Busca:

Anna Ratto

Anna Luisa Soares Rodrigues da Cunha Ratto
25/11/1978 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Integrou durante quatro anos o Bloco Quizomba, do Rio de Janeiro.
Em 2006 lançou o primeiro disco intitulado "Do zero", com faixa-título composta por Pedro Luís e Seu Jorge, além de várias composições próprias.  A partir desse ano fez lançamento do CD em várias casas noturnas do Rio de Janeiro, destacando-se Mistura Fina, Estrela da Lapa, Centro Cultural Carioca e Teatro Odisséia, entre outras. Por essa época, participou do "Festival de Inverno do SESC-RIO" e ainda classificou-se como um dos artistas selecionados para o projeto musical "Sesc Mistura Sound".
No ano de 2007 participou dom projeto "Aqui se Escreve Música Brasileira", no Canecão Petrobras e ainda, do programa "Som Brasil - Homenagem a Raul Seixas", da Rede Globo. Também participou do programa "Mosaicos", da TV Cultura (SP), no qual interpretou composições de Vinicius de Moraes e seus parceiros.

No ano de 2008 lançou, pelo selo musical Centro Cultural Carioca - com distribuição da gravadora Univesal Music, o CD "Girando" com diversas composições próprias, além de interpretar outros compositores de sua geração, tais como Edu Krieger e Rodrigo Maranhão. No CD também regravou "Cachaça mecânica" (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), "Parabolicamará" (Gilberto Gil), "Os pingos da chuva" (Pepeu Gomes, Moraes Moreira e Luiz Galvão) e "No cordão da saideira", de Edu Lobo, que participou do disco fazendo dueta nesta faixa, ambos acompanhados pelo grupo (bloco) Quizomba. No CD também interpretou "Lágrima negra" (Ana Clara Horta, João Bernardo e Miguel Jorge) com participação especial de Ana Clara Horta; "Seu moço" (Anna Luísa e Edu Krieger); "Pedido ao tempo" (Anna Luísa e Rodrigo Vidal); "Baião digital" (Rodrigo Maranhão) com participação especial de Tiago Magalhães e Adriano Sampaio (ambos integrantes do grupo Rio Maracatu); "Tonta" (Eugenio Dale) e "Bailarina do mar", de sua autoria.

Em 2009 participou do projeto "Humaitá Pra Peixe", de Bruno Levinson, no Centro Cultural Sérgio Porto, no Rio de Janeiro. Participou do DVD ao vivo "Samba Social Clube", gravado ao vivo em show no palco da Fundição Progresso, disco da emissora MPB FM, do Rio de Janeiro, do qual participaram renomados sambistas do Brasil. Neste mesmo ano de 2009, a convite do músico e produtor Jair Oliveira, participou do DVD "O samba me contou", de Luciana Mello. Apresentou-se em cinco shows solos pelo circuito do SESC-RIO, montou show solo levado ao palco do Teatro Rival BR e ainda fez dueto com a cantora Alexia Bomtempo, no DVD do grupo "Doces Cariocas", gravado ao vivo no palco do Espaço Tom Jobim, no Humaitá, Zona Sul do Rio de Janeiro.  Fez diversos lançamento do disco por várias cidades do país, entre as quais Belo Horizonte, São Paulo (Tom Jazz), Campinas, Brasília (Teatro Brasília - Projeto Encantadoras), Recife (Feira de Música Brasil) e Rio de Janeiro, em show ao ar livre nos Arcos da Lapa, patrocinado pela Claro Telefônica.

No ano de 2010 apresentou o show de lançamento do CD "Girando" na Ilha de Caras e gravou o primeiro clipe "Tonta", no qual contou com a participação especial do ator Flávio Bauraqui, na MTV, Multishow e Canal Brasil. Participou do DVD do bloco carnavalesco Quizomba, gravado ao vivo em espetáculo no Circo Voador, no Rio de Janeiro. Ainda em 2010 fez temporada no palco do SESC-Rio Casa da Gávea, na qual recebeu diversos convidados, entre eles Quinho, Monique Kessous, Lia Sabugosa e Baia.
Em 2011 participou com sua banda do programa "Afinando a Língua", apresentado por Tony Bellotto, no Canal Futura.

Em 2012, lançou seu terceiro CD, “Anna Ratto”, contendo seis composições de sua autoria, além de regravações de “Frevo (Pecadinho)” e “Se o caso é chorar”, ambas de Tom Zé, e da inédita “Pensando bem”, de Dani Black. Nesse mesmo ano, apresentou-se no espaço OI Futuro Ipanema (RJ). Lançou, em 2015, seu primeiro DVD: “Ana Ratto – ao vivo”. O trabalho é um registro em vídeo de um show realizado no Teatro Rival, no Rio de Janeiro, em 2014. O show contou com a direção artística de Roberta Sá, a direção musical de Rodrigo Vidal e direção geral de David Pacheco.  No repertório, uma mistura de músicas autorais, tais como “Cabra-cega”, “Serena”, “Perto-longe”,  e composições já conhecidas de Gilberto Gil e dos Novos Baianos.   Em dueto com Lucas Vasconcellos deu voz à “Eu não vou chorar por fora”. E com ele compôs a inédita “Desalento”, também incluída no show. Do segundo CD, resgatou “Cachaça mecânica”, cantada com Erasmo Carlos. O dvd trouxe um extra, no qual se pode assistir um clipe da música “Nem sequer dormi”, cantada por Roberta Sá.  Com co-produção do Canal Brasil, o dvd foi lançado pela Coqueiro Verde. Em 2016 lançou o disco “Tantas”, composto por 10 faixas. O trabalho foi produzido em parceria com Marcelo Vig e Jr. Tostoi, e foi lançado pelo selo Biscoito Fino. Assinou apenas uma canção, em parceria com Jam da Silva. As outras composições do disco foram assinadas por um apanhado de compositores, como Caio Prado, Matheus Von Krüger, Ana Clara Horta, Rodrigo Maranhão, Bruna Caram e Duda Brack. Ainda contou com as participações de Carlos Posada em “Desbunde”, em um texto feito por ele, inspirado da música de Matheus VK e João Bernardo, e do Quinteto da Paraíba, que também assina os arranjos da lírica “Ana Luisa”, composta sob encomenda por Rodrigo Maranhão. A produção do disco teria ainda sido interrompida para o nascimento de Caio, seu primeiro filho. O disco ainda trouxe releituras de três músicas, “Pode me chamar”, da banda pernambucana Eddie, “Pra você dar o nome”, do grupo 5 a seco e a canção em espanhol “Aviéntame”, do grupo mexicano Cafe Tacvba. Em 2017 gravou a canção Aviéntame, para a trilha sonora do filme mexicano de 2001, “Amores Perros”. No mesmo ano, voltou a desfilar no bloco Quizomba do Rio de Janeiro. Em 2018, lançou o single 'Pode me chamar' nas plataformas digitais, no YouTube, na Apple Music e no iTunes. Após o lançamento do single, lançou o álbum todo, “Tantas”, gravado em 2016, nas plataformas. 

Mais visitados
da semana

1 Pixinguinha
2 Luiz Gonzaga
3 Eumir Deodato
4 Raul Seixas
5 Garoto
6 Nelson Gonçalves
7 Elza Soares
8 Dorival Caymmi
9 Caetano Veloso
10 Assis Valente