Busca:

Alfredinho do Bip Bip

Alfredo Jacinto Melo
1945 Rio de Janeiro, RJ
2/3/2019 Rio de Janeiro, RJ

Biografia

Agitador cultural. Empreendedor.   Nasceu no bairro de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. No ano de 1984 assumiu o comando do bar Bip Bip em Copacabana (RJ), onde reuniu muitos artistas, em torno de uma mesa, com seus instrumentos acústicos a postos para rodas de samba e choro. Tinha fama de ranzinza, embora generoso. Durante muitos anos realizava no dia 24 de dezembro um almoço natalino na porta do bar para moradores de rua. Foram tantas histórias vividas no Bip Bip, que geraram livros como “Bip Bip, um bar a serviço da alegria”, de Chico Genu, Luís Pimentel e Marceu Vieira, e “Bip Bip 40 anos – Histórias de um bar”, organizado por Marcelo Moutinho, Chico Genu e Luís Pimentel. Pelo bar passaram músicos como Paulinho da Viola, Paulão Sete Cordas, Elton Medeiros, Nei Lopes, Beth Carvalho, Teresa Cristina, entre muitos outros.  No Bip Bip surgiu no ano de 2000 a orquestra Rancho Flor do Sereno, idealizada por Aldir Blanc e Elton Medeiros. Em 2018, em meio a um tumulto causado por um policial rodoviário federal, que se revoltou contra uma homenagem prestada à vereadora Marielle Franco – assassinada naquela semana – foi detido e levado para a delegacia. Nesse mesmo ano foi comemorado os 50 anos do bar e seus 75 anos de idade, com show na Sala Baden Powell, no Rio de Janeiro, cuja renda foi integralmente doada para as famílias carentes que ajudava. Faleceu em pleno sábado de carnaval, no dia 2 de março de 2019. Nesse mesmo ano, estreou no “Mimo Festival” o curta-metragem de Roberto Berliner “Viva Alfredinho!”, que narrou seu velório ao ritmo de muito samba.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Parada Dura
3 Tiee
4 Caetano Veloso
5 Noel Rosa
6 Samara
7 Gilberto e Gilmar
8 O Trio do Brasil
9 Zé Paulo
10 Bruno e Marrone