Busca:

Almira Castilho

Almira Castilho
24/8/1924 Olinda, PE
26/2/2011 Recife, PE

Dados Artísticos

Foi casada com Jackson do Pandeiro entre 1955 e 1967. Nesse tempo, foram parceiros em composições e interpretações. Em 1954, quando ainda não estava casada com Jackson do Pandeiro, foi convidada a participar do coro do coco "Sebastiana", de Rosil Cavalcanti, que lançaria o casal para o estrelato. Alcançaram logo o sucesso e por isso recebiam muitos convites para apresentações em diferentes clubes de Pernambuco assim como em outros estados do Nordeste. Por volta de 1956, convidados a fazer uma apresentação no Clube Náutico Capibaribe, de Recife. Durante o show, com Jackson cantando e sua companheira dançando, alguns rapazes embriagados começaram a pegar nos tornozelos da cantora e isso acabou por provocar uma tremenda briga na qual ela e Jackson do Pandeiro e seus músicos escaparam por pouco de serem linchados. Foram obrigados a emigrar para o Rio de Janeiro. Em 1957, fez sua primeira gravação com o rojão "Quatro A Um (4 X 1)", de Damião Florêncio e José Gomes, em disco que trazia no lado B o maracatu "Babalaô", de Edgar Ferreira, com Jackson do Pandeiro. No mesmo ano, gravou a polca "Chico Bendengó", de Aires Viana, Alventino Cavalcanti  e Uzias da Silva, e a macumba "Tarimá", de sua autoria e Nivaldo Lima. Gravou também o baião "Baião mineiro", de Pato Preto, Sebastião Lougon e Zé Praxedi. Em 1958, o samba coco "Meu enxoval", com Gordurinha, foi gravado por Jackson do Pandeiro. No mesmo ano, atuou nos filmes "Minha Sogra É da Polícia" e "O Batedor de Carteiras", ambos dirigidos por Aloisio T. de Carvalho. No mesmo ano, teve lançado por Odete Amaral o samba-coco "Chiclete com banana", com Gordurinha, que se tornaria um grande clássico, gravado por nomes como Gilberto Gil, Gordurinha, Carmélia Alves, e Zé Ramalho, entre outros, além do próprio Jackson do Pandeiro. Em 1959, teve diversas composições gravadas: o "Baião do bambolê", com Antônio Barros, e a marcha "Naquela base", com Paulo Gracindo e W. Freitas, gravadas por Jackson do Pandeiro, que também gravou o samba-coco "Chiclete com banana", com Gordurinha. Nesse ano, Bill Farr lançou o samba "Na base do amor", com Paulo Gracindo. Em 1960, participou dos filmes "Aí Vem a Alegria", dirigido por Cajado Filho; "O Viúvo Alegre", de Victor Lima, e "Cala a Boca, Etelvina", sob direção de Eurípides Ramos. Em 1961, teve gravados por Jackson do Pandeiro os sambas "Serenou", com Lindolfo Silva, e "Mandaú", com A. Ribeiro Cunha, e a marcha "O velho gagá", com Paulo Gracindo, além dos cocos "Praia do Janga", com Heleno Clemente, e "Sanfona braba", com José Benício Lima. Em 1962, atuou nos filmes "Bom mesmo é carnaval", direção de Tanko, J. B., no qual interpretou juntamente com Jackson do Pandeiro e Zezinho, a marcha "Garota de Saint-Tropez", de João de Barro e Jota Jr., e "Rio à Noite". Nesse ano, as marchas "Lá vem mulher" e "Papel crepom", ambas com Paulo Gracindo, e "Lá vou eu", com Ivo Santos e Claudionor Santos, foram lançadas por Jackson do Pandeiro. Em 1963, teve a marcha "Vinte E Quatro De Dezembro (24 De Dezembro)" gravada por Abdias dos Oito Baixos. Em 1968, teve gravada por Jackson do Pandeiro a marcha "Vamos Chegar Pra Lá". Em 1964, a marcha "Babá de Babá", com Waldemar Silva, foi gravado por Jackson do Pandeiro. No mesmo ano, Jackson do Pandeiro lançou a marcha "Rolando Rolando", com Henrique de Almeida e Carlos Marques, na coletânea carnavalesca "O grande carnaval de 65", da gravadora Philips. Ainda em 1965, o coco "Tililingo" foi gravado por Jackson do Pandeiro. Em 1966, o "Forró Quentinho", foi lançado por Jackson do Pandeiro, no LP "O cabra da peste", da Continental. Em 1976, Paulo Bob gravou a marcha "Pra sentir saudade", com Paulo Gracindo. Foi casada com Jackson do Pandeiro entre 1955 e 1967, período no qual assinou cerca de 30 composições. Depois de separar-se de Jackson do Pandeiro viajou pela Europa fazendo apresentações como dançarina de ritmos latinos.

Mais visitados
da semana

1 Durval e Davi
2 Tiee
3 Vinicius de Moraes
4 Gilberto Monteiro
5 Martha Rocha
6 Creone e Barrerito
7 Festivais de Música Popular
8 Alceu Valença
9 Luiz Gonzaga
10 Mayck e Lyan