Busca:

Arthur Costa



Dados Artísticos

Em 1930, estreou em disco gravando pela Victor o samba "Ingratidão de mulher", de André Filho. No mesmo ano, lançou, de P. Barcelos, a marcha "Julieta", de Rogério Guimarães, o samba "Mariquinha eu quero vê" e, de R. Borges e J. Marinho, o samba "Amor e carinho", sempre em discos divididos com outros intérpretes. Ainda em 1930, gravou, de sua autoria, o cateretê "Corta cana" e, na Brunswick, com a orquestra Brunswick, o samba "Saudade de pierrô", de Zé da Pavuna. Em 1931, foram gravados na Columbia o samba "Marieta" e a marcha "Eu tenho pena, Lelé", ambas de Euclides Silveira, o "Quidinho". No mesmo ano, dividiu disco com Noel Rosa, no qual gravou com seu grupo, de autoria de "Quidinho", o samba "Bom elemento". São de 1932 as gravações da marcha "Está no papo", de Gastão Lamounier, e do samba "Você foi o meu azar", de sua autoria e Noel Rosa, no qual canta com Nenéo das Neves e do samba "Não há de ser nada", de Henrique Vogeler. No mesmo ano gravou, também de sua autoria e Noel Rosa, o samba "Sem tostão".

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Nagô
3 Trio Parada Dura
4 Evaldo Gouveia
5 Mayck e Lyan
6 Tiee
7 Aldir Blanc
8 Hermeto Pascoal
9 Teresa Cristina
10 Noel Rosa