paulinho Pedra Azul. Em 1987, mudou-se para o Rio de Janeiro. Tocou no “Free Som” (SP), com o compositor e instrumentista mineiro José Namen.

Em 1990, apresentou-se no Vinicius Piano Bar (RJ), com o Quarteto de Célia Vaz. De 1993 a 1997, trabalhou com a dupla Sá e Guarabyra, com a qual se apresentou em Paris e nos Estados Unidos. Em 1996, participou, como músico e diretor, do “Show Brasil” (Música, Capoeira e Dança), realizado em Angola. De 1998 a 2002, integrou o elenco do musical “Francisco de Assis”, de Ciro Barcelos, com o qual se apresentou no Lyrick Theatre, em Assis (Itália), em 2002.

Participou da gravação dos discos “Integral” (WEA/1978), de Jorge Melo, “Ponta de Rama” (Independente/1980), “Jardim da Fantasia” (RCA/1982) e “Janela dentro dos olhos” (RCA/1983), os dois últimos de Paulinho Pedra Azul, “Dança das folhas” (Independente/1985), de Carlos Lucena, “Sonho de menino” (Independente/1986), de Paulinho Pedra Azul, “Titane” (Independente/1986), produção do Grupo Curare, “Vôo das garças” (Estúdio Bemol/BH/1987), de Zé Côco do Riachão, “Araçari” (Estúdio Bemol/BH/1987), do Grupo Tocaia, “Carrancas” (Estúdio Eldorado/SP/1989), de João Bá e parceiros, “A Tempo de José Namen” (Estúdio Bemol/BH/1990), “Célia Vaz” (Leblon Records), “Sá e Guarabyra” (Eldorado/1995 ), “Francisco de Assis – O Musical” (2002).

Mais visitados
da semana

1 Kátia Di Tróia
2 Creone e Barrerito
3 Gonzaguinha
4 Noel Rosa
5 Paulo Soledade
6 Caetano Veloso
7 Trio Parada Dura
8 Carlos Gonzaga
9 Tiee
10 Bruno e Marrone