Busca:

Adelson dos Santos



Dados Artísticos

Iniciou a carreira atística no final dos anos 1950. Sua primeira composição gravada foi a valsa "Embala Embala Vovó", com Graciete Santana, lançada na Copacabana por Jairo Aguiar. Em 1961, teve gravado aquele que seria seu maior sucesso, o bolero "Amor Fonte da Vida", com Roberto Muniz, lançado pela cantora  Silvana na Copacabana. Em 1961, o bolero "Amor Fonte da Vida", foi gravado por Albertinho Fortuna, pela Continental, e registrado por Silvana no LP "Ouvindo-te com amor - Silvana e Rinaldo Calheiros", da gravadora Copacabana . No mesmo ano, fez sucesso com o bolero "Querida", com Roberto Muniz, gravado por Silvinho no LP "A Revelação: Silvinho", da gravadora Philips. Também no mesmo ano, o bolero "Que Seria", com Roberto Muniz, foi registrado or Silvinho no LP "O Sucesso: Silvinho", da  Philips. Em 1964, Rinaldo Calheiros, no LP "O seu adeus", da gravadora Copacabana, registrou o bolero "Ser Feliz", com Roberto Muniz. No mesmo ano,  Orlando Dias, no LP "O cantor do povo", da Odeon, lançou o bolero "Cigarro Apagado", com Roberto Muniz, enquanto José Augusto lançou o bolero "Um Novo Sol Um Novo Amor", com Roberto Muniz, no LP "Dois corações e um destino", da gravadora Chantecler. Em 1965, teve mais uma composição registrada por  Orlando Dias, o bolero "Amo Quem Não Me Ama", com Roberto Muniz, incluído no LP "O Fenômeno", da gravadora Odeon.
Em 1974, a cantora  Silvana voltou a registrar o bolero "Amor Fonte da Vida", dessa vez no LP "Silvana internacional", da Copacabana. Em, 1979, o bolero "Querida" foi incluído na coletânea "Quem é" lançado pela gravadora Fontana/Philips com sucessos do cantor Silvinho. Em 1987, o bolero "Amor Fonte da Vida" foi registrado pela cantora Perla no LP "Voz e Coração" da gravadora Copacabana. De estilo romântico suas composições foram especialmente boleros e seu principal parceirto foi o radialista Roberto Muniz com quem compôs seus grandes sucessos.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Adelmário Coelho
3 Tiee
4 Trio Nagô
5 Aldir Blanc
6 Mayck e Lyan
7 Hermeto Pascoal
8 Dom Américo
9 Música Sertaneja
10 Evaldo Gouveia