Busca:

Tamba Trio



Dados Artísticos

Conjunto instrumental formado originalmente por Luiz Eça (piano, vocal e arranjos), Bebeto Castilho (contrabaixo, flauta, sax e vocal) e Hélcio Milito (bateria, percussão e vocal).

O grupo começou a tomar forma ainda acompanhando a cantora Maysa e depois a cantora Leny Andrade numa temporada na boate Manhattan, atuando ao lado de Luiz Carlos Vinhas (piano) e Roberto Menescal (violão).

Estreou como Tamba Trio no dia 19 de março de 1962, na boate Bottle’s, no Beco das Garrafas (RJ).

Primeiro grupo estável de música instrumental na bossa nova, foi pioneiro na utilização de microfones pendurados na lapela nas apresentações ao vivo, o que tornava mais presentes as vocalizações executadas por seus integrantes.

Com uma identidade própria articulada a partir dos sofisticados arranjos de Luiz Eça, o grupo realizava variações sobre temas originais. Sua performance modificou o sentido dos conjuntos instrumentais, anteriormente voltado para a música de fundo e a música para dançar.

Ainda em 1962, gravou seu primeiro LP "Tamba Trio", seguido por "Avanço" (1963) e "Tempo" (1964).

Em 1964, Hélcio Milito foi substituído pelo baterista Rubens Ohana. Com a nova formação, o trio lançou os LPs "Tamba Trio" (1965), "5 na bossa: Tamba Trio, Edu Lobo e Nara Leão" (1965) e "Tamba Trio saluda Mexico" (1966).

Três anos depois, nos Estados Unidos, o grupo passou a atuar com a formação de quarteto, o Tamba 4, com a adesão do violonista e contrabaixista Dório Ferreira, o que possibilitava a Bebeto Castilho tocar flauta nas apresentações ao vivo. Com essa formação, gravou os LPs "We and the sea" (1967) e "Samba blim" (1968), lançados pela A&M Records.

Em 1969, durante temporada mexicana, Luiz Eça foi substituído pelo pianista e arranjador Laercio de Freitas. Com essa nova formação, o grupo gravou o LP "Tamba 4", lançado pela Orfeon Mexico.

De volta ao Brasil, gravou, com sua formação original, os LPs "Tamba Trio" (1974) e "Tamba Trio" (1975), desfazendo-se em seguida.

Em 1982, comemorando 20 anos de carreira, voltou a reunir-se em sua formação original. Lançou, nesse ano, o LP "Tamba Trio: 20 anos de sucessos" e realizou duas turnês pela Europa, atuando até 1984.

Em 1989, o trio retomou suas atividades, dessa vez com o baterista Rubens Ohana (integrante da segunda formação do grupo), tendo atuado no cenário artístico até 1992, ano de falecimento de Luís Eça.

Mais visitados
da semana

1 Durval e Davi
2 Tiee
3 Vinicius de Moraes
4 Martha Rocha
5 Gilberto Monteiro
6 Creone e Barrerito
7 Festivais de Música Popular
8 Alceu Valença
9 Mayck e Lyan
10 Luiz Gonzaga