Busca:

Adriano Giffoni

Adriano Jorge Giffoni de Lima
20/2/1959 Quixadá, CE

Dados Artísticos

Atuou como contrabaixista ao lado de instrumentistas como Nivaldo Ornellas, Mauro Senise, Rildo Hora, Antonio Adolfo, Gilson Peranzzetta, Paschoal Meirelles, Raul Mascarenhas e Sivuca, entre outros.

Acompanhou, em shows e gravações, artistas como Emílio Santiago, Marcos Valle, Tim Maia, João Nogueira, Edu Lobo, João Donato, Lisa Ono, Roberto Menescal, Wanda Sá, Virgínia Rodrigues, Maria Bethânia, Joyce, Dori Caymmi, Danilo Caymmi, Elba Ramalho, Leila Pinheiro, Luiz Melodia, Fátima Guedes e Pery Ribeiro, entre outros.

Fez parte da Orquestra de Música Brasileira de Roberto Gnatalli, da Orquestra Tabajara, da Orquestra do maestro Cipó, da Orquestra Sinfônica da Escola de Música de Brasília, das bandas Artimanha, Eclipse, Jazz Brasil, Azymuth e do Gilson Peranzzetta Trio. Participou dos songbooks de Dorival Caymmi, Vinicius de Moraes, Carlos Lyra, Edu Lobo, Ary Barroso, Tom Jobim, Djavan, João Donato, Marcos Valle e Chico Buarque. Lecionou dois anos na Pró-Arte (RJ).

Colaborou no livro e CD "Brazilian Music Workshop", de Antonio Adolfo, lançado nos Estados Unidos e Europa.

Após 14 anos de trabalho profissional, iniciou, em 1989, seu trabalho solo.

Em 1994, participou do Curso de Música Brasileira no Musik Conservatorium de Copenhague (Dinamarca), dando aulas de contrabaixo e práticas de conjunto.

De volta ao Brasil, ministrou este mesmo workshop no Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba (PR).

Em 1998, viajou para os Estados Unidos, onde gravou um especial dirigido por David Byrne, no Sony Music Studio (Nova York), e para a rádio World Café (Filadélfia). Em seguida, apresentou este show em Londres e Paris.

Ao longo desses anos de estudo e trabalho, realizou uma pesquisa de ritmos brasileiros que resultou no livro "Música brasileira para contrabaixo", acompanhado de um CD com músicas de sua autoria. Esse livro, lançado pela Editora Irmãos Valle, contém 100 exemplos de contrabaixo para estilos brasileiros.

Gravou o tema de abertura da série "Mulher", exibida em 1999 pela Rede Globo.

Constam de sua discografia os CDs "Adriano Giffoni" (1992), "Madrugada carioca" (1994), "Contrabaixo brasileiro" (1997) e "Caçula" (2000).

Lançou, em 2007, o CD “Quixadá Acústico”, contendo composições de sua autoria, como “Itamaracá”, “Tema dos Amigos”, “Adelson no Xote” e “Salgueiro”, em arranjos próprios. O disco contou com a participação dos músicos AC (sax tenor e flauta), Felipe Poli (guitarra e violão), Adriano Souza e João Carlos Coutinho (piano), João Cortez, Márcio Bahia, e Paulinho Criança (bateria), Don Chacal, Jiló e Zé Gomes (percussão), José Staneck e Guta Menezes (gaita) e de um naipe de sopros formado por Lúcio Silva (trombone), Tinho Martins (sax tenor) e Gilsinho (trompete), além dos cantores Rômulo Gomes, Zeca Rodrigues, Orlando Lemont e Monique Kessous.

Mais visitados
da semana

1 Hermeto Pascoal
2 Dorival Caymmi
3 Caetano Veloso
4 Tom Jobim
5 Irmãs Galvão
6 Luiz Gonzaga
7 Festivais de Música Popular
8 Beth Carvalho
9 Chitãozinho e Xororó
10 Nelson Cavaquinho