Busca:

Banda Moleca 100 vergonha



Dados Artísticos

  Banda de forró eletrônico, criada na cidade de Araripina (PE) em 1997 pelos empresários Neto e Augusto, que já agenciavam nomes importantes desse segmento, como Limão com Mel, Noda de Cajú, Calcinha Preta, entre outros.  Logo ficou conhecida pela superprodução de seus shows e pelos figurinos arrojados.  Em 1999, foi gravado o primeiro CD do grupo, “Moleca 100 Vergonha, A Caceteira do Forró - Volume 01”, que mesclou músicas inéditas com regravações e atingiu 400 mil cópias vendidas.  Em 2001, apresentaram-se, com destaque, na festa de forró de Jeremoabo no Ceará. O terceiro CD do grupo, “Quero sentir teu prazer”, gravado ao vivo, vendeu mais de 100 mil cópias.  A banda foi escolhida como a revelação do forró em 2003.  Nesse ano, apresentaram show na festa de São João, em Petrolina (PE), e na cidade de Palmas no Estado do Tocantins. Em 2004, lançaram seu quinto disco de carreira, “Explodindo de Tesão”, que apresentou a música “O relógio”, de Marquinhos Maraial e Beto Cajú, uma das mais executadas no ano em estados como Bahia, Pernambuco, Ceará e Piauí. O disco ultrapassou 100 mil cópias vendidas.  No mesmo ano, a banda se tornou recordista de público em shows de forró no Nordeste e fez uma apresentação na cidade de Francisco Santos (PI), apresentando sucessos como "Portas fechadas", "My love my love" e "Maria gasolina". Esta última, de Pedro Joseph e Rony Brasil, foi sucesso com o grupo Arriba Saia.  No mesmo ano, apresentaram-se também em Manaus, em casas de shows, e em Recife, no "Circuito do Forró dos sertanejos", no Clube Internacional. Entre as apresentações desse ano está também o show no Maranhão Forró Fest 2004. No ano seguinte, gravaram um DVD ao vivo, na cidade de São Luiís do Maranhão, com participação do artista Boi Pirilampo, quando se exibiram para mais 60 mil pessoas.  Passaram a adotar o apelido de "A Caceteira do forró", e, na época, obtiveram êxito com músicas como "Prova de amor", de Marquinhos Maraial e Beto Cajú, "Tão sozinha", de Silvio, "Não sou feliz mais", "Volta pra casa", ambas de Beto Cajú, "Pra recomeçar", de Marquinhos Maraial e Beto Cajú, "Esse amor não vai ter fim", e "Refaça meu coração".  Em 2007, lançaram seu sétimo álbum de carreira, "Nosso amor é maior”, fazendo sucesso com músicas como “Nosso amor é maior”, de Íris, ”Cela do amor”, de Marcello Mello e Dão Lopes, ”Não dá mais”, de Íris/ e Roberto César, e “Coisa de fã”, de Gleibson Alves e Harison.  Na sequência, a vocalista Suênia saiu da banda para lançar sua carreira solo, tendo sido substituída pelo cantor e compositor Dão Lopes.  Na mesma época, lançaram o CD “Sempre haverá amor", que conseguiu sucesso com as faixas “Lábios divididos”, uma versão de Dão Lopes para a música “Lábios compartidos”, da banda mexicana Maná.  Com esse disco, a banda realizou alto número de shows na temporada, tendo ficado com uma das agendas mais concorridas entre artistas nordestinos.  Em 2008, o sucesso “Lábios divididos” foi premiado como melhor música do ano, no programa “Sábado alegre”, exibido pela TV Diário, afiliada da Rede Globo.  Além dessa repercussão, o clipe da música alcançou mais de 2 milhões de acessos no site youtube.  Na sequência, gravaram mais um DVD, ao vivo, na cidade de Fortaleza (CE). O disco bateu recorde de vendas da banda até então, ao vender mais de 500 mil cópias.  Em 2010, lançaram o CD “Amor sem fronteiras", com destaque, além da faixa que deu título ao disco, “Tudo ou nada”, de Zé Maria e Dão Lopes, para as músicas “A saída”, de Roberto César, “Cansei de aventuras”, de Zé Maria e Dão Lopes, e “Numa chama minha e sua, de Dão Lopes. Em 2011, lançaram seu 10º disco de carreira, “Romance”, que apresentou as músicas de trabalho "O que eu mais quero", "O amor reina", "Tenho pena" e "Coração sem abrigo".  Em 2012, gravaram o CD "Sobrevivo desse amor", cujos principais sucessos foram “Pra você nunca digo não”, “Quero me apaixonar de novo", "Sensação", "Fúria de Titãs". No mesmo ano, Fabíola Paiva, então vocalista do grupo, deu lugar a Willames Siqueira. No ano seguinte, realizaram a turnê “Sobrevivo Desse Amor", de divulgação do álbum homônimo lançado no ano anterior. As principais músicas de trabalho foram  “Pra você nunca digo não”, “Quero me apaixonar de novo", "Sensação", "Fúria de Titãs", "Abre o Jogo" e "Me Deixe Aqui". No mesmo ano, contando com 4 vocalistas, gravaram um DVD em comemoração de 14 anos de carreira da banda. O disco, gravado ao vivo na cidade natal do grupo, Araripina (PE), teve participação especial da ex-vocalista Fabíola Paiva.
Em 2014, em comemoração ao aniversário de 15 anos da banda, lançaram seu 12º disco, cujas principais músicas de trabalho foram "Espelho Meu" e "Canção de Amor".

 

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Noel Rosa
3 Eumir Deodato
4 Chico Buarque
5 Dorival Caymmi
6 Assis Valente
7 Lupicínio Rodrigues
8 Tom Jobim
9 Geraldo Pereira
10 Romildo