Busca:

Áurea Martins

Áldima Pereira dos Santos
13/06/1940 Rio de Janeiro, RJ

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira profissional como cantora no início da década de 1960, quando participou na Rádio Nacional do programa “Tribunal de Melodias”, de Mário Lago e Paulo Gracindo, que a incentivaram a adotar o nome artístico de Áurea Martins. Após a sua apresentação foi contratada pela emissora e passou a integrar os programas de Paulo Gracindo, César de Alencar e Manoel Barcelos. Nesses programas atuava com os também iniciantes Elis Regina, Pery Ribeiro e Evinha. No ano de 1969, integrando o conjunto Os Siderais, ganhou o primeiro prêmio do programa "A Grande Chance", de Flávio Cavalcanti, na TV Tupi, no qual interpretou "Pela rua" (Dolores Duran e Ribamar), com arranjo de Anselmo Mazzoni. O prêmio foi a gravação de um disco e uma viagem a Portugal. No LP "O amor em paz", com produção de Rildo Hora e arranjos de Luizinho Eça, contou com acompanhamentos do Tamba Trio e a participação especial do escritor Paulo Mendes Campos declamando Vinicius de Moraes, além de gravar clássicos como "Fim de noite" (Chico Feitosa e Ronaldo Bôscoli), "Pra você" (Sílvio César) e "Apelo" (Baden Powell e Vinicius de Moraes), entre outras. Logo depois, passou a cantar na noite carioca se apresentando em casas noturnas, dividindo o palco com vários artistas, entre os quais Emílio Santiago, Elza Soares, Baden Powell, Johnny Alf, Chico Feitosa, Eumir Deodato, Cauby Peixoto, Durval Ferreira, Paulo Moura, Milton Nascimento, Marisa Gata Mansa, Dona Ivone Lara, Carmem Costa, Leci Brandão, Nelson Sargento, Ivor Lancellotti e Zezé Gonzaga. Em 1970 apresentou-se no Teatro Gazeta, em São Paulo, ao lado do pianista e compositor Ribamar. Atuou como atriz e cantora na peça "Ensaio Geral da República" de Dalva Lazaroni. Participou de vários discos, como os songbooks de Tom Jobim e Chico Buarque (produzidos por Almir Chediak), além de discos de Délcio Carvalho, Ivor Lancellotti, João de Aquino, Hermínio Bello de Carvalho e Heitor dos Prazeres Filho, entre outros. Em meados da década de 1990 participou do CD "'Bordões", lançado pelo selo Top Voice, em comemoração aos 50 anos de João de Aquino, no qual interpretou "Barraco" de autoria de João de Aquino e Nei Lopes. Em 1993 estreou o show “Lupicínio Rodrigues revisitado”, ao lado da cantora Zezé Gonzaga e do pianista Zé-Maria Rocha. Integrou o elenco de cantores do bar Carioca da Gema, no Rio de Janeiro, por sete anos desde sua inauguração em 2000. Em 2001, com produção de Dalva Lazaroni e direção musical de João de Aquino, gravou o primeiro CD, disco no qual interpretou Milton Nascimento, Nelson Sargento, Dona Ivone Lara, Elton Medeiros, Ivor Lancellotti, Marcio Proença, Dorival Caymmi, Cartola e Baden Powell. No ano de 2002, ao lado de Mariana e Deli Alves, apresentou o show "Cantoras da noite" no Vinicius Piano Bar, em Ipanema, Rio de Janeiro. Ainda em 2002, apresentou-se ao lado do grupo Choro na Feira (Ignez Perdigão no cavaco, Marcelo Bernardes sax e clarinete, Bilinho Teixeira no violão de sete cordas, Matias Correa no baixo acústico, Clarice Magalhães no pandeiro e Franklin da flauta, na flauta) no Bar-Antiquário Rio-Scenarium, na Rua do Lavradio, centro do Rio de Janeiro. Em 2003 lançou CD no qual contou com a participação especial de Nelson Sargento. No disco, produzido por João de Aquino, foram incluídas "Viagem" (João de Aquino e Paulo César Pinheiro), "Morro Velho" (Milton Nascimento), "Peito vazio" (Cartola e Elton Medeiros), "Céu e mar", "Guacyra" e "João Velentão" (Dorival Caymmi). Participou também do disco "Outros ventos", do cantor e compositor Antonio de Paula. Neste mesmo ano, ao lado de Nelson Sargento, Xangô da Mangueira, Beth Carvalho, Diogo Nogueira, Dalmo Castelo, Wilson Moreira, Délcio Carvalho, Nei Lopes e Eliane Faria, foi um dos convidados de Vó Maria para o show de lançamento do disco "Maxixe não é samba", de Vó Maria, na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro. Em 2004, ao lado do cantor Alfredo Del Peña, apresentou-se no auditório da Rádio Nacional. No ano de 2005, com Amelia Rabello, fez show em homenagem à Elizeth Cardoso no Centro Cultural Carioca, no Rio de Janeiro. Em 2007, integrando a Orquestra Lunar a o lado das cantoras e instrumentistas Vica Barcellos (voz), Katia Preta (trombone), Monica Ávila (saxofone e flauta), Sueli Faria (saxofone e flauta), Sheila Zagury (teclado), Manoela Marinho (cavaquinho e violão), Luciana Requião (baixo), Georgia Câmara (bateria) e Samantha Rennó (percussão) gravou, pelo Selo Rádio MEC, o CD homônimo do grupo, disco no qual foram incluídas "Minha missão" (Dona Ivone Lara e Bruno Castro), "No rastro" (Daniela Spielmann e Délcio Carvalho), "Samba da zona" (Joyce), "Voz de mulher" (Sueli Costa), "Corta-jaca" (Chiquinha Gonzaga) e "Grávida" (Marina Lima e Arnaldo Antunes), entre outras. Nesse mesmo ano o grupo fez show de lançamento do disco no quiosque Drink Café, no Parque dos Patins, na Lagoa, no Rio de Janeiro. Ainda em 2007 gravou, pelo selo Biscoito Fino, o CD Até Sangrar, produzido por Hermínio Bello de Carvalho e co-produzido pelo pianista Zé-Maria Camilotto Rocha. O disco incluiu 14 faixas que já faziam parte do repertório da cantora, dentre elas "Ilusão á toa" (Jonhy Alf), "Nada por mim/ Baralho da vida" (Herbert Vianna e Paula Toller/ Ulisses de Oliveira), "Não sou de reclamar/ Há um deus/ Até o amargo fim/ Ocultei" (Lupicinio Rodrigues/ Lupicinio Rodrigues/ Newton Teixeira e David Nasser/ Ary Barroso), "Até quem sabe" (João Donato e Lysias Enio de Oliveira), "Moeda Quebrada" (Luiz Reis e Ary Vidal), "Edredon Vermelho/ Molambo" (Herivelto Martins/ Jaime Florence e Augusto Mesquita), "Janelas Abertas" (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), "Noturno em tempo de samba" (Custódio Mesquita e Evaldo Rui), "Sem Mais Adeus" (Francis Hime e Vinicius de Moraes), "Vida de Bailarina" (Chocolate e Américo Seixas), "Migalhas" (Lupicinio Rodrigues e Felisberto Martins),"Valsa Dueto" (Vinicius de Moraes e Carlos Lyra), "Um Favor/ Volta" (Lupicínio Rodrigues) e "Embarcação (Francis Hime e Chico Buarque). Em 2009 foi consagrada com o "Prêmio da Música Brasileira" como "Melhor Cantora" na categoria MPB. Em 2010 participou do projeto "De conversa em conversa", no bar Santo Scenarium, na Lapa (RJ),  realizado pelo jornalista Amaury Santos; neste espetáculo cantou sucessos de sua carreira. Nesse mesmo ano, apresentou-se no "Projeto Samba & Outras Coisas", realizado no Teatro SESI, no Rio de Janeiro; o repertório incluiu canções como "Um favor e volta" de Lupicínio Rodrigues, "Edredon vermelho" de Herivelto Martins, "Embarcação" de Chico Buarque e Francis Hime, dentre outras. Foi a grande homenageada do "2º Seminário A mulher na Música", promovido pelo SindMusi. Evento em que foi exibido o curta-metragem "Áurea", de Zeca Ferreira, antes do show de encerramento, realizado no Lapinha, no Rio de Janeiro, no qual se apresentou acompanhada do Grupo Terra Trio e alguns convidados. Ainda em 2010  lançou pela Biscoito Fino o CD "Depontacabeça", celebrando seus 70 anos de idade e 50 de carreira. Com produção de Hermínio Bello de Carvalho e Lucas Porto, o disco contou com encarte escrito por Aldir Blanc e incluiu sete faixas inéditas dentre as 14 canções de Hermínio Bello de Carvalho com outros compositores: "Me diz ó Deus" (Moacyr Luz e Hermínio Bello de Carvalho), "Judiarias" (Vital Lima e Hermínio Bello de Carvalho), "Sete dias" (Moacyr Luz e Hermínio Bello de Carvalho), "Acho que é você" (Paulo Valdez e Hermínio Bello de Carvalho), "Bola no bola" (Vidal Assis e Hermínio Bello de Carvalho), "Isso é que é viver" (Pixinguinha e Hermínio Bello de Carvalho), "Era o fim" (Fernando Temporão e Hermínio Bello de Carvalho),"Quando o amor acaba/ Só o amor constrói" (Moacyr Luz e Hermínio de Bello Carvalho), "Zoeira" (Moacyr Luz e Hermínio de Bello Carvalho), "Cobras e lagartos" (Sueli Costa e Hermínio Bello de Carvalho), "Desapreço" (Cláudio Jorge e Hermínio Bello de Carvalho), "Via crucis" (Vidal Assis, Lucas Porto e Hermínio Bello de Carvalho), "Penúltimo desejo" (Vidal Assis e Hermínio de Bello Carvalho) e "Pressentimento/ Mas quem disse que eu te esqueço" (Elton Medeiros e Hermínio Bello de Carvalho / Ivone Lara e Hermínio Bello de Carvalho). O lançamento do disco ocorreu no Allegro Bistrô da Modern Sound, no Rio de Janeiro, onde realizou uma temporada de shows semanais. Em 2011 foi homenageada pelo Jornal Capital Cultural com o prêmio "Melhor Show de 2010", pelo show em homenagem a Elizeth Cardoso realizado no Cordão do Bola Preta, no Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano se apresentou no primeiro “Festival de Choro e Samba de Paraty”, ao lado de artistas como Paulinho da Viola, Luiz Melodia, Daniela Spielmann, Henrique Cazes, Joel do Nascimento e Zé da Velha e Silvério Pontes. O homenageado dessa primeira edição do festival foi o músico, compositor e arranjador Paulo Moura. Além dos shows, realizaram-se palestras com o músico Henrique Cazes e o escritor Sérgio Cabral, mediadas pelo pesquisador e musicólogo Ricardo Cravo Alvim. Apresentou-se na Sala Funarte Sidney Miller, no Rio de Janeiro, em show que fez parte da série “Som em 4 Tempos”, realizada às quintas e sextas-feiras dos meses de novembro de 2011 à fevereiro de 2012, da qual também participaram artistas como Elton Medeiros, Henrique Cazes, Cristina Buarque, Hamilton de Holanda, entre outros. Participou do projeto “Encontro de mulher dá samba”, realizado no Parada da Lapa, no Rio de Janeiro, recebendo como convidadas as cantoras Ana Costa e Elisa Addor. Em 2012 o Canal Brasil exibiu o especial “Iluminante”, uma panorâmica de sua discografia com narração de Fernanda Montenegro e participação especial de Chico Buarque. Participou, ao lado do pianista Zé Maria Rocha, da série “Rio Antigo”, realizada na Sala Baden Powell, no Rio de Janeiro. O show, intitulado “Música, memória e nossa Cidade”, dedicado ao Rio de Janeiro, teve como músico convidado o violonista Bilinho Teixeira e contou com a direção musical do próprio Zé Maria que selecionou um repertório de músicas como “Primavera no Rio” (João de Barro), “Valsa de uma cidade” (Ismael Neto e Antônio Maria), “Rio antigo” (Nonato Buzar e Chico Anysio), “Sábado em Copacabana” (Dorival Caymmi e Carlos Guinle), “Da gema” (Caetano Veloso e Waly Salomão), “Arpoador” (Tom Jobim e Billy Blanco), entre outras. Participou da gravação do DVD “Casuarina - 10 anos de Lapa”, interpretando, ao lado de Nilze Carvalho, a música “Segredo” (Herivelto Martins e Marino Pinto), em show que contou com a participação de artistas que fizeram parte do cenário de revitalização do bairro da Lapa, como Eduardo Gallotti, Teresa Cristina, Moyseis Marques, Marcos Sacramento, Nilze Carvalho, Pedro Miranda, Zé Paulo Becker, Ana Costa, Zé da Velha e Silvério Pontes, entre outros. Participou do espetáculo “Em Cantos do Rio”, criado e apresentado pelo pesquisador Haroldo Costa no Teatro Carlos Gomes, no Rio de Janeiro, do qual participaram também os artistas Alex Ribeiro, Claudette Soares, Márcio Gomes, Marcos Sacramento, João Carlos Assis Brasil e os grupos Terra Trio, Camerata de Violões e Pagodeiros da Cidade Nova.  Lançou, pelo selo Biscoito Fino, o CD/DVD “Iluminante”, que abre com um texto narrado pela atriz Fernanda Montenegro e conta com um repertório de músicas como “Bala com bala” (João Bosco e Aldir Blanc), “Janelas abertas” (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), “Ilusão à toa” (Johnny Alf), “Pensando em ti” (Herivelto Martins e David Nasser), “Nada por mim” (Herbert Vianna e Paula Toller), entre outras. A gravação do DVD, realizada em estúdio, contou com a participação de Chico Buarque na faixa “Maninha” (Chico Buarque). O show de lançamento foi realizado no Teatro Rival, no Rio de Janeiro, no qual repetiu a interpretação a capella que fez da música “Pela rua” (J. Ribamar e Dolores Duran) no disco, acompanhada dos músicos Denize Rodrigues (sopros), Gabriel Gezti (piano e acordeom), Pedro Aune (baixo), Luis Barcellos (bandolim), Lucas Porto (violão), Cassius Theperson (bateria) e Anderson Vilmar (percussão). O show contou com direção musical de Lucas Porto, roteiro e direção geral de Hermínio Bello de Carvalho e Gustavo Genzsburger. Apresentou o show “Iluminante” no CMRMC (Centro Municipal de Referência da Música Carioca Artur da Távola), no Rio de Janeiro, acompanhada dos músicos Lucas Porto (violão, arranjos e direção musical), Luis Barcellos (bandolim), Denize Rodrigues (sopros), Gabriel Gezsti (piano e acordeom), Cassius Theperson (bateria), Pedro Aune (contrabaixo) e Paulino Dias (percussão). O repertório do show contou com músicas que gravou em seus discos como “Via crucis” (Vidal Assis, Lucas Porto e Hermínio Bello de Carvalho), “Janelas abertas” (Tom Jobim e  Vinícius de Moraes), “Zoeira” (Moacyr Luz e Hermínio Bello de Carvalho), “Pela rua” (J. Ribamar e Dolores Duran), “Bala com bala” (João Bosco e Aldir Blanc) e “Embarcação” (Francis Hime e Chico Buarque). O mesmo show foi apresentado no Imperator - Centro cultural João Nogueira, no Rio de Janeiro, e contou com as participações de Fatima Guedes e Vidal Assis. Em 2013 apresentou-se na Sala Baden Powell, no Rio de Janeiro, em show de comemoração aos seus 80 anos de idade, recebendo como convidados a cantora Leila Pinheiro e o compositor Hermínio Bello de Carvalho. Nesse mesmo ano realizou uma pequena temporada de shows no Rio Scenarium, no Rio de Janeiro, recebendo como convidados Wilson das Neves, Alfredo Del-Penho, Pedro Paulo Malta e Moyseis Marques. Em 2014 apresentou, ao lado de Alaíde Costa, o espetáculo “Elizethíssima”, uma homenagem à “Divina” Elizeth Cardoso, idealizado e realizado por Hermínio Bello de Carvalho no Centro Cultural Correios, no Rio de Janeiro. Em 2018 realizou o show “A canção brasileira”, em que dividiu o palco com a cantora paraibana Socorro Lira, na Casa do Choro, no Rio de Janeiro, acompanhadas pelo violonista Lucas Porto. Nesse mesmo ano apresentou-se ao lado da cantora Xênia França, na 29ª edição do “Prêmio da Música Brasileira”, interpretando “Juventude transviada”, em tributo a Luiz Melodia, o grande homenageado da noite.

Mais visitados
da semana

1 Dorival Caymmi
2 Festivais de Música Popular
3 Música Sertaneja
4 Luiz Gonzaga
5 Chico Buarque
6 Lupicínio Rodrigues
7 Assis Valente
8 Nelson Cavaquinho
9 Caetano Veloso
10 Clementina de Jesus