Busca:

Antonio Aguillar

Antonio Aguillar
18/10/1929 São José do Rio Preto, SP

Dados Artísticos

Em 1950, ingressou no Jornal O Estado de São Paulo através de concurso, passando a trabalhar como repórter, lá permanecendo durante 10 anos. Algum tempo depois, começou a trabalhar na Rádio 9 de Julho, onde apresentou durante algum tempo, a convite do discotecário Oswaldo Audi, o programa "Calouros 9 de Julho". Em 1959, demitiu-se do Jornal O Estado de São Paulo e da Rádio 9 de Julho, aceitando o convite do jornalista Paulo Rogério para integrar o elenco da Rádio Excelsior de São Paulo, na qual trabalhou como locutor comercial. Recebeu então convite de Francisco de Abreu, diretor artístico das Rádios Nacional e Excelsior, e passou a produzir e apresentar programas de auditório. Começou então a apresentar na TV Excelsior o programa "Clube dos garotos". Pouco depois, passou a comandar, no auditório da Rádio Nacional de São Paulo, o programa de calouros "Aí vem o pato". Nesse programa criou o quadro "Calouro de ouro". Em seu programa passaram nomes como Carmen Silva, Oslain Galvão e Antônio Marcos. Com grande audiência, esse programa atraiu a atenção da gravadora Philips, que passou a oferecer como prêmio um contrato de gravação de um disco em 78 rpm ao vencedor. Em 1959, recebeu convite de Francisco de Abreu, diretor da Rádio Nacional de São Paulo, para apresentar o programa diário "Ritmos para a juventude", até então conduzido por Moreira Júnior. Por esse programa, e sob seu comando, passaram nomes como Demétrius; Ronnie Cord; Nilton César; Wilson Miranda; Carlos Gonzaga; Tony Campello, Celly Campello, George Freedman; Sérgio Reis; Sérgio Murilo e Wanderley Cardoso. Pouco depois, por sugestão sua, a emissora passou a apresentar em seu auditório, um especial, ao vivo, todos os sábados, que logo tornou-se campeão de audiência. Em 1960, assim reportava o jornal O Dia: "Ritmos para a juventude, o programa preferido pelos "brotos", já é uma audiência espetacular, tendo recebido milhares de cartas de todas as partes do Brasil. Ontem a Rádio Nacional apresentou mais um concurso de dança de rock com grande número de jovens que concorrem ao troféu de melhor dançarino. Estiveram presentes e cantaram Demétrius, George Freedman, Frankito, Tony Campello, Ronnie Cord, Wilson Miranda, Carlos Gonzaga e, vindo especialmente do Rio, Sérgio Murilo. O programa foi filmado por Primo Carbonari - Amplavisão, e a película será exibida nas telas dos principais cinemas de São Paulo, Rio de Janeiro e interior." Foi no programa "Ritmos para a juventude" que, em 1961, começou a ser divulgado o twist em São Paulo. Apesar do sucesso, o programa passou a sofrer muitas críticas de setores conservadores. Criou então um quadro no qual cantores da antiga, ídolos dos anos 1940 e 1950 eram homenageados. Lá apresentaram-se com sucesso Orlando Silva, cantando a balada "Terminarei tua canção", e Carlos Galhardo, entre outros. Assinou acordo com a gravadora RCA Victor e conseguiu trazer ao Brasil, para se apresentarem em seu programa, ídolos jovens como Neal Sedaka, Paul Anka e Brenda Lee. À essa altura, seu programa "Ritmos para a juventude" alcançava grande audiência. Ainda em 1961, o programa "Ritmos para a juventude" passou a ser apresentado na TV Paulista, futura TV Globo. Em 1962, foi contratado pela TV Excelsior para apresentar o programa "O Show do meio dia" que acontecia ao vivo todas as sextas feiras. Na estréia do programa, o número de interessados em entrar no auditório era maior do que a capacidade do auditório, o que fez com que alguns jovens revoltados quebrassem as portas de vidro. Com o sucesso obtido, foi-lhe oferecido um novo horário, aos domingos, às 18 horas, para apresentar o programa "Festival da Juventude", que logo também se tornou líder de audiência. Costumava saudar seu público com o chavão "A juventude alegre e sadia do Brasil". Foi o responsável pelo lançamento dos conjuntos de rock The Jet Blacks, The Jordans e The Clevers. Além de criar, empresariou o grupo The Clevers. Pouco depois, o programa "Ritmos da juventude" passou a ser apresentado na Tv Record. Em 1964, o conjunto The Clevers viajou para uma excursão de dois meses na Itália. Para suprir a ausência deles, criou então o conjunto The Flyers. Em 1965, após um desentendimento, rompeu com o conjunto The Clevers, que passou então a chamar-se Os Incríveis. Criou então o conjunto The New Clevers. Trabalhou durante 20 anos no Sistema Globo de Rádio e Televisão, no qual se aposentou em 1981. Dez anos depois, já morando na cidade de Santos, tornou-se diretor artístico da Rádio Clube de Santos. Foi depois para a Rádio Cultura AM produzir o programa "Show do Rádio". Em 2005, juntamente com Déborta Aguillar e Paulo Cesar Ribeiro, lançou, pela Editora Globo, o livro "Histórias da Jovem Guarda". Em 2013, ainda atuando, aos 84 anos de idade, apresenta na Rádio Capital de São Paulo o programa "Festa de Arromba", todos os domingos.

Mais visitados
da semana

1 Hermeto Pascoal
2 Caetano Veloso
3 Dorival Caymmi
4 Noel Rosa
5 Tom Jobim
6 Luiz Gonzaga
7 João Gilberto
8 Festivais de Música Popular
9 Música Brega
10 Candeia