Busca:

André Carvalho

André Negrão de Carvalho
20/3/1981 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Iniciou a carreira musical no ano 2000, atuando como baterista nas bandas Voz Tribal e Bonde Som, com as quais se apresentou em vários espaços cariocas.

Sua canção “Alvo certo” (c/ Dadi) foi gravada pelo parceiro no CD “Dadi”, lançado no Japão pelo selo Impartmaint/RipCurl, em 2005, e no Brasil, pela Som Livre, em 2007.

Em 2008, apresentou-se nos espaços Rio Carioca e Letras & Expressões, no Rio de Janeiro, interpretando composições próprias, ao lado de Daniel Carvalho (baixo), Nando Duarte (guitarra) e Carlos Sales (bateria). O show contou com a participação especial de Dadi (guitarra). Nesse mesmo ano, a faixa “Quando você me abraça”, que compôs com Dadi, foi incluída no repertório do CD “Bem aqui”, lançado pelo parceiro no mercado japonês pelo selo Impartmaint/RipCurl. Participou do disco tocando percussão na faixa “Não é proibido” (Dadi, Marisa Monte e Seu Jorge). Ainda em 2008, sua canção “Alvo certo” foi incluída no repertório do disco “Astrolábio”, lançado por Alexia Bontempo.

Sua canção “Tudo diferente” foi gravada por Maria Gadú no disco que homônimo lançado em 2009 pelo selo SLAP/Som Livre. A faixa foi destaque em várias emissoras de Rádio pelo Brasil. Nesse mesmo, formou, ao lado dos também compositores, violonistas e cantores qinhO e Rodrigo Cascardo, o trio Irmãos Brutos, com o qual se apresentou em temporada de shows no Cinemateque (RJ) e entrou em estúdio para a gravação do primeiro disco. Também em 2009, fez show solo no Cinemateque (RJ), interpretando composições próprias.

Em 2010, apresentou-se no espaço Posto 8 (RJ), interpretando composições próprias. Suas canções “Alvo certo” (c/ Dadi) e “Construtivamente” (c/ Giovanni Ceccarelli) foram incluídas no repertório do CD “InventaRio”, lançado por Dadi Carvalho, Ferruccio Spinetti, Giovanni Ceccarelli e Francesco Petreni no mercado europeu e japonês, nesse mesmo ano.

Em 2011, lançou o primeiro CD de carreira solo, “Tempo do tanto”, com suas canções “Quando você me abraça” e “Alvo Certo”, ambas com Dadi, “Bom” (c/ qinhO), “Aparição” (c/ Miguel Jorge), “Asa”, “Dois”, “Pinte o seu Céu”, “Nada Tudo”, “Tudo diferente”, “Daquele jeito” e “Não tem fim”. O disco, produzido por Daniel Carvalho, contou com a participação de Dadi (baixo, guitarra, wurlitzer, bandolim, teclados, vibrafone, Rhodes e piano), Mú Carvalho (wurlitzer e órgão), Daniel Carvalho (baixo), Nando Duarte (violão, guitarra e violão de 7 cordas), Davi Moraes (guitarra), Pedro Sá (guitarra), Gabriel Muzak  (guitarra), Felipe Pinaud (flautas e arranjo de flautas), Carlos Sales (bateria e percussão) e Stefan San Juan (bateria e percussão), além da participação especial de João Parahyba (Trio Mocotó) na timba. O show contou com a participação de Dadi (guitarra), Daniel Carvalho (baixo), Nando Duarte (guitarra) e Carlos Sales (bateria). Nesse mesmo ano, fez show de lançamento do disco no Teatro Sérgio Porto. Também nesse ano, teve músicas de sua autoria registradas por Marisa Monte ("Nada Tudo", no CD "O que você quer saber de verdade") e Jussara Silveira ("Bom, parceria com Quinho, no CD "Ame ou se mande"). Nesse mesmo ano, apresentou-se no Solar de Botafogo (RJ). O show teve participação especial da cantora Maria Gadú e do pianista Mú Carvalho.

Sua canção "Daquele jeito" foi gravada no CD "Não tente compreender", lançado por Martinália em 2012. Neste mesmo ano, voltou a se apresentar no Solar de Botafogo (RJ).

Mais visitados
da semana

1 Jota Raposo
2 Hermeto Pascoal
3 Caetano Veloso
4 Nelson Cavaquinho
5 Chico Buarque
6 Noel Rosa
7 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
8 Jorge Benjor
9 Festivais de Música Popular
10 Milton Nascimento