Busca:

Armando Castro



Dados Artísticos

Estreou em disco em 1945, gravando com a Orquestra de Peruzzi, pela Continental, a "Dança do boogie-woogie", de Carlos Armando e o samba "Não tenho lar", de Carlos Armando e Orlando Barros. Em 1951, gravou o bolero "Porque não queres", de Jair Gonçalves e o samba-canção "Sombra alongada", de Hervé Cordovil e Vicente Leporace. Em 1952, foram gravados na Todamérica o bolero "Pensando em ti", de Orlando Barros e Juracy Rago e o samba "Eis a razão", de Vera Porto. No ano seguinte, lançou as valsas "Mãezinha", de Juracy Rago e "Bodas de ouro", de Araripe Barbosa. Em 1955, voltou para a Continental onde gravou a valsa "Lolita", de José Assad "Beduíno" e o bolero "Deliciosa ilusão", de José Gama de Souza.

Mais visitados
da semana

1 Hermeto Pascoal
2 Caetano Veloso
3 Dorival Caymmi
4 Noel Rosa
5 Tom Jobim
6 Luiz Gonzaga
7 João Gilberto
8 Festivais de Música Popular
9 Música Brega
10 Candeia