Busca:

André Diniz

André Diniz
1974 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Iniciou sua participação como compositor de sambas-enredo em 1992, quando ganhou a disputa na Escola de samba Arranco do Engenho de Dentro, no Rio de Janeiro. No ano seguinte, começou a participar das disputas de sambas-enredo na escola de Samba Unidos de Vila Isabel, também no Rio de Janeiro. Em 1994, venceu pela primeira vez a disputa Vila Isabel com o samba-enredo "Muito Prazer! Isabel de Bragança e Drumond Rosa da Silva, Mas Pode Me Chamar de Vila", parceria com  Evandro e Vilani Silva. Em 1995, venceu pela segunda vez com o samba-enredo "Cara ou coroa", parceria com Evandro Bocão. Em 2005, voltou a vencer a disputa na Vila Isabel com o samba-enredo " "Singrando em mares bravios... Construindo o futuro", com Prof. Newtão, Sidney Sã e Miguel Bedê. No ano seguinte, juntamente com  Serginho 20, Carlinhos do Peixe e Carlinhos do Petisco, assinou o samba-enredo "Soy loco por ti, América - A Vila canta a latinidade", com o qual a escola de samba de Vila Isabel sagrou-se campeã do Grupo Especial pela segunda vez. Em 2007, nova vitória, então, com o samba-enredo "Metamorfoses: do reino natural à corte popular do Carnaval - As transformações da vida", com Evandro Bocão, Serginho 20, Carlinhos Petisco e Professor Wladimir. Em 2009, a escola de samba Unidos de Vila Isabel apresentou o enredo "Trabalhadores do Brasil", e ele foi um dos autores do samba-enredo vencedor, juntamente com Carlinhos Petisco, Evandro Bocão, Pingüim, Professor Wladimir, Dedé Aguiar, Eduardo Katata, Dinny, Miro Jr e Carlinhos do Peixe.  Em 2010, voltou a vencer a disputa de sambas-enredo com  "Neste palco de folia, é minha Vila que anuncia: Theatro Municipal - A centenária maravilha", parceria com Serginho 20, Artur das Ferragens e Leonel. Voltou a vencer em 2011, com o samba-enredo "Mitos e Histórias Entrelaçadas Pelos Fios de Cabelo", parceria com  Leonel, Professor Wladimir,  Artur das Ferragens e Pinguim, e em 2012, com o samba-enredo "Você semba lá... Que eu sambo cá. O canto livre de Angola!", com Evandro Bocão, Arlindo Cruz, Leonel e Artur das Ferragens. Em 2013, juntamente com Martinho da Vila, Arlindo Cruz, Tuninho da Vila e Leonel, foi autor do samba-enredo "A Vila canta o Brasil - Celerio do mundo - Água no feijão que chegou mais um", considerado pela crítica como o melhor samba-enredo do ano. Com 13 vitórias em 16 disputas tornou-se o maior vencedor do concurso de sambas-enredo da Escola de samba Unidos de Vila Isabel.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Parada Dura
3 Mayck e Lyan
4 Tiee
5 Aldir Blanc
6 Hermeto Pascoal
7 Dulce Nunes
8 Noel Rosa
9 Trio Nagô
10 Evaldo Gouveia