Busca:

Banda Eva



Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Banda de axé-music integrada por Emanuelle Araújo (BA 21/7/76 - voz), Jorge Cunha (percussão), Paulinho Andrade (saxofone), Nino Moura (guitarra), Moisés Gabrielli (baixo) e Marcelo Alves (teclado). Foi criada pelo Bloco Eva que desfilava nos anos de 1980 pela Estrada Velha do Aeroporto, daí o nome da banda "E" de Estrada, "V" de Velha e "A" de Aeroporto. No início de suas aprsentações, passaram por ela cantores como Daniela Mercury e Ricardo Chaves, que seguiram carreira solo. Com isso, a banda só voltou ao cenário musical em 1993, com a contratação de Ivete Sangalo. Ainda nesse ano, saiu o primeiro disco, em que a música "Adeus bye, bye" estourou de imediato, consagrando a banda e destacando a vocalista. Também em 1993, Maria Bethânia  incluiu a música no repertório de seu show de 25 anos de carreira. Em 1994, "Alô, paixão", música mais executada no carnaval baiano do ano seguinte, fez com que o disco "Pra abalar", vendesse em menos de um mês 40 mil cópias. Destacaram-se também as faixas "Pra abalar"e "Flores". No ano de 1995, "Hora H", terceiro disco, trouxe as faixas "Cupido vadio", "Me abraça" e "Pegue aí". No mesmo ano, a banda conquistou o prêmio "Troféu Bahia Folia",  concedido pela TV Bahia (retransmissora da Rede Globo), como banda revelação e como cantora revelação para Ivete Sangalo. Em 1996, lançou o CD "Beleza rara", disco que contou com as participações especiais dos músicos Arthur Maia e Luiz Brasil na regravação da música "Menino do rio", de Caetano Veloso, e de Netinho na salsa "Química perfeita", de Guadalupe e Peña.  A música "Levada louca", do mesmo CD, alcançou o topo da lista das canções mais tocadas em 1997. No ano seguinte, foi lançado o CD "Ao vivo", com os maiores sucessos da banda. No ano seguinte, Ivete Sangalo gravou seu último trabalho à frente da banda, "Eva - você e eu", com sua composição "Carro velho". Ainda neste disco, a banda regravou "Frisson" (Tunai e Sergio Natureza), em dueto de Ivete Sangalo e a banda espanhola Ketama. A música foi incluída na trilha da novela "Suave Veneno" da Rede Globo. A cantora se despediu da banda e lançou no ano de 1999 seu primeiro disco solo pela PolyGram. Em março de 1999, foi contratada a cantora Emanuelle Araújo. Com a nova vocalista, o grupo gravou o disco "Ao vivo II", que em poucos meses ultrapassou a marca das 150 mil cópias vendidas. No ano 2000 a banda lançou o CD "Experimenta", no qual foram incluídas "Amor na rede"  (Ferdinando Jujuba), "Sol pra mim" (Paulinho Andrade),  "Quem ama" (Armando Set, Renato Reis e Rodrigo Canellas), "Uma canção" (Adelmo Casé), "Remador" (Jauperi), "Clima delicado" (Vevê Calazans - Carlinhos Brown), "Quero te pedir"  (Sérgio Passos e Jorge Papapá), "Guidibai" (Clóvis Cruz, Ilo Gomes e Gilberto Timbaleiro), "Demore não" (Paulo Vascon e Tenyson Del Rey) e "Eu amo você" (Sílvio Rochael e Cassiano), entre outras. A banda participou da coletânea "Axé Cae - Jovens baianos cantam Caetano Veloso". Em 2002 a cantora Emanuelle Araújo afastou-se, sendo substituída por Saulo Fernandes, que nesse mesmo ano ganhou o prêmio de "Cantor Revelação do Carnaval Baiano" por sua participação no CD "É do EVA". Em 2003 a banda lançou o disco "Pra Valer", com o qual o vocalista da banda, Saulo Fernandes, voltou a receber o prêmio de "Cantor Revelação do Carnaval Baiano". No ano de 2005 a banda o CD "EVA 25 Anos". No ano de 2007 com o disco foi "Veja alto, ouça colorido", o vocalista foi contemplado com o prêmio "Melhor Cantor Revelação - Domingão do Faustão - Melhores do Ano 2007". No ano de 2008 seu vocalista principal, Saulo Fernandes, recebeu o "Troféu Band Folia" como "Melhor Cantor" e ainda o prêmio de "Melhor Cantor - Carnaval da Bahia". Em 2009 a banda lançou o CD "Lugar da Alegria" e seu vocalista voltou a ganhar o prêmio "Melhor Cantor - Band Folia 2009". No ano de 2010 a banda ganhou o prêmio "Melhor Cantor - Band Folia 2010" e "Melhor Puxador de Bloco - Troféu Dodô e Osmar". Em 2012 lançou, pelo selo Som Livre, o CD duplo “CNRT – Conexão Nagô Rede Tambor”, com repertório inédito e participações de Márcio Victor, Dan Miranda, Ana Mametto, Pablo, Joelma Silva e Adelmo Casé.  Em 2013 recebeu o prêmio de “Melhor Grupo”, na categoria “Canção Popular”, no “24º Prêmio da Música Brasileira”. Nesse mesmo ano o cantor Saulo Fernandes deixou a banda para seguir carreira solo, sendo substituído pelo cantor Felipe Pezzoni. Lançou o CD de estúdio “Simplesmente Eva”, já com Pezzoni nos vocais. Em 2015 lançou o CD/ DVD “Sunset”, gravado no terraço do hotel Tívoli, em São Paulo, que incluiu a inédita “Brindar” (Battata, Cassiopeya e Vinni Rodrigues).

Mais visitados
da semana

1 Festivais de Música Popular
2 Hermeto Pascoal
3 Caetano Veloso
4 Dorival Caymmi
5 Lupicínio Rodrigues
6 Dona Ivone Lara
7 Luiz Gonzaga
8 Música Sertaneja
9 Daniela Mercury
10 João Nogueira