Busca:

Assis Ângelo

Francisco de Assis Ângelo
7/9/1952 João Pessoa, PB

Dados Artísticos

Iniciou a carreira no Jornal "O Norte", de João Pessoa, dos "Diários Associados", onde exerceu função de chefe de oficina do jornal, com 18 anos de idade. Em 1972, passou a assinar a coluna diária "Artes e Espetáculos" no mesmo jornal. Foi colunista de "A União" e também repórter e colunista do "Correio da Paraíba".

Ainda na década de 1970 editou o jornal "Diário do Agreste", em Caruaru, Pernambuco. Em 1976 mudou-se para a capital de São Paulo onde trabalhou em diversos jornais, entre os quais, "Folha de São Paulo" e "Diário Popular". Foi chefe de reportagem da área política do "Estadão". Como produtor de jornalismo atuou nas TVs Abril Vídeo, Manchete e Globo. Foi correspondente do Jornal de Brasília. Colaborou com inúmeras publicações, entre as quais, O Pasquim e A Tribuna da Imprensa, do Rio de Janeiro, Movimento, de São Paulo e CooJornal, de Porto Alegre. Trabalhou como assessor do metrô paulista. Foi colunista da Agência Estado e um dos criadores da Agência Brasileira de Reportagens. Participou, como consultor, da série de CDs "Coleção Luiz Gonzaga", lançada pela BMG. Escreveu diversos encartes para a série "Som da terra", lançada pela gravadora Warner Music. Entre seus livros publicados estão "Poeta do povo", uma biografia do poeta Patativa do Assaré, e "Eu vou contar pra vocês" sobre a vida e a obra de Luiz Gonzaga. Escreveu ainda sobre Cornélio Pires, Renato Teixeira, Rolando Boldrin, Zé Ramalho, Pena Branca e Xavantinho, Tonico e Tinoco, Raul Torres e Florêncio, Tião Carreiro e Pardinho e Zico e Zeca.

Teve ainda publicados os livros "O brasileiro Carlos Gomes", "O coronel e a borboleta e outras histórias nordestinas" e "Nordestindanados: causos & cousas de uma raça de cabras da peste, de Padre Cícero a Câmara Cascudo". Como compositor tem parcerias com Jarbas Mariz, Maria da Paz, Téo Azevedo, Zé de Riba, Durval Souto, Gereba e Artúrio Reis. Gravou discos nos quais declama poemas de sua autoria e de outros poetas. Desde março de 1998 produz e apresenta na Rádio Capital de São Paulo o programa "São Paulo, Capital Nordeste", que se tornou líder de audiência nas noites de Sábado. No mesmo ano recebeu o título de Cidadão Paulistano da Câmara Municipal de São Paulo. Participou do documentário franco-brasileiro "Saudade do futuro", de César Paes e Marie-Clémence, que foi premiado na Europa e nos Estados Unidos. Em 2000 lançou o CD "Assis Ângelo interpreta poetas brasileiros", ao lado de Zé Ramalho, Elba Ramalho, Jackson Antunes, Oswaldinho do Acordeon, Oswaldinho da Cuíca, Téo Azevedo, Sabá, Aleh Ferreira, Toninho Carrasqueira, Sebastião Marinho, Rodrigo Mattos e Ney Coutinho.   fontes:   AMARAL, Euclides. A Letra & a Poesia na MPB: Semelhanças & Diferenças. Rio de Janeiro: EAS Editora, 2019.

Mais visitados
da semana

1 Agnaldo Timóteo
2 Claudio Cartier
3 Tiee
4 Sivuca
5 Noel Rosa
6 Vinicius de Moraes
7 Tom Jobim
8 Gonzaguinha
9 Luiz Gonzaga
10 Caetano Veloso