Busca:

Alex Rocha

Alexandre Winkelmann Solano da Rocha
26/5/1968 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1991, atuou com o grupo vocal Os Boêmios e com o saxofonista Juarez Araújo.

Entre 1992 e 1996, fez parte da banda de Celso Blues Boy, com quem gravou o CD "Indiana Blues". O disco contou com a participação especial de B.B. King.

Ainda na década de 1990, participou de vários eventos musicais, como "Brasília Blues Festival" (1992), "Festival Internacional de Blues" (1993), no Circo Voador (RJ) e "Nescafé & Blues" (1994), no Palace. Atuou também em shows de Bossa Nova, patrocinados pela Embratur, em Buenos Aires e Santiago do Chile (1997), divulgando o turismo do Rio de Janeiro.

Acompanhou Bete Calligaris, participando do CD "Estrada", lançado pela cantora em 1998.

Atuou em shows com Homem De Bem, em 2000, e com Tânia Alves, em 2001.

Entre 1999 e 2003, acompanhou Victor Biglione nos shows "Tributo a B. B . King" e "Cinema Acústico". Com o guitarrista, apresentou-se no Festival Internacional de Búzios, em 2000, e no Festival Tribulaciones (Buenos Aires), em 2001.

Integrou o quinteto instrumental Solari Jazz, como qual abriu a série "Mês do Jazz", no Teatro do BNDES (RJ), em 2001.

Participou do concerto em comemoração ao Centenário de Ary Barroso, realizado na UFF, ao lado da Orquestra Sinfônica Nacional.

Fez parte da banda do programa "Gente Inocente" (Rede Globo), gravando números musicais de vários artistas, como Ed Motta, Simone, Baby do Brasil, Pepeu Gomes, Jorge Vercilo, Orlando Moraes, Rosa Maria, Cláudio Zóli e Sandra de Sá, entre outros. Nessa emissora, participou de gravações de trilhas sonoras, como em "Malhação" e "A Justiceira", sob o comando dos produtores Armando Souza e Alberto Rosenblit.

Atuou em shows instrumentais ao lado de Mestre Zé Paulo, Marcos Nimrichter, Paulo Malaguti, Chico Batera, Osmar Milito Trio, Márcio Hallack, Dino Rangel; Carlos Malta e também Márvio Ciribelli, com quem atuou na gravação do CD "Fazendo o que gosta", em 2003. Neste ano, participou também da gravação do CD "The Afro-Brazilian Project", do multi-instrumentista inglês Ravi, lançado somente na Europa e nos Estados Unidos.

Em maio de 2004, ministrou dois workshops no "I Niterói Musifest Instrumental". Nesse mesmo ano, lançou o CD "Boas Novas", contendo suas composições "Sambando na Horta", "Noites sem fim", "Espera", "Nikity Soul" e a faixa-título, além de "Alegre menina" (Dori Caymmi), "Quem sabe?" (Paulo Malaguti), "Baía de São Francisco" (Felipe Poli) e "Cama de Gato" (Arthur Maia e Rique Pantoja). O disco contou com a participação de Márcio Bahia, Arthur Maia, Paulo Malaguti, Marcos Nimrichter, Dario Galante e Zé Carlos.

Faz parte da banda de Emílio Santiago, com quem vem atuando em shows no Brasil e no exterior.

Mais visitados
da semana

1 José Camillo
2 Caetano Veloso
3 Moreno Veloso
4 Rodrigo Vellozo
5 Mayck e Lyan
6 Sivuca
7 Clara Nunes
8 Tiee
9 Noel Rosa
10 Renato Barros