Busca:

Anna Toledo

Anna Lucia Toledo
19/1/1970 Curitiba, PR

Dados Artísticos

Em 1988, estreou profissionalmente como atriz na peça "O refletor", de Jonathan Kaplan, inspirada na obra de Bertold Brecht e Kurt Will, encenada no Teatro Dulcina (RJ). Participou de outros musicais, como atriz e cantora.

Em 1995, passou a atuar como cantora no grupo Vocal Brasileirão, sob a direção do maestro Marcos Leite. Com o conjunto, gravou um disco e fez várias apresentações em Curitiba e pelo interior do Paraná.

Trabalhou com vários estilos musicais, tendo atuado como solista nas óperas "A flauta mágica" e "Dom Giovanni", ambas de Mozart. Fez turnês cantando música medieval e interpretou canções do início do século em shows pelo interior do Paraná.

Em 1998, apresentou-se como cantora de jazz em uma casa noturna de Curitiba, ao lado da banda Original Jazz Combo, com a qual gravou um CD.

No ano seguinte, gravou quatro faixas do disco "Sonatas e Austrais", do compositor Harry Crowl, todas sobre poemas de Cruz e Souza.

Apontada pela crítica especializada como a grande revelação da música paranaense, lançou, em 2001, o CD, "Viva!", contendo suas composições "Virgínia", "Polonaise II" (c/ Paulo Leminski) e "Vagamente", além de "Navegar", "Farol da noite" e "Trilha sonora", todas do compositor paranaense Sergio Justen, "Une chanson triste" (Herbert Vianna), "Samba e amor" (Chico Buarque), "Você só... Mente" (Noel Rosa e Francisco Alves) e "Benzim" (Humberto Teixeira). Nesse mesmo ano, gravou participação especial no CD "Soulution Orquestra", na faixa "Ain't no Mountain High".

Faz parte, juntamente com Célio Barros, Ronaldo Palleze, Marcel Nadal e Jorge Peña, do grupo Jazz Heroes, com o qual gravou, em 2004, um CD ainda inédito no mercado.

Integrou o elenco dos musicais "O beijo da Mulher Aranha" (2001), "A bela e a fera" (2002/2003) e "O Fantasma da Ópera" (2005).

Em 2005, lançou o CD "Frescura", contendo suas composições "Chega junto" (c/ Joshua Carraha), "Samba de fora", "Miragem" (c/ Célio Barros), "As soon as the sun sets" e a faixa-título, além de "Concreto armado" e "Cuecas e calcinhas", ambas de Márcio Mattana e Adriano Petermann, "Consolação" ( Sérgio Justen), "Vida de artista" (Itamar Assumpção), "Rebuliço" (Marcelo Sandmann e Benito Rodriguez), "Que baixo!" (Lupicínio Rodrigues), "Praça Clóvis" (Paulo Vanzolini), "Romance" (Nei Lisboa) e "Milágrimas" (Itamar Assumpção e Alice Ruiz).

Mais visitados
da semana

1 Demônios da Garoa
2 Tom Jobim
3 Noel Rosa
4 Sivuca
5 Franco Scornavacca
6 Tiee
7 Milton Nascimento
8 Vinicius de Moraes
9 Gonzaguinha
10 Chris Fuscaldo