Busca:

Ara Ketu



Dados Artísticos

Banda de axé-music integrada por Tatau (vocal), Birro Pacheco (guitarra), Adelmo Magalhães (baixo), Lelê, Marão (repique), Tinho Oliveira (repique), Cláudio (marcação), Alexandre Cortes (teclados), Raimundo Bentes (sax tenor), Geraldo França (trombone), Romilson Reis (trompete), Mário Santos (percussão), Wilson Souza (percussão), Walter Santos (percussão) e Gildázio Rezende (bateria). Surgiu em 1989, formada dentro do Bloco afro Ara-Ketu (Povo de Keto), de Salvador, do bairro de Periperi (subúrbio ferroviário de Salvador). O primeiro disco foi gravado em Londres, sendo distribuído apenas na Europa. O sucesso nacional começou em 1994, quando a música "Ara Ketu bom demais" fez com que o terceiro disco vendesse 200 mil cópias, levando a banda a receber os prêmios "Bahia Folia" e troféu "Dodô e Osmar de Melhor Música" e "Cantor Revelação" para o vocalista Tatau. No ano seguinte, o terceiro trabalho vendeu mais de 450 mil cópias. No ano de 1997, a banda participou da coletânea "Tropicália - 30 anos", ao lado de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Margareth Menezes, Carlinhos Brown, Gal Costa, Asa de Águia, Armandinho, Pepeu Gomes, Daniela Mercury, Didá Banda Femenina, Lazzo, Banda Eva, Banda Cheiro de Amor, Ilê Ayê e Vírginia Rodrigues. Neste CD, a banda interpretou "Soy loco por ti, América" de autoria de Gilberto Gil e Capinam. Em 1998, o disco gravado ao vivo atingiu a marca de dois milhões de CDs, levando a banda a receber o "Disco de Diamante". O trabalho da banda se baseia na pesquisa e na mistura de ritmos africanos e latinos - samba, reggae, candomblé, salsa - aproveitando elementos da música moderna ao juntar percussão com música eletrônica, sintetizadores e samples. Por essa época, participou da importante coletânea "Axé Caê - Jovens baianos cantam Caetano". No ano de 1999 lançou, pela Sony Music, o CD "Ara Ketu e o povo ao vivo de novo", no qual interpretou vários de seus sucessos. No ano seguinte, gravou o disco "Vida" com várias composições inéditas, com destaque para a faixa "Face oculta". Neste disco também foram incluídas as faixas "A banda de Dona Vera", homenagem à fundadora do do bloco AraKetu, em 1979, e ainda a faixa-título, antigo sucesso do grupo brasiliense Obina Shock, "Cadê Tetê", "Beira do rio" e "Pano de costa". Neste mesmo ano, a banda recebeu em Salvador o cantor Julio Iglesias. Em 2001 pela gravadora Columbia/Sony Music lançou o CD "Ara Ketu". Neste disco foram incluídas "Cobertor" (Chrystian), "Sorvete na ribeira" (Joseval Santos e Vivi Santos), "Suavemente" (Elvis Crespo - Vrs. De Zéu Góes), "Cadê você?" (Pierre Onassis e Nena), "Batifum" (Guiguio e Marquinhos Marques), "Nunca vou te esquecer (Woman in love)" (Robin Gibb - Barry Gibb - Vrs. Bola), "Rádio de cabeceira" (Tatau), "Amantes" (Paulo Sérgio Valle - Marcelo), "Jubiabá" (Geronimo Santana), "Minha teimosia é uma arma pra te conquistar" (Jorge Ben), "Sem você não dá" (Pierre Onassis e Nena), "Amor roxo" (Birro Pacheco), "Caixa de isopor" (Clóvis Cruz e Gilberto Timbaleiro) e "Maré de amor", de autoria de Gal Sales, Roberto Ramos e Pierre Onassis. Em 2003 lançou o CD "Ensaios do Ara Ketu", gravado no Directv Hall, em São Paulo, do qual se destacou o sucesso nacional "Cobertor". O CD foi lançado no ATL Hall, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, no qual foram também incluídos vários sucessos da carreira do grupo, entre eles: "Pra levantar poeira", "Amantes" e "Ara Ketu bom demais". Entre os maiores sucessos do grupo estão as músicas "Mal acostumada", "Amantes", "Suavemente", "Sorvete na Ribeira", "Rádio de cabeceira", "Sempre será", "O rodo", "Cabecinhas", "Toma lá da cá" e "Vida", entre outros. Apresentou-se, ao lado do grupo Molejo e Revelação, entre outros, no "Projeto Angra Eletro", em Angra dos Reis, cidade litorânea do Rio de Janeiro.

Mais visitados
da semana

1 Caetano Veloso
2 Chitãozinho e Xororó
3 Elis Regina
4 Noel Rosa
5 Tom Jobim
6 Isolda
7 Bezerra da Silva
8 As Marcianas
9 Bloco Carnavalesco Concentra Mas Não Sai
10 Luiz Gonzaga