Busca:

Baiana System



Dados Artísticos

Projeto idealizado no ano de 2007 pelo guitarrista Roberto Barreto, que integra o grupo ao lado do cantor e compositor Russo Passapusso, do baixista SekoBass e do designer Filipe Cartaxo, com adesões dos produtores João Meirelles e Mahl Pitta e dos percussionistas Ícaro Sá e JapaSystem. O nome é uma junção de Guitarra Baiana com Sound System. O grupo lançou seu primeiro CD homônimo em 2010, pelo selo Garimpo, e contou com participações de BNegão, Lucas Santtana, Roberto Mendes e Gerônimo. Nesse mesmo ano fez uma temporada de shows no Teatro Vila Velha em Salvador (BA). Fez uma apresentação no SESC Pompeia, em São Paulo. Participou do carnaval baiano com o trio elétrico BaianaSystem e Convidados, com as presenças de BNegão e Lucas Santtana. Participou do edital da “Caixa Cultural” no qual se apresentou recebendo como convidados Roberto Mendes e Lorimbau. Foi uma das atrações da “Feira Brasil Rural Contemporâneo”, em Brasília (DF), com show em homenagem ao percussionista Ramiro Musotto. Ainda em 2010 realizou quatro shows na feira internacional “Expo Shangai”, na China. Nos anos de 2010 a 2012 o músico e produtor paraibano, Chico Corrêa, ficou responsável pelas bases eletrônicas do grupo. Nesse período também integrou o grupo o percussionista Wilton Batata. Em 2011 fez um show cujo tema foi a guitarra baiana, no carnaval de Salvador, com as participações de Pepeu Gomes e dos irmãos Jorginho e Didi Gomes. Nesse mesmo ano voltou a se apresentar na China, dessa vez no “World Music Shangai”. Também viajou para Copenhague, na Dinamarca, onde foi uma das atrações da feira internacional “WOMEX”. Durante o carnaval também participou do festival “REC-BEAT”, em Recife (PE). Dos anos de 2011 a 2013 entrou para a agenda de shows da “Virada Cultural de São Paulo”. Em 2012 participou dos festivais “Pernambuco Nação Cultural”; “Conexão Vivo”, em Belo Horizonte (MG); “Oi Futuro”, no Rio de Janeiro; “Au foin de rue”, em Paris (França); “Voice os Nomades”, em Ulan Ude (Rússia). Foi convidado para participar do espetáculo do “Prêmio Braskem de Teatro” e a partir desse show o DJ João Meireles passou a integrar o grupo. Ainda em 2012 o CD “BaianaSystem” foi lançado pelo selo japonês Plankton. Em 2013 lançou o EP “Pirata”, produzido por Dudu Marote e Marcelo Seco, que incluiu o hit “Amendoim, pão de mel”. Nesse mesmo ano apresentou-se no Palco Itaú, montado na Praça Castro Alves, em Salvador (BA). Entraram novamente no circuito dos festivais internacionais, dessa vez no Japão, no festival “Fugi Rock”. Foi uma das atrações do “Réveillon da Cidade de Salvador”, realizando um show na praça em frente ao Elevador Lacerda. A partir de 2014 seguiu por rotas alternativas do carnaval de Salvador com o trio intitulado Navio Pirata. No ano de 2014 dividiram o palco com Tom Zé, Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz e Marcia Castro, no festival paulista “Invasão Baiana”. Realizou sua primeira turnê pelos Estados Unidos, passando pelo “New Orleans Jazz Festival”, “Brasil Summer Festival” e “Cleveland Museum of Art”. Fizeram uma série de apresentações no Peourinho (BA), convidando artistas como Curumin, BNegão, Flora Matos e Karol Conká. Em 2015 o single “Playsom” entrou para a trilha sonora do jogo de simulação de futebol “Fifa 16”. Em 2016 lançou o CD “Duas Cidades”, produzido por Daniel Ganjaman, com participações de Siba e das Ganhadeiras de Itapuã. Nesse mesmo o show apresentado no festival “Back2Black”, no Rio de Janeiro, foi eleito pelo jornal o Globo como um entre os dez melhores shows do ano. Em 2017 foi contemplado pelo “28º Prêmio da Música Brasileira” com os prêmios de “Melhor Grupo” na categoria “Pop/Rock/Reggae/Hip-hop/ Funk” e “Revelação” pelo CD “Duas cidades”. Também participou do prêmio tocando “Inclassificáveis” (Arnaldo Antunes).

Mais visitados
da semana

1 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
2 Sant'Anna
3 Noel Rosa
4 Festivais de Música Popular
5 Hermeto Pascoal
6 Moacir Bedê
7 Gilberto Gil
8 Nelson Cavaquinho
9 Candeia
10 Caetano Veloso