Busca:

Ana Zingoni

Ana Luzia Zingoni
5/6/1963 Hinsdale, Illinois, EUA

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira artística aos 18 anos de idade, atuando como vocalista em um musical infantil, no Rio de Janeiro. Em seguida, viajou para os Estados Unidos, onde estudou guitarra e canto na Berklee College of Music (Massachussets), durante dois anos.

De volta ao Brasil, participou, como vocalista, de discos de Fagner, Zizi Possi, Adriana, Conrado e Ginga Pura, e de shows de Zé Renato e Paulinho Tapajós, entre outros.

Participou do projeto infantil "Brinque-book: canta e dança II", uma leitura contemporânea de cantigas de roda, como "O cravo brigou com a rosa", "Na mão direita tem uma roseira" e "Meu limão, meu limoeiro", entre outras, atuando como vocalista ao lado de Fátima Regina, Heloisa Tapajós, Ricardo Moretti e Miranda. Apresentou-se no show de lançamento do projeto, realizado no Shopping Center da Gávea (RJ).

Como guitarrista, atuou em shows de Celso Fonseca, Marcelo e Baby do Brasil, entre outros.

Trabalhou na área de publicidade, gravando campanhas veiculadas em emissoras de Rádio e Televisão. Atuou como vocalista e guitarrista em gravações para a Rede Globo.

Em 1998, fundou com seu marido, o tecladista e compositor Mú Carvalho, o estúdio de gravações Boogie Woogie, onde vem participando de trabalhos como a produção musical das trilhas sonoras dos filmes "Navalha na carne", de Neville de Almeida, "O noviço rebelde", de Renato Aragão, "Xuxa requebra" e "Xuxa pop star", ambos de Tisuka Yamasaki, entre outros, com destaque para a coleção "Bíblia Sagrada", em 24 volumes, realizada para o selo Gol Records, que atingiu a vendagem de 15 milhões de CDs.

Em 2001, co-produziu, ao lado de Mú Carvalho, pelo selo Boogie Woogie, de propriedade de ambos, o CD "O pianista do cinema mudo", do tecladista e compositor, que registrou, entre outras, a canção "Chapliniana Z", composta pelo marido em sua homenagem. Nesse mesmo ano, participou, como guitarrista, da gravação da faixa "Quem de nós dois" (Gean Luca Grignani e Massima Luca, vrs. de Ana Carolina e Dudu Falcão), registrada no CD "Ana Rita Joana Iracema e Carolina", da cantora Ana Carolina, e iniciou a produção de seu primeiro CD como artista solista. Em parceria com o compositor e pianista Mú Carvalho, lançou, em 2011, o CD “Vôo silencioso”, contendo a faixa “A lua é testemunha” (Edu Krieger), além das seguintes composições de Mú Carvalho: “Venha leve” e “Vamos somar meu bem”, ambas com Galvão, “Cântico azul e branco” (c/ Pierre Aderne, Alexia Bomtempo e Marcelo Costa Santos), “Olhos d’água” (c/ Pierre Aderne e Alexia Bomtempo), “Swingue menina” (c/ Moraes Moreira), “Um bom Bordeaux” (c/ Marcelo Costa Santos), “Quando a gente ama pra valer” (c/ Paulinho Tapajós), “Convite pra Gafieira” (c/ Luiz Caldas) e “Onde todos estão” (c/ Cazuza), além de “A lua é testemunha” (Edu Krieger). O disco contou com a participação de Ricardo Silveira (guitarra e violão), Jorge Helder (contrabaixo), Jurim Moreira (bateria) e Sidinho Moreira (percussão), formando a banda de base, além da participação especial de Vittor Santos (trombone e arranjo de sopros), David Ganc (flauta), Joana Queiroz (clarinete e clarone), Nivaldo Ornelas (sax), Aquiles Moraes (flugel), Nicolas Krassic (violino), Armandinho (bandolim), Edu Morelenbaum (clarinetes e clarone), Paulo Cesar Barros (baixo) e Paulinho Soledade (apoio vocal).

Em 2012, apresentou-se em Montpellier, Lyon e Marselha, na França, em participação especial realizada em shows de Mú Carvalho e Armandinho.

Mais visitados
da semana

1 Hermeto Pascoal
2 Caetano Veloso
3 Dorival Caymmi
4 Noel Rosa
5 Tom Jobim
6 Luiz Gonzaga
7 João Gilberto
8 Festivais de Música Popular
9 Música Brega
10 Candeia