Busca:

Aramis Barros

Aramis Santoro de Barros
3/1/1948 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira profissional em 1965, como músico (violonista e guitarrista) e líder vocal do conjunto Os Canibais, que lançou dois LPs e sete compactos pelas gravadoras Mocambo e Musidisc. Atuou com o grupo durante 10 anos.

Em 1974, a convite de Nilo Sérgio, então presidente da Musidisc, passou a trabalhar como engenheiro de gravação do Estúdio Hara.

No ano seguinte, começou a lançar seus primeiros trabalhos como produtor musical do selo Padrão.

De 1977 a 1981, trabalhou na gravadora CID, através da qual lançou o partideiro Bezerra da Silva, em 1978.

De 1981 a 1983, atuou como produtor autônomo para as gravadoras RCA, Som Livre e Ariola.

Em 1983, foi contratado pela Som Livre como produtor musical e, desde 1993, é responsável pela direção artística da gravadora.

Como produtor musical, foi responsável por discos de vários artistas, como Bezerra da Silva ("Partido Alto nota dez" - Disco de Ouro, "Alô Malandragem" - Disco de Ouro e Disco de Platina, "Justiça Social", Disco de Ouro e de Platina, "Violência Gera Violência", Disco de Ouro), Elba Ramalho ("Alegria", Disco de Platina), Agepê ("Mistura Brasileira", primeiro disco de samba a atingir a vendagem de 1.000.000 de cópias, contemplado com Disco de Quatro Platinas), Jorge Ben, hoje Jorge Benjor ("Ben Brasil"), Yvone Lara, MPB-4 ("Amigo é pra essas coisas", ao vivo - Disco de Ouro), Oswaldo Montenegro ("Vida de artista" - Disco de Ouro - "Mulungo" e "Oswaldo Montenegro"), Mario Lago ("Nada além", com vários intérpretes, além do próprio Mario Lago) João Nogueira ("Além do espelho"), Paulinho Mocidade ("Mocidade"), Luiz Ayrão ("Samba Brasil"), Gonzaguinha ("Cavaleiro solitário", homenagem póstuma contendo músicas inéditas, gravadas ao vivo no último show realizado pelo compositor e cantor em Brasília), Só Preto sem Preconceito (Disco de Ouro) e Razão Brasileira (Disco de Platina), entre outros, além de projetos como "O Corsário do Rei", trilha sonora do musical de Edu Lobo e Chico Buarque, co-produzido com Edu Lobo, "Mandala", trilha sonora da novela (Disco de Platina), "Vale tudo", trilha sonora da novela (com destaque para a produção musical da abertura "Brasil", de Cazuza, com Gal Costa), "Bate outra vez", homenagem ao compositor Cartola, com vários artistas (Disco de Ouro) e "Cais", de Ronaldo Bastos, com vários artistas, co-produzido com Milton Nascimento, entre outros.

Também foi responsável pela direção musical de trilhas de filmes, como "Os Vagabundos Trapalhões" (filme e disco em 1982, DVD em 2002), "Os Trapalhões na Serra Pelada" (filme e disco em 1983, DVD em 2002), "Os Trapalhões e o Mágico de Orós" (filme e disco em 1984, DVD em 2002), "O Trapalhão na Arca de Noé" (filme e disco em 1984, DVD em 2002), "Dedé Mamata" (filme e disco em 1988) e "Lili, a estrêla do crime" (filme e disco em 1989).

Como diretor artístico, foi responsável por lançamentos de Rita Lee ("Rita Lee"), Alceu Valença ("Sol e chuva"), Angela RoRo ("Nosso amor ao Armagedon"), Sandra de Sá ("Olhos coloridos"), Tom Jobim ("Antonio Brasileiro", contemplado com Disco de Ouro e com o Grammy Award), Paulo Ricardo ("Rock Popular Brasileiro", Disco de Ouro), Luciano Bruno, Mafalda Minozi, Xuxa ("Sexto Sentido", que atingiu a vendagem de 1.000.000 de discos, sendo contemplado com o Disco de Quatro Platinas, "Boas Notícias", Disco de Platina, "Xuxa só para Baixinhos", CD/home vídeo e DVD do especial da TV Globo, Disco de Platina), Elymar Brasileiro dos Santos (ao vivo) e Odair José (ao vivo), entre outros, além de projetos como "Som Brasil - Viva Cazuza" (programa da TV Globo em homenagem póstuma ao compositor), "Amigos" (programa da TV Globo com Zezé de Camargo & Luciano, Chitãozinho & Xororó e Leandro & Leonardo, Disco de Platina Dupla), "Tributo a Tim Maia", (CD/Home Vídeo e DVD, gravação ao vivo do programa exibido pelo canal Multishow com Jorge Benjor, Toni Garrido, Banda Vitória Régia, Seu Jorge, Leny Andrade, Fafá de Belém, Ed Motta, Lobão, Alcione, Luiz Melodia, Pedro Camargo Mariano, Sandra de Sá, Claudio Zolli, Netinho e Leo M, filho de Tim Maia), Flavio Venturini ("Linda Juventude", CD/home vídeo e DVD, gravação ao vivo do programa exibido pelo canal Multishow, com a participação de Lô Borges, Beto Guedes, 14 Bis, Guinga, Paulo Ricardo, Paulinho Moska, Zé Renato, Leila Pinheiro e Marcus Viana), "Tributo a Cazuza" (gravação ao vivo do programa exibido pelo canal Multishow com Barão Vermelho, Kid Abelha, Ney Matogrosso, Zélia Duncan, Sandra de Sá, Leoni, Arnaldo Antunes, Engenheiros do Haway e Baby do Brasil, entre outros), "Olha que coisa mais linda"(CD e DVD - DVD de Ouro - gravação ao vivo do programa em homenagem a Tom Jobim exibido pelo canal Multishow, com João Bosco, Chico Buarque, Simone, Daniela Mercury, Martinho Da Vila, Lenine, Ivan Lins, Quarteto em Cy, Paulinho Moska, Leila Pinheiro, Ed Motta, Daniel Jobim, Carlinhos Brown, Paulo Ricardo, Zé Renato e Paula Toller), "Outra vez na estrada" (com Sá, Rodrix & Guarabyra , CD e DVD, gravação ao vivo que marcou o reencontro do trio), "O submarino verde e amarelo ao vivo" (registro fonográfico do programa em homenagem ao conjunto The Beatles, exibido pelo canal Multishow, com Cássia Eller, Samuel Rosa, Jota Quest, Paulinho Moska, Lobão, Roger, Ivan Lins, Kleiton & Kledir, Branco Mello, Nando Reis, Arnaldo Antunes, Jane Duboc, Zizi Possi, Roberto Frejat e Ana Carolina, entre outros - CD e DVD, esse último contendo um "Diário de bordo", de sua autoria, relatando a influência do grupo inglês na música brasileira, desde a Jovem Guarda até a Tropicália), e "Estão Voltando as Flores", com as Cantoras do Rádio, gravação ao vivo do espetáculo produzido por Ricardo Cravo Albin. Foi também responsável pela direção musical do "Tributo a Renato Russo", um dos programas de maior audiência do canal Multishow, com Cássia Eller, Wilson Sideral, Engenheiros do Haway, Jerry Adriani, Paulo Ricardo, Raimundos, Vinny, Paulo Miklos, Toni Platão, Toni Garrido, Paulinho Moska e Flavio Venturini.

Dirigiu também o projeto "O Baú do Raul" (show para o canal Multishow e DVD Som Livre), contemplado com Disco de Ouro e Disco de Platina. Gravado em agosto de 2004 na Fundição Progresso (RJ), o projeto contou com a participação de vários artistas, entre os quais Caetano Veloso, Zelia Duncan, Sandra de Sá, Pitty, Toni Garrido, Marcelo D2, Gabriel O Pensador, Detonautas, Erika e os Autoramas, Lobão, Raimundos, Pedro Luis e A Parede, CPM22, AfroReggae, Nazi (Ira!), Marcelo Nova, Rick Ferreira, B Negão, Arnaldo Brandão e Baia, entre outros.

Assinou ainda a direção musical de “Raça Brasileira 20 Anos - O Verdadeiro Pagode”, CD e DVD Som Livre gravado no Circo Voador em 2005, e de projetos de outros artistas, entre os quais Almir Guineto, Arlindo Cruz, Beth Carvalho, Cassiana, Fundo de Quintal, Guilherme Nascimento, Ircéa, Leci Brandão, Luiz Carlos da Vila, Marquinhos China, Mauro Diniz, Monarco, Partideiros do Cacique, Sombrinha, Wilson Moreira e Wando (“Romântico, Brasileiro, Sem Vergonha”, CD e DVD  Som Livre, 2005, gravado no Cais do Oriente, no Rio).

Mais visitados
da semana

1 Dorival Caymmi
2 Festivais de Música Popular
3 Música Sertaneja
4 Chico Buarque
5 Luiz Gonzaga
6 Assis Valente
7 Nelson Cavaquinho
8 Lupicínio Rodrigues
9 Clementina de Jesus
10 Caetano Veloso